Tempo em movimento  3 horas 18 minutos

Horas  5 horas 32 minutos

Coordenadas 1757

Uploaded 29 de Setembro de 2019

Recorded Setembro 2019

-
-
1.280 m
578 m
0
2,5
5,0
10,01 km

Visualizado 18 vezes, baixado 1 vezes

próximo a Capivara Alta, Santa Catarina (Brazil)

Trilha que sobe a região conhecida como "Vale das Pirâmides", na localidade de Serra Furada, município de Grão-Pará.

A comunidade Serra Furada tem este nome em razão de uma formação arenítica com um furo no meio (não confundir com a pedra furada basáltica, no Morro da Igreja, embora tenham proporções parecidas). Aqui existe um parque estadual pouco conhecido que preserva as florestas de encosta da Serra Geral. Afinal, neste trecho da serra, a encosta é majoritariamente arenítica - vide a Serra do Corvo Branco, vizinha à Serra Furada.

Em razão dos cumes arredondados, estas encostas ganharam o nome de "Vale das Pirâmides" e guardam um antigo caminho dos tropeiros, que descia de Urubici em direção a Tubarão. A trilha completa continua conectando as duas regiões, porém vale apenas para subir no alto da serra e contemplar a vista - como neste tracklog.

O início se dá numa propriedade privada onde se localiza a Pousada das Pirâmides. Não há cobrança para fazer a trilha. Basta seguir uma estrada de pedras grandes, feita para o gado - e cuidar na hora de passar por eles. Na chegada à mata, siga reto. Na primeira bifurcação, à esquerda para onde a mata se adensa e começa o aclive. Depois, não tem erro.

São cerca de 800 metros em aclive. A trilha faz zigue-zague pela encosta e está muito bem conservada e aberta - afinal é centenária. É preciso apenas estar atento para o terreno. A caminhada se dá, em 90% do tempo, por pedras que cobrem o solo. A terra arenítica molhada pelo orvalho as deixa bem escorregadias e dificulta um pouco a descida.

No meio do caminho, experiente dar uma fugida para conhecer uma grande caverna. É uma trilha um pouco mais complicada, estreita, em terreno íngreme e com um pequeno trecho de corda. Importante: neste tracklog, na ida à caverna, alguma interferência gerou um desvio de rota, como se pode ver.

No alto da serra, a caminhada se dá em meio a plantas herbáceas típicas dos campos de altitude - embora não haja campos propriamente ditos. É fácil atingir os cumes de pequenas colinas para apreciar a vista de toda a encosta. Quem tiver mais fôlego pode continuar em direção a Urubici e avistar uma grande cachoeira - não foi o intuito deste tracklog.

A trilha tem grande trecho de aclive, o que exige condicionamento físico e a torna moderada - especialmente para quem optar pela caminhada até a caverna. Uma trilha obrigatória para quem deseja explorar as encostas da Serra Catarinense.
foto

Começo

foto

Ponte

foto

Reto

foto

Esquerda

foto

Esquerda para caverna

foto

Caverna

foto

Vista 1

foto

Vista

1 comment

  • Foto de Antonio Carlos de Lima

    Antonio Carlos de Lima 1/out/2019

    O local é Show de Bola, parabéns por ter tido o privilegio de apreciar Ao Vivo, mais uma beleza da vida.

You can or this trail