Horas  6 horas 38 minutos

Coordenadas 1266

Uploaded 8 de Março de 2015

Recorded Março 2015

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.120 m
644 m
0
3,3
6,7
13,39 km

Visualizado 3515 vezes, baixado 126 vezes

próximo a Bilhares, Viana do Castelo (Portugal)

O Dia estava magnífico para um "tour" pela serra. Desafiei o Maka e lá fomos, manhã cedo. Partimos da branda de Bilhares, onde numa parede dos casebres, verificamos que ainda lá está a " pedra almofadada", de origem romana ? Da branda, ao Porto da Lage foi um pulo. Atravessamos a ribeira nas poldras e seguimos em direcção ao curral da Escravilheira que está no interior do bosque, muito perto da Chã do Couto. A cabana, está a ficar com a parte superior cada vez mais bonita, à medida que se aproxima a Primavera. O próximo destino foi o curral da Mata da Lomba, que em caminhadas anteriores, lhe tinha passado muito por perto, sem o ter visitado. Subimos bastante, e sempre a ganhar cota fomos ter ao curral do Vidoeiro. A cabana está destruída, e penso que seria do tipo "forno". É um local magnífico para observarmos a belíssima obra de arte que é o fojo do lobo de Martingum, bem como as imponentes corgas, onde se abriga o azevinho.
Prosseguimos a marcha até ao "forno" dos currais do Braçal da Ribeira. A ribeira é fácil de atravessar, e fomos ver como estavam as cabanas em falsa cúpula. O forno principal destes currais, tem a parte superior a desmoronar-se. Continuamos, para o curral da Lomba do Braçal, que merece uma visita mais demorada, pois aqui de cabanas só vestígios. Para atingir o curral da Frieira, tínhamos agora duas corgas pela frente, cujos trilhos estão encobertos no giestal. Estas duas corgas, podem ser difíceis de atravessar em dias de condições climatéricas difíceis - não aconselhável, portanto. Mais à frente há o desvio para o curral do Braçal, que fica lá em cima, perto do estradão florestal, mas como a energia já não era muita, deixamos para outra ocasião. Há ainda uma pequena linha de água que se passa sem dificuldade, até atingirmos o curral da Frieira. Optamos por seguir na direcção da Chã do Couto, e apanhar o caminho que vem de Mosteirô para Bilhares e que remata um pouco antes da ponte ( e das poldras) do Porto da Lage. Atravessamos a ribeira pelas poldras e mais à frente fizemos a travessia, desta vez pela ponte da.Daqui até Bilhares é um pulo.
Grau de dificuldade - talvez um Moderado +.
Água - Só na Chã do Couto e na Escravilheira.
Cartografia - folhas 17 e 30 do IGE - escala 1/25 000
branda de Bilhares
Porto da Lage
curral da Escravilheira
Curral da Mata da Lomba
antigo curral
Curral do Vidoeiro
Braçal da Ribeira I
Braçal da Ribeira II
Miradouro 1
curral da Lomba do Braçal
travessia Lágua
travessia Lágua
Chã do Couto
Poldras
Curral da Frieira

4 comentários

  • Foto de Makca

    Makca 9/mar/2015

    5 Estrelas!

  • Foto de Célitos  da Montanha

    Célitos da Montanha 6/mai/2015

    Mais uma que alagou....
    e assim vai mais um pouco de nossa historia.... https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/serra-amarela-currais-a-w-da-lourica-ii-marco-2015-9036617#wp-9036625/photo-5347884

  • Foto de TRUKA

    TRUKA 10/mai/2015

    Já a conheci melhor. A tendência será desmoronar-se com mais uns invernos.

    Abraço

    TRUKA https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/serra-amarela-currais-a-w-da-lourica-ii-marco-2015-9036617#wp-9036625/photo-5347884

  • Foto de paysan78

    paysan78 12/jun/2015

    E bonito a identidade BARROSAO

    simples como a natureza animale e tradicoes . https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/serra-amarela-currais-a-w-da-lourica-ii-marco-2015-9036617#wp-9036631/photo-5347915

You can or this trail