-
-
1.530 m
735 m
0
6,3
13
25,09 km

Visualizado 524 vezes, baixado 15 vezes

próximo a Vilarinho das Furnas, Braga (Portugal)

Trilho não sinalizado, com inicio em Portela do Homem em direcção “E”, pela Ponte sobre Rio Homem e após a travessia do rio Homem à esquerda seguimos pelo antigo caminho das Minas Carris, este realizado em todo percurso em pedra solta, sempre a subir desde dos 760 metros de altitude para os 1440 metros em Carris, o tempo estava a nosso favor entre abertas e Sol, e a companhia dos aventureiros era excelente, percorremos o majestoso vale do rio Homem, com a sua muralha Natural a Encosta do Sol e no lado esquerdo não tão inferior a Serra que parecem estar inclinadas a observarmos, pena não vermos as suas quedas de água devido à altura do ano que são magníficas, mesmo assim não tirou a beleza da sua inclinadas escarpas, que dá sensação de vertigens só de olhar para a Encosta do Sol, pois não tardaria em passar no topo da mesma, percorridos uns 9Km chegamos às Minas Carris, local espantoso no topo da serra onde era extraído volfrâmio na década de 40, agora protegidas pelo PNPG. Aqui almoçamos em grupo e maravilhamos a paisagem envolvente, tiradas as fotos e estômago aconchegado posemos a caminho em direcção à lagoa de Carris, esta lagoa è artificial que servia para a lavagem do volfrâmio. Daqui avistamos o Pico da Nevosa, partimos em direcção ao Pico da Nevosa pelos trilhos aleatórios de outros Pedestrianistas que trilham vários pontos de interesse em redor a Carris, chegamos ao vale ponto mais baixo ao maciço do Pico da Nevosa, agrupamos e decidimos efectuar a subida esta dificultada pelas pedras soltas e rochedos em zig zag, chegamos ao marco fronteiriço este no topo da primeira serra estávamos a 1500 metros de altitude daqui avistamos o Pico da Nevosa, mas o nosso tempo estava a esgotar-se e não tínhamos tempo de o subir e descer, aqui dissidimos descer e seguir em direcção a “O” pelos Marcos Fronteiriços da Encosta do Sol, trilho dificultado pela vegetação baixa que percorremos em corta-mato pela áspera Carqueja até ao topo da serra, durante 15Km até ao nosso destino foi de altos e baixos a nível terreno e o tempo que não parava e a faltar uns 5Km o lusco-fusco apodera-se da Encosta do Sol, o vento frio e o nevoeiro que subia pela escarpa e vale do rio homem que nos tirava a pouca visibilidade entre os restantes companheiros, aqui a paisagem tão majestosa para ambos os lados Portugal o PNPG e o lado Espanhol o Xurés, o cansaço já se fazia sentir e era permanente, já era noite não avistávamos nada sem ser as lanternas de uns dos outros, a vozes um pouco cansadas a perguntarem o tempo que falta. Os últimos metros sim são mesmos metros, 700 metros até chegar ao ponto inicial, mas este troço foi dificultado pela escuridão o desnível do terreno bem acentuado e sem trilho feito por qualquer ser, foi em corta-mato pela densidade da floresta até à estrada da Portela do Homem.
Momentos inesquecível da boa companhia do grupo e camaradagem de entre ajuda de todos o meu obrigada por esta aventura.


Informação do Trilho: Não Sinalizado
Dificuldade: Dificil
Equipamento GPS : Garmin eTrex20
Companheiros: Álvaro Rego Pinto / Cátia Pinto / Miguel Moreira / Ana Sousa / Fábio Pinto / Carla Dias/ Filipe Moreira / Adriano Sousa / Alexandre Ferreira / Francisco/ Igor Nunes.

2 comentários

  • Alexandre Psycho 15/Set/2015

    Ficam os registos de um percurso excelente, exigente, mas também gratificante. Certo da dificuldade em ultrapassar os últimos metros do percurso devido aos imprevistos durante o dia, mas estes foram vencidos! venha o próximo que torno a levar a caluga😉!

  • Foto de Fábio Daniel Pinto

    Fábio Daniel Pinto 2/Out/2016

    Muito duro, mas vale apena o sacrifício.

    Has followed this trail View more

You can or this trail