Horas  8 horas um minuto

Coordenadas 2387

Uploaded 28 de Abril de 2016

Recorded Abril 2016

-
-
1.353 m
594 m
0
3,9
7,7
15,45 km

Visualizado 1319 vezes, baixado 49 vezes

próximo a Lordelo, Viana do Castelo (Portugal)

Segunda 25 de Abril e mais uma vez o escolhido foi o Ramiscal e seus Fojos.
Dia com as condições ideais para o trekking, chegamos a Lordelo pelas 09 horas da manhã. Mochilas às costas e gps pronto embora não fosse a primeira vez por estas bandas é mais seguro.
Iniciámos trilho no sentido dos ponteiros do relogio ou seja saímos de Lordelo em direção antiga Casa do Guarda Florestal de Lordelo, totalmente destruida como infelizmente já se vai tornando hábito o nosso patrimonio vai desaparecendo em pleno P.N.P.G. .
Daqui subimos até à Branda de Lamelas onde mais uma vez aproveitamos para apreciar esta Branda imaginando a dureza dos tempos passados vividos nestes lugares. Para evitar o estradão decidimos fazer o trilho pelo interior da Branda no sentido ascendente até ao topo e aí virar-mos à direita em direção a Chã do Abade onde aproveitamos respectiva Cabana para almoçar embora ainda fosse cedo parecia-nos o melhor lugar com as melhores condições que iriamos encontrar.
Almoço tratado e algumas fotos depois continuamos desta vez em direção à Branda do Arieiro e sua Cabana que já se encontrava com sua porta caída no chão, ainda deu para colocar a porta de pé evitando assim a entrada de animais para seu interior. Passando novamente pelo interior desta Branda e novamente montanha acima em direção ao Abrigo das Bragadinhas que desta vez já se encontrava muito mais limpo, pois da ultima vez que la passamos no final do trilho em conversa com um dos pastores de Padrão na Branda do Alhal viemos a descobrir que na semana anterior tinha havido uma festa com os solteirões de Padrão e redondezas pela noite dentro em que todo o vazilhame utilizado lá teria ficado abandonado. Daqui seguimos para o Fojo de Maranho pelo trilho existente embora a meio na Chã da Cruz tivessemos de procurar bem o trilho pois as giestas tinham tomado conta do lugar mas o caminho existia e estava lá e nós encontramo-lo pois já o tinhamos feito dois anos antes, continuamos até ao Alto da Bragadela e daqui até um dos muros convergentes do respectivo Fojo (Maranho) onde descemos até ao fosso contornando e apreciando seu impecavel estado de conservação com aspecto de ter sido reparado à muito pouco tempo. Continuamos contornando Bragadela até ao outro Fojo o da Colmadela que infelizmente se encontra em parte destruido e tomado pelas giestas e pelo mato. A Partir daqui foi continuar pelas Brandas de Porto Cavado, Cerradinha, Carvalhal e Rodrigo sempre com as maravilhosas paisagens do Ramiscal como companhia até Lordelo onde passamos um pequeno serão escutando as historias de vida da Srª Maria com os seus setenta e sete anos desde o seu tempo de jovem, a vida no campo na altura, o trabalho do marido pastor e agricultor, os dias passados na Branda do Real, a preocupação nos dias de neve em que o marido ficava retido sem alimentos e sem poder regressar à aldeia, memorias de uma vida dura mas contados com um brilhozinho nos olhos que nos fazem sonhar e regressar no passado e felizes por termos a honra de conhecer e poder escutar esta gente maravilhosa que tanto bem nos faz.
Desde já um grande beijinho à Srª Maria e um grande abraço ao Marido e um obrigada especial por terem partilhado com nós um pouco da sua vida e sua historia.
Um obrigada muito especial ao outro Célito minha companheira de todos os trilhos da vida e da Montanha a minha querida mulher.

Mais fotos em baixo em View more ou http://mountain-celitos.blogspot.pt ou Celitos da montanha

View more external

Parque Nacional Da Peneda-Gerês
altura 960 m
altura 970 m
altura 800 m
Parque Nacional Da Peneda-Gerês
Cab do Arieiro
Parque Nacional Da Peneda-Gerês
altura 1230 m
altura 1280 m

Comentários

    You can or this trail