Horas  5 horas 42 minutos

Coordenadas 2137

Uploaded 28 de Junho de 2017

Recorded Junho 2017

-
-
913 m
770 m
0
4,2
8,3
16,69 km

Visualizado 394 vezes, baixado 10 vezes

próximo a Adçamo, Viseu (Portugal)

Fomos até à "Penoita" e não Pernoita, como eu erradamente continuava a chamar a esta mata que dá o nome a este interessante percurso, que decorre por entre belas paisagens naturais, onde a ruralidade está ainda bastante presente.

Com temperatura agradável, contrastando com os últimos dias demasiado quentes, fomos à procura nesta zona do nosso país que ainda mantém genuínas as suas vertentes cultural, histórica e paisagística, dos percursos que decorrem por áreas florestais onde ainda predominam, felizmente, as espécies autóctones, fazendo com que valha a pena percorrê-las.

Dos percursos realizados neste fim de semana no município de Vouzela, este foi mais um que nos encantou sobretudo pela sua beleza natural, apesar de decorrer por algum asfalto, estes pequenos troços alcatroados quase não têm movimento de carros, e no essencial o percurso faz-se por caminhos de pedra tradicionais, estradão florestal e caminho de pé posto.

Pontos de interesse:
. A Mata da Penoita;
. A Pia da Barca (curiosa formação rochosa);
. Dólmen da Malhada do Cambarinho (monumento megalítico);
. Bicão dos Conqueiros (classificado como Menir ?);
. A paisagem sobre o vale do rio Vouga;
. O património religioso;
. O contacto com a vivência rural quotidiana nas aldeias de Covas e Adsamo.

Recomendações:
. Originalmente o percurso tem início no parque de merendas da Penoita, mas o isolamento do local e a ausência de famílias a desfrutar deste espaço, neste dia, não nos deixou confortados em deixar a viatura aqui, pelo que a melhor opção é iniciar o trilho na aldeia de Adsamo, onde se pode estacionar no largo da igreja.

. O folheto do percurso alojado na página electrónica da Câmara de Vouzela não tem o mapa do trilho, mas pode-se obter este mapa no posto de turismo de Vouzela ou na página electrónica da Walking Portugal (http://www.walkingportugal.com/z_distritos_portugal/Viseu/Vouzela/VZL_pr4_trilho_da_penoita_mapa.pdf).

. O percurso desde a aldeia de Covas até ao Bicão dos Conqueiros carece de manutenção urgente, principalmente nos últimos metros de chegada ao “Menir” e como já conhecemos, de outras caminhadas, a dificuldade de progredir em matas serradas compostas essencialmente das malfadadas giestas, não fizemos a última dezena de metros que nos levam bem próximo do famoso Bicão, até porque, do ponto onde chegamos, este enorme bloco de granito era perfeitamente visível, apesar de coberto de mato até bem acima da sua base.
Pela pesquisa que fizemos na Net para nos documentarmos antes de fazer este PR4, verificamos que existe alguma confusão com a identificação e localização da majestosa pedra de granito, pelo que, além da foto, junto se indicam as suas coordenadas, para quem queira chegar ao Menir desde outro ponto: 40°39'26.95"N 8° 5'49.02"W

. Na estação das chuvas deve contar com caminhos alagados.
Casa e fauna
Tanque
Pormenor do percurso

Comentários

    You can or this trail