• Foto de Brumadinho - Trilha na Represa do Rio Manso (trecho 1)
  • Foto de Brumadinho - Trilha na Represa do Rio Manso (trecho 1)
  • Foto de Brumadinho - Trilha na Represa do Rio Manso (trecho 1)
  • Foto de Brumadinho - Trilha na Represa do Rio Manso (trecho 1)
  • Foto de Brumadinho - Trilha na Represa do Rio Manso (trecho 1)
  • Foto de Brumadinho - Trilha na Represa do Rio Manso (trecho 1)

Dificuldade técnica   Difícil

Coordenadas 1894

Uploaded 22 de Abril de 2013

Recorded Abril 2013

-
-
1.243 m
746 m
0
9,8
20
39,18 km

Visualizado 2079 vezes, baixado 26 vezes

próximo a Inhotim, Minas Gerais (Brazil)

Percurso de ida e volta, de 39km no total, partindo de Brumadinho - MG, próximo ao Instituto Inhotim, passando pelas bordas da Represa do Rio Manso, um importante manancial que abastece a Região Metropolitana de Belo Horizonte.
Para encontrar o ponto de partida por meio do Google Maps, utilize a ferramenta "como chegar pela estrada a este local", na coluna à direita. Deixei o carro estacionado no endereço indicado e não tive problemas.
Todo o trajeto é feito em estradas de terra, com pouco movimento até o waypoint A. Desse ponto até o waypoint B, o tráfego de caminhões carregados com minério é intenso. Já do waypoint B até o ponto de retorno não há tráfego de veículos e parte da estrada está tomada por mato, mas sem comprometer a passagem. Destaca-se que a COPASA proíbe a entrada no percurso entre o waypoint B e o ponto de retorno, mas, em abril de 2013, não existiam cercas ou porteiras trancadas no caminho.
Na ida, até o waypoint B, o trajeto apresenta pouca dificuldade técnica, requerendo atenção apenas com o tráfego de carros, motos e, principalmente, caminhões. Por outro lado, as subidas demandam bastante esforço físico. Do waypoint B até o ponto de retorno, a trilha torna-se gradativamente difícil, com obstáculos que demandam cuidado, pois várias subidas e descidas são bastante íngremes, exigindo um bom preparo físico e técnico, considerando que os trechos possuem valas, muita erosão e pedras soltas pelo chão, como indicam as fotos.
O percurso leva a alguns pontos elevados pelos quais é possível ver toda a represa, formando uma bela paisagem.
A natureza do local é o grande destaque, pois está muito bem preservada, com matas densas no trajeto, nascentes e animais silvestres. Segundo o site da COPASA, a vegetação é característica do Cerrado, com variações da Mata de Galeria e Cerradão, dentre outras, abrigando “lobos-guará, macacos sauá, jaguatiricas, gatos-pintados, onças-pardas, lontras e tamanduás-bandeira”. Quanto às onças, confira as informações disponibilizadas neste site.
Enfim, o trajeto é cansativo, difícil tanto do ponto de vista técnico quanto do condicionamento físico, sendo uma boa opção para quem está bem preparado. De qualquer maneira, as belezas naturais compensam um pouco do sacrifício.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
RESUMO DAS INFORMAÇÕES SOBRE O PERCURSO
Distância total: 39km
Dificuldade técnica: 7/10
Dificuldade física: 7/10
Inclinação das subidas e descidas: forte
Presença de sombra em aproximadamente 30% do trajeto
Presença de cachoeira(s): não, somente riachos
Beleza natural: 6/10
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATENÇÃO: esta trilha foi feita em abril de 2013. Como as condições do percurso são continuamente alteradas, inclusive pelos períodos das chuvas e das secas, considere as descrições acima como indicativas das dificuldades existentes. Preserve a natureza, utilize equipamentos de segurança e, antes de iniciar uma trilha, observe as precauções divulgadas neste link.

View more external

3 comentários

  • Foto de EduardoBetim

    EduardoBetim 19/Ago/2013

    Olá, Eugênio!
    Boa tarde!

    Estive pedalando nessa região no último final de semana... É uma vista muito bonita mesmo. Eu iniciei no alto da mineração e desci até Sarzedo. Não entrei na reserva, mas pretendo fazê-lo em uma próxima oportunidade, parece ser ainda mais interessante...

    Uma pergunta: Quando passei pela entrada da reserva havia um enorme portão e placas de proibido entrada. Quando você foi havia isso? Como fez para entrar?

    Um abraço!
    Eduardo

  • Foto de Eugênio Ribeiro

    Eugênio Ribeiro 20/Ago/2013

    E, aí, Eduardo, tranquilo?
    De fato, a entrada na Reserva da Rio Manso é proibida. Apesar disso, em abril de 2013 não encontrei cercas ou portões fechados no trecho acima.
    Desculpe não ter mencionado isso antes, corrigirei o texto.
    A trilha apresenta uma vista bonita, mas, prepare-se, pois as subidas são bastante cansativas.
    Minha intenção inicial era criar uma trilha que desse a volta na represa (veja o trecho 4). No entanto, depois percebi que o trajeto total ultrapassaria 70km. Então, desisti do plano, pelo menos temporariamente.
    Abraço,
    Eugênio

  • Foto de EduardoBetim

    EduardoBetim 20/Ago/2013

    Obrigado, Eugênio!

    Pois é, colocaram um enorme portão na entrada, bem hostil. Também estou estudando um jeito de contornar a represa passando por dentro da reserva, parece que vale mesmo a pena cruzar toda a mata por lá.

    Acho que o jeito é dividir em 02 trechos e usar caronas para iniciar por cima e depois resgatar no final.

    Se eu conseguir fazer lhe falo!

    Um abraço!
    Eduardo
    PS.: Acabei de postar a que fiz nesse final de semana. Está no meu perfil.

You can or this trail