Baixar

Distância

2,27 km

Desnível positivo

73 m

Dificuldade técnica

Fácil

Desnível negativo

7 m

Elevação máx

838 m

Trailrank

27

Elevação min

765 m

Tipo de trilha

Mão Única
  • Foto de Acesso à ferrovia
  • Foto de Início do Ferrotrekking
  • Foto de Túmulo do Engenheiro
  • Foto de Entrada do túnel sentido Francisco Morato
  • Foto de Área de refúgio
  • Foto de Fim do túnel sentido Francisco Morato.

Tempo em movimento

39 minutos

Hora

uma hora 8 minutos

Coordenadas

402

Enviada em

1 de março de 2020

Registrada em

março 2020
Seja o primeiro a aplaudir
1 comentário
Compartilhar
-
-
838 m
765 m
2,27 km

Visualizado 512 vezes, baixado 4 vezes

perto de Botujuru, São Paulo (Brazil)

O Túnel de Botujuru, foi construído junto com a construção da primeira ferrovia do Estado de São Paulo, a São Paulo Railway, mais tarde, Estrada de Ferro Santos á Jundiaí, e duplicada na mesma época da construção do segundo sistema funicular, ou Serra-nova, que contava com 16 pontes e 13 túneis para vencer a Serra do Mar, portanto, contado na direção Santos-Jundiaí, ele acabou sendo o 14º túnel.
Possui cerca de 600 metros de comprimento, com cavidades chamadas de "refúgio", a cada 20 metros, caso esteja acontecendo algum serviço dentro túnel, os trabalhadores podem se refugiar nessas cavidades para o trem poder passar.

Apesar de eu ter conseguido fazer a travessia, o GPS travou já no primeiro refúgio, mas consegui fazer o trajeto dentro do túnel sem problema, tanto na ida, quanto na volta.
Waypoint

Acesso à ferrovia

Waypoint

Início do Ferrotrekking

Waypoint

Túmulo do Engenheiro

Lápide do Engenheiro inglês que fora assassinado em 23 de Abril de 1898, depois de um desentendimento com um empreiteiro. Uma lenda diz que o fantasma do engneheiro ainda assombra o local. Conta-se que ainda hoje em altas horas da noite pessoas relatam ouvir os ruídos das batidas de uma pá contra a terra, gemidos e o barulho de um corpo caindo em uma cova. Outros relatos dizem que no trecho compreendido pelo túnel de Botujuru, em noites com muita neblina, pode ser visto o vulto de Beeck que flutua sobre o leito da ferrovia, como se estivesse procurando por algo ou inspecionando a ferrovia. O mesmo vulto já foi visto parado na entrada no túnel, como se vigiasse a entrada e as pessoas que adentram o local.
Túnel

Entrada do túnel sentido Francisco Morato

É possível fazer a travessia do túnel, mas tem que tomar muito cuidado, pois a ferrovia ainda está ativa para trens de passageiros. A dica é que existe uma cabine elétrica acima da lápide do engenheiro, se esconda ali, e conte pelo menos 2 trens no sentido Francisco Morato, para ter uma ideia do intervalo médio.
Ponto de informação

Área de refúgio

Existem várias cavidades de refúgio dentro do túnel, a aproximadamente cada 20 metros. Então se você não conseguir atravessar depois do último trem passar, fique esperto nessas cavidades para se esconder do próximo trem que virá. Nos dois sentidos existem essas cavidades
Túnel

Fim do túnel sentido Francisco Morato.

1 comentário

  • Foto de Rafael Liborio

    Rafael Liborio 7 de ago de 2021

    Eu fiz essa caminhada no túnel, se é loco Ze muita adrenalina dentro do túnel

Você pode ou esta trilha