Baixar

Distância

8,98 km

Desnível positivo

405 m

Dificuldade técnica

Moderada

Desnível negativo

405 m

Elevação máx

1.230 m

Trailrank

71 5

Elevação min

1.064 m

Tipo de trilha

Circular

Hora

3 horas 25 minutos

Coordenadas

880

Enviada em

13 de agosto de 2018

Registrada em

agosto 2018
  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
Seja o primeiro a aplaudir
4 comentários
 
Compartilhar
-
-
1.230 m
1.064 m
8,98 km

Visualizado 611 vezes, baixado 21 vezes

perto de Bilhares, Viana do Castelo (Portugal)

Dia de muito calor, pelo que decidimos encurtar o trilho e partir do Colado da Porta, perto de Sonhe, onde está o " fojo velho". O termómetro do Maka, chegou aos 44 ºC. e nunca desceu abaixo dos 39 ºC. As paredes do fojo, são bem visíveis, precipitando-se na direção de Sonhe. O nome desta serra, foi ignorado durante muitos anos, e só mais tarde, teve direito a figurar nos mapas e cartas. Não será por isso, mas a razão, também a desconheço, por não figurar no PNPG ! Fecha a fronteira portuguesa entre os rios Lima e Homem, com vales apertados e algumas ravinas, apesar das suas formas suaves. Encerra no seu seio, algumas das mais rústicas aldeias, de cariz comunitário dos concelhos de Ponte da Barca e Terras de Bouro. Finalmente, o pique-nique, perto do Bogalhedo, teve a arte de saciar as goelas secas ! O itinerário não tem nada que saber. Partindo do Colado da Porta, toma-se o carreiro para Vilarinho das Furnas. Continua-se até à cabeceira do rio Cabril, com um belo carvalhal lá no fundo. O caminho segue para o Ramisquedo, mas temos de o abandonar e caminhar para a Cruz do Touro, com os MF ( marcos de fronteira) á nossa direita.

Cartografia - Folha 30 ( Germil) - escala 1/25000.
Panorama

Vista para a cab. de Sonhe

Vista para a cabana de Sonhe
Panorama

cabeceira do Cabril

cabeceira do Cabril
Panorama

cabeceira do Cabril

cabeceira do Cabril
Panorama

cabeceira do Cabril

cabeceira do Cabril
Panorama

Ponto alto

ponto alto
Pico

Cruz do Touro

Cruz do Touro
Panorama

Vista para a cabana do Lousinho

vista para a cabana do Lousinho

4 comentários

  • Foto de PQ@

    PQ@ 14 de ago de 2018

    Com aquele calor não dava para mais.

  • Foto de Makca

    Makca 25 de ago de 2018

    O que interessava era o "Depois"...!

  • Carlos Cunha 30 de nov de 2021

    Bom dia, TRUKA
    Desculpe voltar a importuná-lo, mas há que recorrer a quem sabe (que é o seu caso).
    Pois, venho preparando nova saída para os lados área norte da Louriça. Assim vou "folheando" nas páginas da imformação "wikiloc".
    Reparei então, no seu upload trilho «Colado da Porta à Cruz do Touro», referência a "Colado da Porta, perto de Sonhe". Fiquei intrigado. Colado da Porta, perto de Sonhe (ou Sone ?) ?!? Uhm! o Truka não se engana, e se o refere é porque é, disse comigo. Mas, ainda raciocinando eu, Colado da Porta tenho também informação, e com o mesmo nome, e ainda que na zona, mas não ali, sim, perto do fojo de Martinguim (ou Martinguime ?) e da Cabana de Bentozelo (Cabana de Colado da Porta, N41 48 26.2 W8 12 52.6). Depois, o Teixeira de "Celitos Montanha" também o refere perto de Sonhe (N41 49 11.0 W8 11 09.8). E igualmente PQ@ (N41 49 10.9 W8 11 20.3). Mas, Truka, a sua Cab. Colado da Porta também se designa por Cb. d Fial ??? Então há 2 Cb's Colado da Porta ? Estou confuso (há uma qualquer construção, coord's N41 49 11.1 W8 11 09.5, há; a cb. Colado da Porta, do Truka ?).
    Por isso recorro ao mestre Truka. Sei que, da sua parte, vou ser ampla e devida/ aclarado.
    Mt obrigado desde já !
    Abraço

  • Foto de TRUKA

    TRUKA 30 de nov de 2021

    Colado da Porta - passagem junto ao fojo do lobo, mesmo à beira da florestal que sobe para a Louriça. Tem também uma cabana. Ali, desvia para Vilarinho das Furnas. Descendo mais, mas na direção do rio Cabril, chega à cabana de Sone.
    O Fojo de Martinguime, nada tem a ver com o que mencionei atrás. Da cabana de Bentozelo ( V. Furnas ) desce para a serra Boa ( Ermida ) e daqui para o Vidoal ( Ermida ) . Saindo do Vidoal e virando à direita atinge o curral de Martinguime ( com um forno e uma cabana de falsa cúpula ).
    Fial é uma zona perto do Colado da Porta. Não tem cabana, mas lá existem as ruínas de uma pequena construção da Guarda Fiscal, para vigiar a zona de Fronteira. Se chegar à cabana do Colado da Porta, vira á esquerda, e vai encontrar o que refiro. Está assim, porque têm roubado pedra, dali. Há ainda uma construção junto à florestal, que julgo do tempo da construção da estrada. Mas não é essa.

    Não sou mestre e já tenho cometido os meus erros, chamando nomes errados às cabanas. Como todos, vamos aprendendo uns com os outros.

    Se tiver alguma dúvida, não deixe de colocá-la.

    Abraço e boas caminhadas

Você pode ou esta trilha