Tempo em movimento  uma hora 21 minutos

Hora  3 horas 48 minutos

Coordenadas 732

Enviada em 8 de Dezembro de 2018

Registrada em Dezembro 2018

-
-
185 m
10 m
0
1,1
2,3
4,53 km

Visualizado 266 vezes, baixado 7 vezes

perto de Pontal, Santa Catarina (Brazil)

Esta trilha margeia o rio Cambirela e dá acesso a várias quedas d'água e piscinas naturais. Não há nenhuma cachoeira grande, mas dá um agradável passeio para um dia quente.

O acesso é muito próximo à trilha 1 que sobe o morro do Cambirela. Logo após a entrada do estacionamento, seguindo no sentido sul da BR-101, deixe o carro no posto Cambirela. Siga no sentido da estrada e, logo após a ponte sobre o rio, você verá um passeio em direção à mata. Siga por ali.

Aqui, uma observação: são várias trilhas que se encontram neste ponto inicial. Há pontos mais baixos do rio, acessíveis por banhistas e para práticas religiosas, e há um espaço de treinamentos de operações militares (airsoft) perto dali (por isto é preciso ter atenção no caminho, ou você pode entrar na linha de tiro), então pode ser um pouco confuso, mas, de maneira geral, os caminhos acabam levando para a sequência da trilha - exceto as trilhas de descida para o rio. Os pontos mais importantes que exigem atenção estão descritos neste tracklog.

Após este trecho inicial, a trilha passa por uma linha de alta tensão e passa a seguir o caminho de uma antiga tubulação de captação de água do rio Cambirela - afastada do leito do rio. Caminhando um pouco mais, a trilha volta para perto do leito e começam a surgir várias trilhas secundárias que descem em direção ao rio. Quem quiser se banhar por aqui, é só escolher um ponto. Eu sugiro um grande piscinão - descrito no tracklog como "Piscina" - de águas muito límpidas e muito fundo, é bem bonito.

No trecho final da trilha, caminha-se pelas pedras, no próprio leito do rio. Atenção para o nível da água. No dia em que fiz a trilha, não chovia bastante há vários dias, então estava fácil de subir o leito. Se sentir que está difícil - e não tiver um calçado adequado -, melhor não arriscar. São três quedas d'água principais - descritas na parte mais alta do tracklog - sendo a última a cachoeira do Jarrão.

Ainda segui mais um pouco após esta última queda, mas não havia nada de muito interessante, então retornei.

Se procura uma grande cachoeira, esta não é a trilha ideal. Se quiser tomar um bom banho com água límpida, e se refrescar do calor, em meio à mata, o passeio valerá a pena. Também há aberturas por onde se vê a baía sul.

Pela caminhada pelas pedras, classifico como uma trilha moderada, que exige atenção.
foto

Começo

foto

Esquerda

foto

Foto

foto

Esquerda

foto

Clareira

foto

Cerca

foto

Esquerda

foto

À esquerda em direção à torre

foto

Cerca

foto

Seguindo o cano

foto

Rio

foto

Trilha ruim pela margem

foto

Melhor subir pelas pedras

foto

Cachoeira

foto

Trilha

foto

Cachoeira do Jarrão

foto

Piscina

foto

Mais uma queda

2 comentários

  • Foto de nandosanto

    nandosanto 11/dez/2018

    Boa noite Julio, eu estava lá, acabei saindo numa de suas fotos. Bacana sua trilha, da próxima quero ir mais pra cima, vou seguir sua trilha, nunca passei da parte onde tem a “cadeira”. Mas tirando a falta de educação do povo de não levar seu lixo é um lugar maravilhoso!

  • Foto de julioettore

    julioettore 11/dez/2018

    Poxa, Nando, que coincidência!
    Fiquei impressionado com a quantidade de lixo.
    Uma pena. Abraço!

Você pode ou esta trilha