Horas  5 horas 13 minutos

Coordenadas 1866

Uploaded 26 de Fevereiro de 2019

Recorded Fevereiro 2019

-
-
1.060 m
772 m
0
3,1
6,1
12,21 km

Visualizado 106 vezes, baixado 4 vezes

próximo a Coelheira, Viseu (Portugal)

Inspirados que estavamos pelos percursos de vários caminheiros pelas escarpas dos Incas, com destaque para os percorridos pelo “CarlosPinto”, repensamos a vontade antiga de realizar apenas o PR2-Rota das Bétulas.

Assim, numa curta estadia de fim de semana em que ficamos por estas bandas com o propósito de fazer caminhadas pelas Montanhas Mágicas, escolhemos para o último dia este fantástico percurso, não oficial, do Trilho Inca (nunca nos perdoaríamos se não o realizássemos), começando junto à porta de entrada do Parque de Campismo da Fraguinha, um oásis no meio da paisagem envolvente, seguindo desde aí pela levada que vamos acompanhando por parte do trilho oficial da Rota das Bétulas (PR2) e que nos leva até á entrada da povoação de Póvoa das Leiras.

Logo depois de chegar a um cruzeiro chegamos ao ponto em que abandonamos o PR2 e seguimos quase de seguida por um caminho de terra batida. Será no final deste caminho que galgamos para a encosta escarpada e nos deliciamos a percorrer o longo trilho estreito de lajes de xisto sobrepostas, por onde também as cabras se perdem.

Este é o momento alto do percurso que também rivaliza com a subida da cumeada da “Garra” em direcção às eólicas, local que escolhemos para, em cada paragem, recuperarmos da subida e nos deliciarmos com as vistas que se alongam para a pequena localidade de Covelo do Paivô, as Minas de Regoufe e os caminhos que levam à Aldeia Mágica (Drave), bem escondida lá no fundo do vale.

O resto do percurso que nos leva às mariolas da Arada e o caminho de regresso final, não têm, por agora, a mesma espetacularidade, mas na rebentação da primavera estas encostas vestem-se de vivos amarelos das carquejas e de roxo das urzes, formando quadros de rara beleza que já testemunhamos no passado.

Percurso acessível, embora se considere moderado devido a algum desnível que temos de vencer, recomendando-se que se evitem os dias chuvosos ou demasiado quentes.

2 comentários

  • Foto de CarlosPinto

    CarlosPinto 1/mar/2019

    Sem dúvida Ulisses Silva, sito fantástico esta Serra, com destaque para o trilho Inca. Boas caminhadas

  • Foto de Ulisses Silva

    Ulisses Silva 1/mar/2019

    Que a beleza e a natureza agreste destes maciços perdure por muitos anos, caro Carlos Pinto e aproveito para lhe agradecer a inspiração para este bonito percurso. Bons trilhos.

You can or this trail