Baixar

Distância

18,81 km

Desnível positivo

1.016 m

Dificuldade técnica

Moderada

Desnível negativo

1.016 m

Elevação máx

812 m

Trailrank

67 4,2

Elevação min

220 m

Tipo de trilha

Circular

Hora

6 horas 43 minutos

Coordenadas

1674

Enviada em

27 de dezembro de 2014

Registrada em

dezembro 2014
  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     

Previsão do tempo

Uma boa dica para ajudar você a escolher roupas e acessórios!

Obtenha o Wikiloc Premium Atualização para remover Anúncios
Previsão do tempo Previsão do tempo
Compartilhar
-
-
812 m
220 m
18,81 km

Visualizado 21822 vezes, baixado 729 vezes

perto de Ermida, Braga (Portugal)

Percurso baseado no PR14 - Trilho do sobreiral da Ermida do Gerês, ao qual acrescentamos o desvio para as quedas de água, conhecidas na região como as Cascatas Tahiti, sempre espetaculares nesta época do ano.

O Trilho do Sobreiral da Ermida do Gerês (PR14), situado nessa aldeia serrana, é um percurso circular de interesse ambiental e paisagístico com passagem por zonas campestres, ribeirinhas, florestais e de matos.
O nome do trilho é um atributo à serra do Gerês, particularmente ao sobreiral da Ermida. Este sobreiral de 200 hectares destaca-se na paisagem montanhosa, localizado numa encosta virada a sul, sobranceira ao rio Arado e Fafião.

Partimos da Ermida, freguesia de Vilar da Veiga, concelho de Terras de Bouro, junto ao miradouro da Ermida (N41º42`07.32``, W8º07`46.60``) e subimos serra acima até à Cascata do Arado, fazendo o desvio para a apreciar em pleno, o espetáculo das águas revoltas do Arado precipitando-se pela penedia, mesmo defronte do miradouro do mesmo nome.
Depois de uma breve pausa, recomeçamos a subida até ao Curral da Malhadoura, com o seu abrigo encravado nas rochas e fonte de água cristalina que brota debaixo da enorme pedra granítica, outrora usado para confinar o gado que pastava nestas paragens.

Continuando o PR14 passamos ainda pelos Currais dos Portos e das Cortes – criados para a prática de pastoreio em que os vezeiros (proprietários dos animais) conduziam o gado para a serra alta durante dias ou semanas conforme o número de cabeças que possuíam e usavam o abrigo como dormitório. Este sistema de vezeira subsiste num regime ancestral, praticado num ritual de vida peculiar da serra do Gerês que ocorre durante todo o ano para o gado caprino e nos meses de março a setembro para o gado bovino.

Já na encosta virada a sul, iniciamos a ingreme descida para Pigarreira, atravessando o extenso sobreiral, que deu o nome a esta caminhada - o Sobreiral da Ermida, em que os seculares sobreiros se combinam harmoniosamente com medronheiros, coloridos com vermelhos frutos, vidoeiros e alguns castanheiros.

Continuando o trilho seguimos para Costa da Vela ao encontro, uma vez mais, do Rio Arado, o qual atravessamos pela Ponte das Relvas, já subíamos para a aldeia da Ermida quando fizemos o desvio até à cascata de Fecha de Barjas, popularmente conhecidas como cascatas Tahiti, o que também mereceu bem a pena, para apreciar a beleza das sucessivas quedas do Arado nas sua corrida serra abaixo e à sua união com o Fafião.
O caminho de acesso, pela margem esquerda do Rio Arado é bastante perigoso, mas indo com cuidado, vale bem a pena descer, para observar as espetaculares cascatas combinadas do Arado e Fafião.

Retomamos depois o percurso marcado (PR14) e a subida até ao centro da aldeia, a qual atravessamos até ao miradouro da Ermida de onde vislumbramos os maciços do Gerês, a vida da aldeia, a paisagem rural e os elementos históricos e da arquitetura tradicional num panorama de prodigiosa beleza… e assim terminamos esta magnifica caminhada pelas Serras do Gerês.
Panorama

MIRADOURO DA ERMIDA

  • Foto de MIRADOURO DA ERMIDA
  • Foto de MIRADOURO DA ERMIDA
  • Foto de MIRADOURO DA ERMIDA
Panorama

CAVALEIRO PODADO

  • Foto de CAVALEIRO PODADO
  • Foto de CAVALEIRO PODADO
  • Foto de CAVALEIRO PODADO
Fonte

FONTE DO ARADO

  • Foto de FONTE DO ARADO
  • Foto de FONTE DO ARADO
Fonte

FONTE DA CHÁ DO ARADO

  • Foto de FONTE DA CHÁ DO ARADO
  • Foto de FONTE DA CHÁ DO ARADO
  • Foto de FONTE DA CHÁ DO ARADO
Ponte

PONTE DO ARADO

  • Foto de PONTE DO ARADO
  • Foto de PONTE DO ARADO
  • Foto de PONTE DO ARADO
Fonte

FONTE DA CASCATA DO ARADO

  • Foto de FONTE DA CASCATA DO ARADO
  • Foto de FONTE DA CASCATA DO ARADO
Panorama

MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO

  • Foto de MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO
  • Foto de MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO
  • Foto de MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO
  • Foto de MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO
  • Foto de MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO
  • Foto de MIRADOURO DA CASCATA DO ARADO
Queda d'água

