Horas  8 horas 25 minutos

Coordenadas 2462

Uploaded 3 de Fevereiro de 2017

Recorded Janeiro 2017

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.155 m
278 m
0
4,0
8,1
16,14 km

Visualizado 1051 vezes, baixado 59 vezes

próximo a Bostochão, Vila Real (Portugal)

Sábado bastante frio segundo as previsões metereologicas escolhemos um trilho que nos fizesse aquecer, sem saber com o que contar a não ser que teríamos uma subida de aproximados mil mts com um desnível superior a 600 mts, decidimos iniciar em Chãos (perto de Cabril) a subida até Surreira do Meio Dia e depois via-se o que fazer. Viatura cedo em Chãos e logo encontramos o Sr Aires antigo pastor destas bandas e logo um pouco de conversa e alguns pedidos de informação sobre trilho que nos aconselhou a iniciar subida perto da 2ª Ponte sobre a Ribeira de Cabril que vem assinalada nas cartas como Ponte do Azevedo e depois era só subir. Simplesmente facil e pratico. Lá iniciámos trilho pelo caminho existente, sempre com os campos cobertos pelo manto branco da geada nocturna, e com o ar gélido que se fazia sentir, passamos Ponte da Aguieira e lá chegamos perto da 2ª ponte onde encontramos a primeira Mariola grande (castelo) que nos indicava inicio do Trilho e subida mais precisamente na Lage da Ponte, passamos a Lage da Janeira até aparta caminhos e viramos em direção a Chã das Pedras sempre bem orientados pelas mariolas existentes (Castelos e castelinhos) e sempre olhando para trás apreciando a maravilhosa paisagem a nossa frente sempre com a Ribeira de Cabril a nossos pés bem lá em baixo e a Surreira bem lá em cima, Cabril cada vez mais pequena assim como Bostochão, Chãos, Chelo, Tojeira entre outros pareciam casinhas de brincar, pois de tão pequeninas estavam a ficar. Continuamos subida até Escaleira e Vale Pedra Cavalos com Vale replantado de Castanheiros e Carvalhos pelo programa de reflorestaçao dos prados de Cabril, Vale este que se encontra no lado esquerdo da Surreira do Meio Dia. Como já estava perto da hora de almoço decidimos já que ali estávamos porque não ir almoçar na famosa Cabana do Penedão ou Cabana da Lagoa (segundo Ulisses de Cabril seu verdadeiro nome), chegamos ao estradão com Curral de Virtelo à nossa frente mas devido ao adiantar da hora optamos pelo estradão até à Lagoa Pequena ou Lagoas do Marinho (como se costumam chamar quando nos referimos ao lugar composto por duas Lagoas, "O Lago Marinho e a Lagoa Pequena") para ser mais rapido e recuperar um pouco de tempo, mas ficava a promessa de repetir subida e trilho mas desta vez por Virtelo até ao Lago Marinho e dali até Cabana. Chegados à Lagoa Pequena esta totalmente gelada devido às baixas temperaturas mais umas fotos e continuamos até Cabana do Penedã ou Cabana da Lagoa para almoçar com requinte na famosa explanada e um breve descanso pois subida ainda se fazia sentir nas pernas, Almoço tratado e apanhamos trilho nosso conhecido que vem de Pincães e lá fomos, passamos Torre dos Corços, Prado Coçadoiro com sua Pála, em direção a taboucinhas continuando quase até o Cachadoiro, pois lembrava-me de já ter visto uma descida por ali que ía cruzar com trilho que vem de taboucinhas para S. Ane e lá fomos, trilho de animais mas que se faz relativamente bem, apanhamos trilho que vem de Taboucinhas e lá fomos até Chãos cansados mas sempre sorridentes, pois tínhamos sido compensados pela enorme beleza deste trilho. Chegados a Chãos fomos logo convidados pelo Sr Aires para refrescar a garganta com umas malgas de um bom vinho caseiro sem químicos e fresquínho que nos ofereceu. Um obrigado especial à simpatia e gentileza deste senhor. Ficamos falando um bom bocado, ouvindo suas historias e com a promessa de lá voltar, ainda deu para ver um cordeirinho acabado de nascer, com cinco minutos de vida e com cordão umbilical fresco e ao dependuro e a dar os seus primeiros passos. Um obrigado também a minha companheira de Montanha e de toda a minha vida a Célita da Montanha...
No total entre Chãos e Cabana do Penedão ou Cabana da Lagoa tivemos um desnível de cerca de 900 mts...

Mais fotos em baixo em View more ou http://mountain-celitos.blogspot.pt ou Celitos da montanha
altura 1130 m
Estrada n/pavimentada
altura 1060 m
Parque Nacional Da Peneda-Gerês
altura 890 m
altura 380 m
altura 1130 m
Estrada n/pavimentada
altura 700 m
Parque Nacional Da Peneda-Gerês

7 comentários

  • Foto de PuraNatura

    PuraNatura 8/fev/2017

    Boas...
    Como funciona o uso dessas cabanas? Conhece o proprietário ou serve de repouso para quem caminha? https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/trilho-da-escaleira-16300561#wp-16300562/photo-10219155

  • Foto de PuraNatura

    PuraNatura 8/fev/2017

    Que fresquinho... https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/trilho-da-escaleira-16300561#wp-16300568/photo-10219311

  • Foto de Célitos  da Montanha

    Célitos da Montanha 9/fev/2017

    Olá Bom dia, estas Cabanas são pertença da Associação de Baldios de Cabril, são para uso dos pastores durante a vezeira e apoio aos Montanheiros.... https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/trilho-da-escaleira-16300561#wp-16300562/photo-10219155

  • Foto de PuraNatura

    PuraNatura 9/fev/2017

    Boa tarde.
    Então os abrigos pertencentes aos baldios não são exclusivos dos habitantes locais onde pertencem os mesmos? Os montanheiros, caminhantes também podem usufruir em caso de necessidade ou têm de pedir algum tipo de autorização como em alguns trilhos que requer "autorização"?

    Obrigado pela info... https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/trilho-da-escaleira-16300561#wp-16300562/photo-10219155

  • Eduardo Augusto Sá Braga 26/fev/2017

    I have followed this trail  View more

    Subida da Surreira muito dificil e apresenta zonas perigosas. Não recomendada em dias de chuva.

  • Foto de Mário Ramos

    Mário Ramos 12/mar/2017

    I have followed this trail  View more

    Tenho opinião semelhante à do Eduardo Augusto Sá Braga. Curiosamente, onde me senti menos confortável foi no troço que é quase plano em que seguimos paralelamente à Ribeira de Cabril, antes do início da subida (entre os km 1,5 e 2,0). Há algumas lages para as quais não encontrei alternativa e há risco de queda quando caminhamos por cima delas.

    Mesmo assim é um trilho fantástico!
    Obrigado pela partilha. Bem-haja!!

  • Foto de Célitos  da Montanha

    Célitos da Montanha 13/mar/2017

    Amigos e companheiros de Montanha, como devem saber, não é só este Trilho são todos os trilhos que sejam ou tenham rocha devem ser evitados em dias de chuva, mesmo os planos e quase que posso garantir, que a maioria das quedas são em trilho plano, pois são aqueles que os Montanhistas facilitam.
    Abraço e continuação de boas caminhadas

You can or this trail