Dificuldade técnica   Moderado

Coordenadas 470

Uploaded 15 de Setembro de 2013

Recorded Setembro 2013

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
760 m
405 m
0
3,7
7,3
14,68 km

Visualizado 2495 vezes, baixado 55 vezes

próximo a Ladário, Porto (Portugal)

O trilho tem início com uma visita à Igreja Matriz de Soalhães, decorrendo, posteriormente, numa área montanhosa (a Serra da Aboboreira) de elevado valor cultural e natural, percorrem-se caminhos antigos, ladeados por muros de pedra, muitas vezes escavados na rocha-mãe, por sua vez rasgados pelas rodas dos carros de bois.
Além disto, as gentes destas terras, ancestralmente adaptadas aos ambientes rurais e vivendo em tradicionais casas graníticas de arquitectura tipicamente portuguesa, ainda cultivam o campo à força braçal e animal ladeados por bosques de carvalhos, eucaliptos e pinheiros; campos de cultivo sobranceiros às aldeias e zonas de vegetação arbustiva. É de frisar uma característica nesta zona: a utilização de ervas aromáticas na gastronomia e na medicina tradicional, tais como o rosmaninho, o alecrim, o louro, a hortelã, a salsa, o funcho, a arruda, o trovisco, a cidreira, a marcela, a arnica, os agriões e os poejos.

O percurso tem início junto da Igreja Matriz do Soalhães, começando a subir em direcção à serra, paramos junto da capela de S. Clemente e podemos já observar lá ao fundo a Igreja, continuamos em direção Ribeira de Lardosa, maravilha de lugar calmo e refrescante, sua escadaria em madeira, e descemos até ao Castro de S. Tiago onde no topo está implantada a Capela de S. Tiago que segundo registos datam sec.XII, com vistas sobre o Marco e Serra da Aboreira, visitamos a Furna, seguimos montanha acima até aos moinhos, uma linha de 11 moinhos de água que ali existe é uma imagem que as nossas memórias jamais apagarão, pela sua rara e natural beleza, alguns abandonados (infelizmente nosso patrimonio morre)e fomos em direção Aldeia de Almofrela tipica aldeia rural, a Capela de S. Brás data sec. XVIII, continua-se passando na Tasquinha de Fumo (restaurante e café) onde nos dias de calor parar para uma bebida refrescante é do melhor e seguir montanha abaixo até Soalhães apreciando aves de rapina em plenos campos donas e senhoras do local. Maravilha de trilho e excelente companhia.


Mais fotos em baixo em View more ou http://mountain-celitos.blogspot.pt ou Celitos da montanha

View more external

4 comentários

  • Foto de frinxas

    frinxas 13/Dez/2014

    I have followed this trail  View more

    Neste dia apanhamos muita chuva, o que dificultou a tarefa.
    Excelente a famosa "Casa do Fumo" :D

  • Foto de Célitos  da Montanha

    Célitos da Montanha 14/Dez/2014

    Olá Frinxas, realmente é um trilho muito lindo, é pena alguns moinhos se encontrarem ao abandono, é um pouco da nossa historia que se perde, em relação á chuva tivemos sorte pois apanhamos um dia claro não muito quente mas deu para umas fresquinhas na Tasquinha do Fumo

  • Foto de frinxas

    frinxas 14/Dez/2014

    Olá Célticos da Montanha.
    Fiz este percurso com a minha mana à cerca de dois anos, e realmente na altura também comentamos isso. Mas ambos sabemos que pelo nosso querido país já é normal, infelizmente cada vez mais, encontrarmos desses pequenos tesouros nesse estado de conservação. Desconhecia a zona na altura, apesar de morar relativamente "perto", mas também este nunca foi o meu "desporto" de eleição, e descobri-o apenas por na altura estar com gesso num dos meus membros, e sabem... ADOREI :D
    Depois disso já andamos á aventura por mais alguns, e muitas vezes comentamos isso mesmo, para além de descobrirmos coisas muito lindas de facto, algumas delas em muito mau estado de conservação.
    Fortíssimo abraço.

  • Foto de Álvaro Rego Pinto

    Álvaro Rego Pinto 6/Jun/2016

    I have followed this trail  View more

    Tive pena quando passei ao Km 10 estar tudo desbastado e ter apenas uma Árvore que continha a sinalização da PR.

You can or this trail