Tempo em movimento  uma hora 54 minutos

Horas  4 horas 35 minutos

Coordenadas 940

Uploaded 23 de Fevereiro de 2019

Recorded Fevereiro 2019

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
122 m
7 m
0
1,3
2,6
5,2 km

Visualizado 103 vezes, baixado 9 vezes

próximo a Rendeiras, Santa Catarina (Brazil)

Trilha Point Secret - Praia do Gravatá

Trilha realizada pelo grupo: Floripa Adventure guiado pelo Leo Amazonas. Dia 23 de fevereiro de 2019.

Participantes: Leo Amazonas, Kerlen, Hélio, Joara, Johnny, Robert Jordão, Jorge Affonso, Valéria De Brito Souto, Vanderli, Bia Breda entre outros trilheiros.

Área sensível, de interesse natural, cênico e arqueológico!
Ao trilhar pela região você também se torna responsável por ela. Lembre-se:
- Você é o principal responsável por sua saúde e segurança. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros insetos potencialmente perigosos podem ser encontrados na área e constituem riscos reais em qualquer área natural, especialmente nas estações de primavera e verão.
- TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo. Se foi capaz de levar uma garrafa cheia, não vai cair teu braço de trazê-la de volta vazia;
- NÃO FAÇA FOGUEIRAS - toda a área é de preservação ambiental e fica sensível a incêndios, especialmente no inverno, quando tudo fica muito mais seco. EVITE ao máximo FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no chão - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
- Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem ser enterrados e o papel higiênico trazido de volta com você;
- NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores; esta trilha costuma ficar fechada por taquarinhas, então uma limpeza NESTES pontos e destas espécies é sempre bem vinda (não sejamos hipócritas), mas não exagere! Evite cortar plantas nativas!
- NÃO faça marcas nas árvores, NÃO coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano de manejo, com coerência e precisão. Também NÃO danifique eventual sinalização existente;
- NÃO faça marcas nas rochas, seja por pintura ou por raspagem. Pichação não é arte, é crime ambiental punível com multa e passível de prisão e além disso não faz parte da paisagem natural. Quer protestar sobre algo que lhe incomoda? Ótimo, faça uma passeata, mude seu voto ou vá rabiscar (por sua conta e risco) no palácio do governo!
A região contém ainda pinturas rupestres e sítios megalíticos ancestrais, que são objeto de estudos de pesquisadores.
- FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos – e que não incluem qualquer estilo musical (por mais que você goste) e nem as incríveis vocalizações de bípedes como nós;
- EVITE ACAMPAR na área, e se o fizer, por favor, ACAMPE SOMENTE NAS ÁREAS DEMARCADAS já existentes. Não abra novas clareiras e procure respeitar a capacidade de barracas do lugar. As áreas de encosta possuem vegetação frágil e solo raso, sensíveis à nossa presença - como pisoteamento, demorando muito a se regenerar;
Agindo desta forma você não se coloca em risco e nem a outras pessoas, como seus próprios companheiros de caminhada ou ainda terceiros que poderiam ser acionados para um resgate, além de contribuir para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os bonitos e interessantes aos que por ali irão passar depois de você. RESPEITE!

12 comentários

  • Foto de billdeverdade

    billdeverdade 26/fev/2019

    Que baita lugar...

