Horas  4 horas 25 minutos

Coordenadas 1069

Uploaded 11 de Dezembro de 2016

Recorded Dezembro 2016

-
-
1.109 m
644 m
0
2,4
4,8
9,55 km

Visualizado 171 vezes, baixado 11 vezes

próximo a Bouças Donas, Viana do Castelo (Portugal)

A partir da antiga branda da Travanca, pode fazer-se o mais diverso tipo de passeio pelas encostas da serra. É uma zona, com muitas brandas de gado, o que não acontece com as encostas viradas à Srª. da Peneda, em que as brandas ( brandas de gado e cultivo) permitiam também, o cultivo das batatas e centeio. Desta vez, optamos por fazer uma visita a duas brandas um pouco esquecidas - a branda dos Mosqueiros e a dos Currais Velhos, A primeira, sem utilização, pertence ao lugar de Vilar de Soente. É como todas elas, um povoamento sazonal, com abrigos em falsa cúpula( os cortelhos) , murados por um curral de pedra tosca ( a bezerreira ). A cabana mais importante, está em ruínas. A branda dos Currais Velhos, que é dividida pelo caminho com o mesmo nome, pertence a Vilela, lugar de Cabana Maior. Os cortelhos dos Currais Velhos, estão separados pelo caminho do mesmo nome, encontrando-se o mais importante do lado esquerdo do caminho, para quem desce a calçada no sentido da branda da Cova para a Travanca.
Partindo da Travanca, fomos até à branda dos Mosqueiros, debaixo da copas das árvores, embora se note, o grande impacto que teve este último incêndio. A parte mais complicada é a partir dos Mosqueiros, com a travessia rio de João da Paz. Parece haver carreiro desde a sua travessia que acompanha a sua margem esquerda, mas leva-nos para cotas muito baixas. Optou-se por subir ao primeiro estradão, ( aberto pelos madeireiros, mas nalguns locais muito fechado) a corta-mato, sob a copa das árvores, de um pequeno bosque. Atinge-se então uma pequena plataforma, onde se encontram ruínas de alguns cortelhos. Éum bom local para observar a paisagem. Até à branda da Urzeira, é sempre a subir. Tivemos de fazer uma pausa, depois de tanto tempo a subir. Como ameaçava chuva, e também estava um vento frio, a partir da branda da Cova, fomos atalhando para os Currais Velhos. A descida para a Travanca, permite observar a extensão do incêndio, que foi devastador para a fauna e flora desta zona da serra.

Cartografia - folha 17 do IGE - escala 1/25 000.
  • Foto de bosque miso
  • Foto de bosque miso
  • Foto de bosque miso
  • Foto de bosque miso
bosque misto
  • Foto de curral
  • Foto de curral
  • Foto de curral
curral
  • Foto de rio de Mosqueiros
rio de Mosqueiros
  • Foto de branda Mosqueiros
  • Foto de branda Mosqueiros
  • Foto de branda Mosqueiros
  • Foto de branda Mosqueiros
branda Mosqueiros
  • Foto de ribº. João da Paz
  • Foto de ribº. João da Paz
  • Foto de ribº. João da Paz
ribº. João da Paz
  • Foto de bosque
  • Foto de bosque
  • Foto de bosque
bosque
  • Foto de cortelho
  • Foto de cortelho
cortelho
  • Foto de miradouro
  • Foto de miradouro
miradouro
  • Foto de branda da Urzeira
  • Foto de branda da Urzeira
  • Foto de branda da Urzeira
  • Foto de branda da Urzeira
branda da Urzeira
  • Foto de branda da Cova
  • Foto de branda da Cova
  • Foto de branda da Cova
branda da Cova
  • Foto de antiga branda dos Currais Velhos
  • Foto de antiga branda dos Currais Velhos
  • Foto de antiga branda dos Currais Velhos
Currais Velhos
  • Foto de antiga branda dos Currais Velhos
  • Foto de antiga branda dos Currais Velhos
  • Foto de antiga branda dos Currais Velhos
Currais Velhos

Comentários

    You can or this trail