Horas  5 horas 12 minutos

Coordenadas 1702

Uploaded 15 de Abril de 2019

Recorded Abril 2019

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.242 m
764 m
0
2,5
4,9
9,81 km

Visualizado 89 vezes, baixado 5 vezes

próximo a Ermida, Braga (Portugal)

Percurso em torno da corga da Giesteira, com início e fim no parque da Fonte de Letras, muito perto da cascata do Arado. O dia nasceu pardacento, embora com temperatura agradável para o que pretendíamos. A previsão de chuva para a tarde, era tudo menos o que desejávamos, mas confirmou-se . A parte inicial, é semelhante ao percurso para o vale da Teixeira. Transposta a cascata do Arado e as escadas de início do trilho, toma-se o carreiro que vai permitindo ganhar cota gradualmente. Continuando a subir, distingue-se o forno da Giesteira, que fica lá no fundo da corga, cada vez mais distante, à medida que progredimos. Antes de atingirmos os mariolas na pequena portela, donde se avista o belíssimo vale da Teixeira, faz-se o desvio para o Azevinheiro, subindo uma " pequena ... " encosta. A subida é custosa, mas não é extensa, sendo necessário ir procurando o melhor caminho. No topo, as panorâmicas para o vale da Teixeira, justificam o esforço da subida. Além dos currais da Teixeira e Cambalhão, distingue-se lá ao fundo, perto da Chã da Preza, o curral do Junco. O Pé de Salgueiro e o Junco, formam a linha de cumeada, que protegem o vale por poente. Mais à frente, surge-nos o Azevinheiro, pequeno oásis, como há muitos nesta serra. O abrigo ( pala), já deixou de exercer a sua função, bem como o prado. Deve ter sido um pequeno curral, já que seria um desperdício não aproveitar este local. As cabras bravas, conhecem-no bem, pois quando lá passamos, andavam por ali. Até à Chã do Pinheiro, é sempre a subir. Pareceu-me existir um prado intermédio, entre o Azevinheiro e aquela chã. Não deu tempo porém, para verificar se também tinha algum abrigo. Da Chã do Pinheiro tomamos o rumo da Arrocela, acampando na sua base e ao mesmo tempo, procurando um ponto alto para fotografar ( mais uma vez) o Cutelo de Pias e toda a cumeada que se perfila para Norte e NE.
A partir do abrigo da Arrocela, tomou-se o carreiro que acompanha a corga e que nos leva perto das Coriscadas ( ou Couriscadas ?) derivando para a cabana que pertence à vezeira da Ermida. A parte final, desde os Portelos do Conho até ao estradão que liga ao curral dos Portos é o pior troço do percurso. O carreiro (?) mariolado, tem uma progressão difícil, escondido na vegetação, requerendo muita atenção e paciência. A chuva apareceu nesta fase, o que ainda dificultou as coisas. A parte final segue o estradão que vem da ponte da Tribela para o Arado, passando pelo curral dos Portos e visitando ainda o curral da Malhadoura.


Cartografia - Folhas 44 ( Ruivães) e 31 (Outeiro) do IGE série M888 escala 1/25 000

Pontos interessantes:

Panorâmicas - Vale da Teixeira e Conho.
Vistas para as "rocas" mais interessantes - Pé do Salgueiro, Junco, Roca
Negra, Rocalva, Cutelo de Pias e Iteiro d´Ovos.
abrigos pastoris - palas no Azevinheiro e Châ do Pinheiro.
forno - curral da Giesteira.
"cabanas" - Arrocela, Coriscadas ( Ermida) e Portos ( Ribeira).
Cascata do Arado ( para ver e fotografar, seguindo as instruções de segurança...
Cascata Arado
vista para o vale da Teixeira
marco triangulado
abrigo
pastagem
abrigo
prado
miradouro natural - ponto alto
abrigo pastoril
abrigo pastoril
fonte
miradouro natural
ponto alto - miradouro natural
abrigo pastoril
abrigo pastoril

2 comentários

  • Foto de PARAQ

    PARAQ 16/abr/2019

    Excelente percurso. Os miradouros para o rio Conho são espetaculares.

  • Foto de Makca

    Makca 16/abr/2019

    Curtinho, mas excelente de panorâmicas, e durinho como eu gosto.

You can or this trail