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 26/fev/2019

    Área sensível, de interesse natural, cênico e arqueológico!
    Ao trilhar pela região você também se torna responsável por ela. Lembre-se:
    - Você é o principal responsável por sua saúde e segurança. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros insetos potencialmente perigosos podem ser encontrados na área e constituem riscos reais em qualquer área natural, especialmente nas estações de primavera e verão.
    - TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo. Se foi capaz de levar uma garrafa cheia, não vai cair teu braço de trazê-la de volta vazia;
    - NÃO FAÇA FOGUEIRAS - toda a área é de preservação ambiental e fica sensível a incêndios, especialmente no inverno, quando tudo fica muito mais seco. EVITE ao máximo FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no chão - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
    - Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe de cursos d'água (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem ser enterrados e o papel higiênico trazido de volta com você;
    - NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores; esta trilha costuma ficar fechada por taquarinhas, então uma limpeza NESTES pontos e destas espécies é sempre bem vinda (não sejamos hipócritas), mas não exagere! Evite cortar plantas nativas!
    - NÃO faça marcas nas árvores, NÃO coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano de manejo, com coerência e precisão. Também NÃO danifique eventual sinalização existente;
    ...

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 26/fev/2019

    - NÃO faça marcas nas rochas, seja por pintura ou por raspagem. Pichação não é arte, é crime ambiental punível com multa e passível de prisão e além disso não faz parte da paisagem natural. Quer protestar sobre algo que lhe incomoda? Ótimo, faça uma passeata, mude seu voto ou vá rabiscar (por sua conta e risco) no palácio do governo!
    A região contém ainda pinturas rupestres e sítios megalíticos ancestrais, que são objeto de estudos de pesquisadores.
    - FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos – e que não incluem qualquer estilo musical (por mais que você goste) e nem as incríveis vocalizações de bípedes como nós;
    - EVITE ACAMPAR na área, e se o fizer, por favor, ACAMPE SOMENTE NAS ÁREAS DEMARCADAS já existentes. Não abra novas clareiras e procure respeitar a capacidade de barracas do lugar. As áreas de encosta possuem vegetação frágil e solo raso, sensíveis à nossa presença - como pisoteamento, demorando muito a se regenerar;
    Agindo desta forma você não se coloca em risco e nem a outras pessoas, como seus próprios companheiros de caminhada ou ainda terceiros que poderiam ser acionados para um resgate, além de contribuir para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os bonitos e interessantes aos que por ali irão passar depois de você. RESPEITE!


    "A natureza também pertence aos que ainda estão por vir"

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 26/fev/2019

    Show gvogetta! Obrigado Amigo.
    Adorei o descritivo das informações altamente necessárias, se me permite gostaria de utilizar na parte descritiva de cuidados e avisos desta trilha e de outras.
    Abraços e boas trilhas.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 27/fev/2019

    Salve Johnny!
    Sim, pode usar, sem problemas. Grande abraço!

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 27/fev/2019

    Obrigado AMigo!
    Abraços e Boas trilhas

  • Foto de Griggs

    Griggs 12/mar/2019

    I have followed this trail  View more

    Lindas vistas!

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 12/mar/2019

    Valeu Griggs!
    Muito obrigado pela avaliação.
    Abraços e boas trilhas.

  • Foto de Mochileiro das galáxias

    Mochileiro das galáxias 24/mar/2019

    Quando for trilhar, me chama!

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 26/mar/2019

    Olá. te mandei uma mensagem privada.
    Abraços e boas trilhas.

  • Foto de romero4.2santos

    romero4.2santos 25/abr/2019

    I have followed this trail  View more

    Sou apaixonado por essa trilha lindas paisagens possibilidades infinitas de trilhar por caminhos diferentes só Foi esquecido de comentar a quantidade imensa de resíduos deixados atualmente pelo pessoal que pratica esportes na área são no total oito cordas de travessia das rochas rampa de parapente entre outras atividades nesta trilha que inclui desde o Gravatá até a Secret podendo sair na na Joaquina moro na Barra da Lagoa e faça trilha pelo menos duas vezes por mês ainda me surpreendo com tudo que encontro pois volto com mais peso de resíduos do que quando subo enfim vamos ter consciência sim é necessário expandir essa ideia para a prática abraços

  • Foto de Johnny S

    Johnny S 1/mai/2019

    Obrigado pelas informações.
    Realmente é muito triste a quantidade de resíduos que vão deixando no percorrer de trilhas.

You can or this trail