Horas  8 horas 20 minutos

Coordenadas 4899

Uploaded 24 de Abril de 2017

Recorded Abril 2017

-
-
1.358 m
544 m
0
4,5
9,0
17,95 km

Visualizado 1046 vezes, baixado 41 vezes

próximo a Campo do Gerez, Braga (Portugal)

Depois de há uns anos atrás termos efectuado o percurso de Brufe à Louriça, passando pelas Casarotas, regressamos à Serra Amarela para efectuarmos a abordagem à Louriça partindo de Vilarinho das Furnas.

A caminhada que partilha parte do trilho de grande rota GR 34, tem início junto à barragem de Vilarinho, percorrendo aí o estradão de terra paralelo ao leito do rio Homem. No final do estradão passamos por uma fonte, onde podemos abastecer de água, e chegamos ao Porto das Furnas, local idílico, onde contemplamos um espelho de águas cristalinas a reflectirem o verde das árvores e vegetação circundante. Aqui inicia-se uma forte subida em direcção a Toutas, passando de seguida pelos currais de Porto Covo e do Ramisquedo com as suas cabanas. No Ramisquedo, temos o 1º vislumbre das antenas do Muro, a subida daqui até lá é durinha, uma alternativa mais suave é atravessarem o curral do Ramisquedo em direccção ao Alto do Corisco que permite apanhar o estradão que segue até à Louriça. A nossa opção foi seguir o trilho que acompanha o GR 34, para o abandonar um pouco mais à frente seguindo directamente para o topo da Louriça. A subida é exigente mas a paisagem compensa, à medida que subimos, vamos observando ao fundo a barragem de Vilarinho das Furnas sob diferentes ângulos. Chegados ao topo da Louriça, com as suas antenas, é altura de almoçarmos num miradouro soberbo com vistas de 360º: Castelo de Aboim, as serras de Soajo, Peneda, barragem de Lindoso, barragem de Vilarinho da Furnas e os diferentes cumes da serra do Gerês (Cabeço da Calcedónia, Fraga do Sarilhão, Pé de Cabril, Borrageiro, Pé de Medela, Albas, Cantarelo, Pico da Nevosa) tudo ali à nossa volta. Findo o almoço, seguimos em direcção aos currais da Fonte do Muro e Chã do Muro, passamos pelo Fojo de Vilarinho, seguindo depois a linha de cumeada que passa pela Chã de Cima e o Peito de Gemessura e nos conduz de volta ao início do percurso.

O trilho está muito bem marcado por mariolas, partilhando ainda em grande parte do percurso a respectiva sinalização do GR 34, as paisagens que se usufruem em múltiplos miradouros, reforçadas ainda pelas cores da serra que nesta altura do ano se encontra pintada pelo amarelo da carqueja e pelo roxo da urze, são verdadeiramente de cortar a respiração e fazem deste, sem dúvida, um dos mais belos trilhos que já percorremos.

View more external

Comentários

    You can or this trail