Horas  3 horas 46 minutos

Coordenadas 1208

Uploaded 25 de Novembro de 2019

Recorded Novembro 2019

-
-
618 m
195 m
0
2,8
5,5
11,06 km

Visualizado 197 vezes, baixado 6 vezes

próximo a Castanheiro, Bragança (Portugal)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"


TRILHO DO SENHOR DA BOA MORTE

O Trilho do Senhor da Boa Morte está inserido na Rede de Percursos do Parque Natural Regional do Vale do Tua. A Rede de Percursos abrange os cinco municípios que integram esta área protegida: Mirandela, Vila Flor, Carrazeda de Ansiães, Alijó e Murça.

O “desenho” para cada percurso foi definido em função da paisagem, do valor patrimonial e cultural, mas também da riqueza e diversidade biológica, passando alguns dos trilhos pelas Microrrervas existentes no PNRVT.

É de realçar que estes Percursos Pedestres se encontram homologados pela Federação de Campismo e Montanhismo de Portugal (FCMP).



O “Trilho do Senhor da Boa Morte” que vamos descrever, teve início e fim no Largo D. Maria I.M.B.A. e Lima Pereira, em Castanheiro do Norte. Fizemos o percurso no sentido dos ponteiros do relógio, contrariamente ao sentido recomendado pelo folheto informativo do PR.

Seguimos em direção à Junta de Freguesia da União das Freguesias de Castanheiro do Norte e Ribalonga.

Na subida em direção à Ermida do Souto, é possível observar duas fontes, conhecidas localmente como a fonte D’Além e fonte D’Aqui, antes de alcançar a Igreja Matriz de São Brás. Aqui fizemos um pequeno desvio para subir à Capela e ao Miradouro do Senhor da Boa Morte, o qual dá o nome a este PR.

Deste local o trilho desce em direção a Tralhariz que atravessamos para nas últimas casas do lugar fazer novo desvio e alcançar a Capela do Bom Jesus, apesar de deixada ao abandono, o local é magnifico para apreciar o Vale do Tua.

Regressamos ao ponto do desvio e seguimos por estradão de terra onde se pode observar bosques de sobreiro e azinheira, com zimbro e um antigo forno usado para secar figos.

Agora, o trilho desce em direção ao rio Tua, entrando na Microrreserva Castanheiro – Ribalonga, na subida em direção ao Miradouro Olhos do Tua observam-se frondosos bosques de castanheiros bravos.

Alcançado Miradouro Olhos do Tua temos uma vista privilegiada sobre o vale e o rio Tua. Momento de contemplação das magnificas panorâmicas e depois da foto da “praxe” do grupo seguimos o trilho que atravessa a aldeia e dirige-se para largo onde deixamos o carro, onde dá-mos por terminado este percurso pedestre.



PARQUE NATURAL REGIONAL DO VALE DO TUA (PNRVT)

A área do Parque Natural Regional do Vale do Tua (PNRVT) é de aproximadamente 25 mil ha., situado no Baixo Tua, entre os distritos de Vila Real e Bragança, e integra os municípios de Alijó, Murça (margem direita do rio Tua), Vila Flor, Carrazeda de Ansiães (margem esquerda do rio Tua) e Mirandela.

Na envolvência do PNRVT subsiste um conjunto de áreas protegidas, designadamente o Parque Natural do Douro Internacional, o Parque Natural do Alvão, o Parque Natural do Montesinho e a Paisagem Protegida da Albufeira do Azibo.

O PNRVT tem uma particularidade importante: agrega 5 concelhos de culturas e tradições identitárias, que faz com que exista uma grande diversidade de escolha, por parte de quem o visita, ao nível da gastronomia, vinhos e artesanato, geologia e hidrogeologia, micro-reservas, e flora e agrossistemas.

A paisagem é diversificada e marcada por serras, planaltos e vales encaixados, nomeadamente os dos rios Douro, Tua e Tinhela. A causa principal desta diversidade reside na variedade de litologias e estruturas geológicas que constituem a base destes relevos. A geomorfologia da região envolvente é bastante variada, fruto de características estruturais e litológicas específicas, e inclui vales profundos e vertentes declivosas, principalmente nos troços finais dos rios Tua e Tinhela, bem como afloramentos rochosos imponentes (cristas quartzíticas) e zonas de planalto, com relevo pouco acentuado.

A área é caracterizada por uma diversidade climática que se traduz na paisagem vegetal, que apresenta como vegetação natural potencial mais característica, bosques de sobreiro – Quercus suber (com presença variável de azinheira e zimbro), nas áreas mais quentes e secas do vale, e bosques de carvalho-negral – Quercus pyrenaica, nas áreas mais frias e chuvosas do planalto e das principais serras.

A flora da região é bastante variada, estimando -se que possam ocorrer na área de estudo cerca de 700 espécies de flora vascular e cerca de 400 espécies de flora criptogâmica (briófitos e líquenes).

A fauna da região envolvente do Vale do Tua é numerosa e diversificada, tendo sido até ao momento identificadas 943 espécies, sendo 744 de invertebrados terrestres, 15 de peixes, 12 de anfíbios, 20 de répteis, 123 de aves e 29 de mamíferos, das quais 14 são quirópteros (i.e., morcegos). A este total há ainda a juntar um número indeterminado de espécies de invertebrados aquáticos, agrupados em 72 famílias.

Em termos de património cultural, para além da inclusão parcial no Alto Douro Vinhateiro — Património da Humanidade, a área do PNRVT possui um vasto conjunto de valores patrimoniais arquitetónicos, arqueológicos e etnográficos. Importa destacar a atividade termal, a partir das nascentes das Caldas de Carlão/Santa Maria Madalena e da fonte termal das Caldas de São Lourenço, bem como um conjunto importante de quintas vocacionadas para a cultura da vinha, com potencialidades para o enoturismo, que têm vindo a desempenhar um papel cada vez mais relevante no desenvolvimento económico da região.

Esta diversidade de valores naturais e patrimoniais presentes no PNRVT devem ser mantidos, valorizados e dados a conhecer, pelo que reúnem as condições necessárias para prosperar e acima de tudo para proporcionar à população residente momentos únicos e inesquecíveis.




Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes
Waypoint

CASTANHEIRO DO NORTE

Waypoint

FONTE D`ALÉM

Waypoint

CAPELA SR. DA BOA MORTE

Waypoint

MIRADOURO SR. DA BOA MORTE

Waypoint

IGREJA MATRIZ DE SÃO BRÁS

Waypoint

TRALHARIZ

Waypoint

CAPELA DO BOM JESUS

Waypoint

VISTA ALBUFEIRA DO TUA

Waypoint

ANTIGO FORNO DE FIGOS

Waypoint

MICRORRESERVA DE CASTANHEIRO-RIBALONGA

Waypoint

PAINEL INFORMATIVO

Waypoint

BOSQUE DE CASTANHEIROS

Waypoint

MIRADOURO OLHOS DO TUA

2 comentários

  • Foto de Serafim (pisatrilhos)

    Serafim (pisatrilhos) 26/nov/2019

    Olá Caminhantes
    Obrigado pela partilha deste trilho que certamente irei fazer.
    As fotos são motivadoras para explorar mais um trilho no Vale do Tua.
    Abraço
    Serafim "Pisatrilhos"

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 26/nov/2019

    Olá Serafim (pisatrilhos)!
    Este trilho tem vistas magníficas sobre o Vale e Rio Tua, para além de passar por um frondoso bosque de castanheiros. Nas zonas mais altas passa por extensos olivais e alguma vinha.
    Abraço.

You can or this trail