Horas  5 horas 51 minutos

Coordenadas 1426

Uploaded 30 de Dezembro de 2018

Recorded Dezembro 2018

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
361 m
46 m
0
3,6
7,1
14,22 km

Visualizado 699 vezes, baixado 27 vezes

próximo a Campo, Porto (Portugal)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

O Parque das Serras do Porto, com perto de 6.000 hectares, é composto por seis serras: Santa Justa, Pias, Castiçal, Santa Iria, Flores e Banjas, abrangendo território dos municípios de Gondomar, Paredes e Valongo. Os vales dos rios Ferreira e Sousa convidam a um certo isolamento em estreito contacto com a natureza, enquanto o efeito miradouro das linhas de cumeada proporciona uma excelente perspetiva do território envolvente.

A vasta bibliografia sustenta de forma inquestionável a sua riqueza patrimonial, salientando-se a singularidade geológica, que nos leva a uma interessante viagem pela Era Paleozoica, as serras e os vales ribeirinhos, nomeadamente dos rios Ferreira e Sousa, os habitats e espécies de flora e fauna com estatuto especial de conservação e os vestígios arqueológicos, que nos permitem compreender a ocupação humana da região, com destaque para a mineração aurífera romana.

As serras de Valongo abrangem uma área privilegiada do ponto de vista geológico, apresentando uma grande geodiversidade, da qual se destacam as importantes jazidas fossilíferas do Paleozóico, conhecidas internacionalmente, e as mineralizações de antimónio e ouro que foram exploradas desde os tempos da atividade mineira romana em Portugal.

Entre os inúmeros invertebrados que habitavam os mares do Paleozóico de Valongo salientam-se as Trilobites e os Graptólitos. Estes animais dominaram temporariamente os mares do Paleozóico, tendo desaparecido do nosso planeta antes do aparecimento dos primeiros dinossauros.

O trilho tem inicio em Campo, na Rua da Azenha e percorre parte das serras de Pias e Santa Justa. Percorremos aproximadamente 14 kms de trilhos e caminhos do Parque Paleozóico de Valongo, numa viagem no tempo em que se recua até há cerca de 540 milhões de anos atrás ou até ao século I d.C. (Época de Augusto), em que o ouro era explorado pelos Romanos. O trilho realizado resulta da junção dos três percursos pedestres existentes, onde foi possível admirar o vale do rio Ferreira, ver ruínas de moinhos de água, visitar a aldeia rural de Couce e subir ao ponto mais alto da serra, à Capela de Santa Justa e marco geodésico - local com uma visão panorâmica sobre toda a área do concelho, cidade do Porto e litoral Atlântico. No regresso ainda passamos por algumas das minas deixadas pelos romanos que ali extraíam ouro no século III.



Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes

2 comentários

  • Foto de torneiro12

    torneiro12 13/mai/2019

    I have followed this trail  verificado  View more

    A dificuldade técnica não é fácil.
    Há zonas que se podem considerar Moderado a Difícil.

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 13/mai/2019

    Olá torneiro12!
    Obrigado pelo comentário e avaliação da trilha.
    Boas caminhadas.

You can or this trail