-
-
1.385 m
835 m
0
3,3
6,5
13,02 km

Visualizado 39 vezes, baixado 2 vezes

próximo a Adrão, Viana do Castelo (Portugal)

Em Outubbro de 2013, na companhia do Makca e alguns amigos, demos um passeio por estes lados da serra. Ficamos convencidos, que existia uma grande probabilidade de chegar ao Fojo do Lobo da Fonte das Forcadas ( vulgo fojo do Soajo), rompendo por baixo do Alto do Lombo, num território, que parece ser complicado. Desta forma, ficou em gestação, a ideia de caminhar por aquelas bandas, forçando a passagem por ali. Estudado o trilho, ficou na arca frigorífica, até surjir uma oportunidade, não fosse o prazo de validade, ficar ultrapassado! Como é prática corrente entre nós, vemos em conjunto e alteramos se for caso disso. Com a previsão de um belo fim de semana, avançamos com o que pretendíamos, esperando não depararmos com zonas de lages escorregadias. O resultado foi excelente. Um dia de serra em cheio, sempre com o Outeiro Maior à vista e claro, seus dois pontos mais elevados, quase sempre no campo de visão.
Iniciamos o percurso na Portela de Adrão, rompendo pelo caminho florestal que vai para os lados da zona aplanada da Naia. Abando-se o estradão procurando o trilho que vai a um belo miradopuro natural, donde se observa o vale do rio da Peneda e o da Gavieira, bem como as brandas de maior altitude, com exceção da de Gorbelas, embora se vislumbre o fojo. Na nossa frente, eleva-se a fraga da Nédia ou das Pastorinhas, e mesmo em território galego, o monte do Quincho. Os carreiros não estão sempre mariolados nem limpos, pelo que estabelecemos uma direção e fomos procurando o melhor caminho até chegar ao Fojo da fonte das Forcadas, bem perto da branda da Seida. O regresso fez-se subindo ao Outeiro Maior, procurando o caminho mais curto para o Muranho. Chegando aqui, quer dizer que estamos perto do ponto de partida.

Pontos inteessantes:

As brandas de gado - Tibo e Adrão
Fojo do Lobo das Forcadas - onde nasce o ribeiro ou corga das Forcadas.
Paisagens de todo o vale da Peneda e Gavieira, com os pináculos culminantes do Penameda, O. Alvo ainda a fraga das Pastorinhas.

Cartografia - Folha 9 do IGE ( Gavieira) .
Distância real - 13,7 km.
Nota - Tirando o estradão florestal, nem sempre há carreiros. Limpeza do percurso, nem falar. Com chuva ou condições climatéricas adversas, evitar.

2 comentários

  • Foto de PQ@

    PQ@ 24/fev/2020

    Valeu a pena aguardar. Excelente escolha.

  • Foto de Makca

    Makca 25/fev/2020

    Muito bom!

You can or this trail