Dificuldade técnica   Moderado

Horas  8 horas 21 minutos

Coordenadas 2847

Uploaded 12 de Julho de 2016

Recorded Julho 2016

-
-
2.018 m
1.689 m
0
4,5
9,1
18,15 km

Visualizado 442 vezes, baixado 17 vezes

próximo a Alvoco da Serra, Guarda (Portugal)

Tentamos fazer este circuito das Lagoas da Torre, indo mais ou menos ao encontro da descrição que consta na página eletrónica da Câmara Municipal da Covilhã, a que lhe acrescentamos um desvio de ida e volta, desde os vértices geodésicos do Cume até ao Piornal.

Com início no ponto mais alto de Portugal Continental, junto à torre de pedra mandada erigir por João VI e que completa os 2000m, seguimos para as traseiras das instalações da Torre, ocupadas pelos pontos de venda, e descemos na direção Noroeste, até ao rochedo do Poio Estrela (dista cerca de 800 m do ponto de partida), local que nos permite uma vista fantástica.

A partir daqui, vamos acompanhando a sinalização existente (mariolas e marcas oficiais), que nos levam aos pontos mais interessantes deste percurso que considero muito bonito. Ficou apenas de fora a passagem junto à Barragem do Covão do Meio, porque a sua albufeira já se encontrava praticamente vazia (todos os anos, no princípio do verão, o túnel desta albufeira, tal como o do Covão dos Conchos, desviam as suas águas para a Lagoa Comprida).

De referir que ao tempo total do percurso, deverá ser descontado cerca de 2 horas, tempo que se destinou a outros eventos, nomeadamente mergulhos em algumas lagoas.

Pontos interessantes:
- as panorâmicas desde o Poio Estrela;
- as Lagoas do Covão das Quilhas e Lagoa Serrano;
- as vistas desde a zona do Cume, também conhecida por Planalto da Expedição (o desconhecimento desta área de Portugal, até finais de 1800, levou a este local um grupo de cientistas da Sociedade de Geografia de Lisboa, para realizar um aprofundado estudo da Serra da Estrela);
- na zona dos Barros Vermelhos, o vale glaciário da Garganta de Loriga;
- as panorâmicas na zona do Piornal;
- como passamos por algumas derivações do PR5 (Rota do Maciço Central), destacam-se as panorâmicas junto à escarpa do “miradouro” para o Covão Cimeiro e os Cântaros e, de outro ponto, para a Lagoa da Paixão;
- as Lagoas das Chancas.

Informação útil em: http://www.cm-covilha.pt/simples/?f=3225

Comentários

    You can or this trail