Horas  8 horas 20 minutos

Coordenadas 2032

Uploaded 22 de Fevereiro de 2016

Recorded Fevereiro 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.097 m
616 m
0
4,0
8,0
16,02 km

Visualizado 1334 vezes, baixado 56 vezes

próximo a Senhora da Peneda, Viana do Castelo (Portugal)

Quem gostar de paisagens, tem neste percurso uma boa oportunidade, para observar uma extensa área da serra da Peneda, o planalto de Castro Laboreiro e a falha por onde corre o rio de Castro Laboreiro ao encontro do Lima. O nome de Fraga das Pastorinhas está associado a uma lenda, do lugar de Tibo, com duas pastorinhas que cairam pela fraga abaixo. Esta fraga, também se escala, tendo uma extensão ( descontínua) de cerca de meio quilómetro.
Abandonando o santuário da Srª. da Peneda, caminha-se para sul, descendo pela escadaria até à estrada alcatroada que liga o Mezio ( ou o Soajo) a Lamas de Mouro. Pouco se anda no alcatrão, até à entrada do trilho, que sobe a encosta da Ferrea, com excelentes locais para observar a cumeada, donde se vai destacando o Penameda e o Outeiro Alvo. É sempre a subir, acompanhando uma linha de água que desce para o rio de Teeiras. Com atenção, encontramos um antigo cercado em pedra, sinal de que chegamos à zona aplanada, local excelente para uma pausa, protegida pelo Pena Calva à esquerda e o alto de Éguas à nossa direita, este último, local por onde temos de passar. Se entrarmos no ponto certo do trilho, fugimos ao mato e vamos observando a paisagem para sul, que é belíssima. Convém evitar cair na armadilha de fugir ao trilho, pois há pequenas ravinas que nos obrigam a retroceder. Depois do alto de Éguas, chega-se calmamente à Nédia. Aqui, é curtir a paisagem e restabelecer energias, pois seguem-se três corgas até ao CurraL Dianteiro. Curiosamente, a linha de água mais difícil de passar é a que antecede a travessia do rio da Armada, devido à vegetação, mas no Verão, não costuma ser assim. Depois da terceira linha de água, surgem-nos um cercados abandonados, sinal de que estamos perto do Curral Dianteiro, altura para observar o planalto de C. Laboreiro com o Anemão a destacar-se na paisagem, parte do vale do rio Laboreiro, incluindo Ribeiro de Baixo. Deste curral ao Curro da Velha é um pulo. Aqui, deve fazer-se nova paragem, para ganhar atacar a subida que nos leva ao poulo do Salgueiral, rodeando o cabeço de Água Santa. Quem tiver forças, pode subir até ao VG, pois o caminho, está mariolado. Do Salgueiral,se olharmos para a nossa direita fica o poulo da Felgueira Ruiva, para onde os de Adrão levavam o gado, e branda de passagem até à Chã da Matança, limite máximo de pastagem na serra, para os Soajeiros. No Salgueiral, procura-se o antigo abrigo, em ruínas, pois o trilho para a Quelha Escura é por ali, caminho bem mariolado, não fosse ele o caminho dos peregrinos.
Percurso feito com o grupo VamosAli, tendo o MAKA como timoneiro,
exímio nas travessias.
No Verão é mais fácil caminhar por estas bandas. O gelo ou neve, bem como as ribeiras com muita água, atrasam imenso, e as horas de luz não são muitas.
Trilho para Moderado Alto.
Cartografia - Folha 9 ( Gavieira) do IGE escala 1/25 000.
Trilho não sinalizado, em "círculo".
miradouro na Férrea
antigo cercado em pedra
Fraga das Pastorinhas
Fraga das Pastorinhas 2
travessia rio da Armada
Curral Dianteiro
Curro da Velha
Salgueiral
Vista da Quelha Escura
ÉGUAS

6 comentários

  • Foto de PARAQ

    PARAQ 22/fev/2016

    De facto a paisagem é muito boa.

  • Foto de dopedagain

    dopedagain 23/fev/2016

    A fraga de nedia nao é no lado espanhol? Na serra do quinxo??

  • Foto de TRUKA

    TRUKA 23/fev/2016

    A fraga da Nédia ou das Pastorinhas fica em frente a TIbo ( lugar da Gavieira). Ver a carta militar Folha 9 ( Gavieira) - as mais recentes ou as de 1949. MaS fica muito próximo do Monte do Quinxo, com o rio de C. Laboreiro a separar.
    Cumprts.

  • Foto de dopedagain

    dopedagain 23/fev/2016

    De facto sempre pensei que a fraga de nédia ficasse no monte atrás da pena calva / fraga das pastorinhas do outro lado do rio laboreiro ( serra do quinxo ). alguma web onde seja possivel consultar tais cartas militares? obrigado :)

  • Foto de dopedagain

    dopedagain 23/fev/2016

    entao fraga da nédia e das pastorinhas é o mesmo local?

  • Foto de TRUKA

    TRUKA 23/fev/2016

    Sim, embora o mais usado é Fraga das Pastorinhas. Alguns escaladores, chamam-lhe fraga da Nédia, porque ela pode ser escalada, embora de forma descontínua.

    Ao dispor

You can or this trail