Coordenadas 13258

Enviada em 10 de Abril de 2019

Registrada em Abril 2019

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
923 m
-0 m
0
26
53
105,89 km

Visualizado 1787 vezes, baixado 108 vezes

perto de Abraão, Rio de Janeiro (Brazil)

Realizei a volta na ilha no sentido anti-horário na virada do ano de 2014 para 2015. Já adianto que foi uma má escolha de data por dois fatores principais: o calor surreal de dezembro/janeiro e o elevado número de turistas nas praias.

NÃO é permitido fazer acampamento selvagem na Ilha Grande, portanto você terá que encontrar hospedagem nas vilas, seja em pousadas ou campings.

Não é preciso levar panelas e comida para a a trilha, pois as vilas possuem restaurantes. Vale a pena gastar um pouco mais para economizar no peso.

Há vários pontos de captação de água na travessia, principalmente nas trilhas na parte sul da ilha, que são as menos povoadas. Na face norte da ilha não há muitos pontos d’água, mas você pode comprar nas vilas.

Você também pode comprar comida e açaí em quase todas as praias do lado norte da ilha. Umas das melhores coisas desta viagem foi tomar 5 potes de açaí ao dia.

Agências:

Como a volta na ilha requer um nível de preparação bem mais complexo comparado com as demais trilhas da ilha, vou deixar a página de uma agência caso você não se sinta confiante e ir por conta:

• Nattrip: https://www.nattrip.com.br/roteiros/volta-ilha-grande/

Apesar de ser muito cansativa devido à sua extensão, a trilha é muito bem não apresenta dificuldades técnicas. Além disso, o caminho está muito bem marcado por quase a totalidade de sua extensão. A exceção se dá no trecho entre as praias do Caxadaço e de Lopes Mendes, em que não há trilha oficial e é perigoso se perder.

Outra informação importantíssima e que torna a logística para essa travessia bem complicada é o fato de haver duas praias em que não é permitido pisar. A imagem abaixo mostra a Reserva Biológica da Praia do Sul e as Praias do Sul e do Leste.

O único lugar dentro da reserva em que é permitido visitação é a Praia do Aventureiro e é justamente daí que vem a solução. Esta praia possui uma grande quantidade de turistas e com sorte você encontrará um barqueiro que te levará até a Praia de Parnaioca.
Praia

Praia de Palmas

Praia

Praia de Mangues

pico

Pico do Papagaio

Waypoint

Vila de Abraão

Queda de água

Cachoeira da Feiticeira

Praia

Praia

Waypoint

Vila de Dois Rios

Praia

Enseada Estrelas

abrigo

Pousada

Praia

Prainha Escondida

Praia

Praia de Japariz

Praia

Freguesia de Santana

Waypoint

Lagoa Azul

Praia

Praia

Praia

Praia do Bananal

abrigo

Bar Deck

Praia

Praia de Matariz

Praia

Praia de Ubatuba

Praia

Praia Longa

Queda de água

Cachoeira

Praia

Praia de Dois Rios

Praia

Praia Grande de Araçatiba

Rio

Rio (água limpa)

Waypoint

Gruta do Acaiá

Praia

Praia de Pouso

Praia

Praia Vermelha

Praia

Praia do Caxadaço

Praia

Praia de Santo Antônio

abrigo

Pousada

Praia

Praia de Lopes Mendes

Praia

Praia do Aventureiro

Rio

Rio (água limpa)

Rio

Rio (água limpa)

abrigo

Pousada

Praia

Praia de Parnaioca

camping

Camping

camping

Camping

9 comentários

  • Foto de mpmarques

    mpmarques 13/abr/2019

    Uma baita caminha, fiz em maio de 2009 em 10 dias, achei o período muito apropriado, pois é baixa temporada e tem menos turistas na ilha. Abs e bons ventos

  • Foto de Trek Mundi

    Trek Mundi 6/mai/2019

    Fala mpmarques! Deve ser bem melhor com poucos turistas mesmo. Pretendo realizá-la novamente em baixa temporada. Abraço amigo

  • Foto de Valente Adventure

    Valente Adventure 19/set/2019

    É permitido acampar por toda extensão da ilha fazendo essa volta?

  • Foto de Paulo Cesar Casagrande

    Paulo Cesar Casagrande 5/jan/2020

    Boa tarde!
    Mto interessante o trekking. Vc fez ern quantos dias?
    Tenho intenção de fazer q preciso ver datas.

  • Janderson Cabral 5/jan/2020

    Estou indo com ou sem chuva.

  • Foto de Trek Mundi

    Trek Mundi 7/jan/2020

    Olá Valente. Não pode acampar em nenhum lugar do parque estadual, somente nas áreas de camping

  • Foto de Trek Mundi

    Trek Mundi 7/jan/2020

    Olá Paulo. A quantidade de dias varia muito em função do calor e da sua disposição de caminhada. Eu fiz a volta em 7 dias + 1 dia pra subir o Pico do Papagaio, mas conheci gente que fez a volta em 2 dias. Então realmente varia do quanto de tempo você quer passar curtindo as praias e atrações ou se vai focar mais na caminhada. Um abraço

  • Foto de Paulo Cesar Casagrande

    Paulo Cesar Casagrande 7/jan/2020

    Obrigado, Trek Mundi! Vou me programar e seguir sua trilha, q está bem detalhada. Bons trekkings!

  • Foto de Trek Mundi

    Trek Mundi 7/jan/2020

    boa viagem amigo!

Você pode ou esta trilha