Tempo em movimento  3 horas 32 minutos

Horas  10 horas 24 minutos

Coordenadas 2722

Uploaded 27 de Abril de 2019

Recorded Abril 2019

-
-
1.168 m
313 m
0
4,5
9,0
18,01 km

Visualizado 92 vezes, baixado 3 vezes

próximo a Sana, Rio de Janeiro (Brazil)

A trilha teve seu término no ponto de partida. Devido a um acidente com o dispositivo que a registrava, gravou além.
Assim, a duração foi de 6h30 aproximadamente. Incluindo visita à cachoeira das Sete Quedas.

A distância percorrida em torno de 12km, ida e volta.

Dicas:
Começar a trilha cedo, e já na entrada, colocar a pulseira de acesso às cachoeiras para não ter que voltar à portaria e subir de novo.

Usem calças.
Fui de bermuda do quê me arrependo, pois voltei com a perna toda lanhada de cortes feitos pelo capim, pedras, raizes e alguns tipos de vegetação.
Se tiver aquela leve que seca rápido, melhor.

O TERRENO TEM TRECHOS ARGILOSOS, muito escorregadios e alagadiços.

ATENÇÃO AO TEMPO, SE ELE FECHAR RETORNE. PERIGO DE RAIOS, DESLIZAMENTOS E CHEIAS.


(Descrições e dicas do caminho nas fotos)
O início da trilha se dá ladeando as cachoeiras do Sítio Bambu. Este é o portão (A). Atravesse-o e continue.
Permaneça na trilha visível não se afastando do rio que está a sua esquerda. Parece que vc está indo para o lado oposto, ocorre que o acesso transitável é por ali.
Hora de atravessar o rio e passar para a segunda parte da trilha (pastos a céu aberto). Se estiver calor, sol a pino, as dicas são refrescar-se no rio e reabastecer a hidratação (água potável). Recomendo uso de um lenço fino apenas para coar possíveis sólidos da natureza.
Atravessar na direção da placa azul. O rio não estava muito cheio, então foi fácil. Caso esteja cheio, dêem as mãos para atravessar em corrente.
O acesso à continuidade da trilha é rumo à entradinha com a placa.
Ângulos do rio.
Visual do rio.
2a parte da trilha: pastos Mirar o primeiro bambuzal e seguir a trilha visível até ele.
Vista atrás.
Rumo ao primeiro bambuzal.
Chegando no primeiro bambuzal, e seguir a trilha visível rumo ao segundo bambuzal.
Rumo ao segundo bambuzal.
Chegando à segunda tronqueira, atravesse-a.
Perceba, estamos atacando a Pedra do Peito do Pombo por trás, parte trilhável.
Terminado o pasto, atravessar a passagem de madeira rumo à terceira parte da trilha, novamente em floresta. Desta vez caminho mais estreito e com a maior parte pelas raizes das árvores.
Saída do pasto entrada Para a floresta no pé do morro no qual se encontra a Pedra.
Atravessar a nascente.
Nesta ocasião, por conta das chuvas passadas, havia muitos obstáculos naturais (árvores caídas) interrompendo a trilha. Transpassar e avistar sua continuidade.
Cenário das raízes, realidade de quase todo o percurso até a base de acesso à Pedra.
Natureza!
Chegando na base da pedra de acesso (foto) margear para a direita até encontrar a corda.
Acesso à Pedra. Primeira subida por corda. A segunda corda fica logo adiante (não há foto)
Chegada à pedra de acesso e mirante.
Delícia de natureza! Mar de verde!
Visual da casa dos lagartos!
Recompensa... na sequência...

Comentários

    You can or this trail