CASCATA DO ARADO

  • Foto de CASCATA DO ARADO
  • Foto de CASCATA DO ARADO
  • Foto de CASCATA DO ARADO
  • Foto de CASCATA DO ARADO
  • Foto de CASCATA DO ARADO
  • Foto de CASCATA DO ARADO
Árvore

VIDOAL

  • Foto de VIDOAL
Abrigo de montanha gratuito

CURRAL DA MALHADOURA

  • Foto de CURRAL DA MALHADOURA
  • Foto de CURRAL DA MALHADOURA
  • Foto de CURRAL DA MALHADOURA
  • Foto de CURRAL DA MALHADOURA
  • Foto de CURRAL DA MALHADOURA
  • Foto de CURRAL DA MALHADOURA
Fonte

FONTE DA MALHADOURA

  • Foto de FONTE DA MALHADOURA
  • Foto de FONTE DA MALHADOURA
  • Foto de FONTE DA MALHADOURA
Abrigo de montanha gratuito

CURRAL DOS PORTOS

  • Foto de CURRAL DOS PORTOS
  • Foto de CURRAL DOS PORTOS
  • Foto de CURRAL DOS PORTOS
  • Foto de CURRAL DOS PORTOS
Abrigo de montanha gratuito

CURRAL DAS CORTES

  • Foto de CURRAL DAS CORTES
  • Foto de CURRAL DAS CORTES
  • Foto de CURRAL DAS CORTES
  • Foto de CURRAL DAS CORTES
  • Foto de CURRAL DAS CORTES
Árvore

SOBREIRAL DA ERMIDA

  • Foto de SOBREIRAL DA ERMIDA
  • Foto de SOBREIRAL DA ERMIDA
  • Foto de SOBREIRAL DA ERMIDA
  • Foto de SOBREIRAL DA ERMIDA
Árvore

CARVALHAL

  • Foto de CARVALHAL
Ponte

PONTE DAS RELVAS

  • Foto de PONTE DAS RELVAS
  • Foto de PONTE DAS RELVAS
  • Foto de PONTE DAS RELVAS
Interseção

DESVIO PARA AS CASCATAS TAHITI

  • Foto de DESVIO PARA AS CASCATAS TAHITI
Queda d'água

CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)

  • Foto de CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)
  • Foto de CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)
  • Foto de CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)
  • Foto de CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)
  • Foto de CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)
  • Foto de CASCATAS TAHITI (FECHA DE BARJAS)
Waypoint

ALDEIA COMUNITÁRIA DA ERMIDA

  • Foto de ALDEIA COMUNITÁRIA DA ERMIDA
  • Foto de ALDEIA COMUNITÁRIA DA ERMIDA
  • Foto de ALDEIA COMUNITÁRIA DA ERMIDA
Panorama

PANORAMA IGREJA

  • Foto de PANORAMA IGREJA

9 comentários

  • Foto de Luis Gameiro Marques

    Luis Gameiro Marques 26 de jan. de 2015

    Muito bom, relembrei os meus tempos de BTT....

  • Foto de Xalmas

    Xalmas 2 de fev. de 2016

    As cascatas do Tahiti devem ser no Tahiti, no Gerês não são de certeza... :P
    As cascatas a que se referem e a que infelizmente muita gente conhece por esse estranho nome sempre se chamaram e chamam Cascatas da Fecha de Barjas.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 2 de fev. de 2016

    Obrigado pelo comentário Xalmas.
    Efetivamente a cascata que nos referimos é Fecha de Barjas popularmente conhecida como Cascata Tahiti, assim referida em vários sites que promovem a região, exemplo http://www.maravilhasdogeres.pt/como-ir-ate-cascata-tahiti-geres/
    Boas caminhadas!

  • fmiguel_11 5 de out. de 2016

    Eu fiz esta trilha  Ver mais

    um trilho de facil orientação, apesar de levar gps, so precisei para o corte para a cascata do tahiti, muito bom

  • Foto de Alex Righetti

    Alex Righetti 14 de mar. de 2017

    HI, I am Alex. I am interested in this path but I cannot find no bus or local transport who bring me in Ermida. How could I get there? I don't have a car.
    Thanks

    Alex

  • Foto de Firmino David Ribeiro Leal

    Firmino David Ribeiro Leal 26 de nov. de 2018

    O trilho é propício a ser feito de inverno? Qual a melhor hora para começar o trilho para terminar antes do anoitecer? Ritmo moderado.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 26 de nov. de 2018

    Olá Firmino David Ribeiro Leal!
    Realizamos o trilho em dezembro, nesta altura o acesso à cascata deve ser realizado com cuidado pelo perigo de queda... e provavelmente não será apetecivel ir a banhos. Desaconselho realizar em dias de chuva.
    Nós demoramos sete horas, por isso aconselho começar às 8:30h para terem margem de uma hora até ao anoitecer.
    Boas caminhadas

  • Foto de ELAfonso

    ELAfonso 1 de abr. de 2019

    Eu fiz esta trilha  verificado  Ver mais

    Amazing hiking day. The trail was really easy to follow. Thank you for this amazing journey!

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 1 de abr. de 2019

    Hello ELAfonso!
    Thank you for your comment and review.

Você pode ou esta trilha