Tempo em movimento  3 horas 44 minutos

Hora  5 horas 20 minutos

Coordenadas 2416

Enviada em 30 de Agosto de 2020

Registrada em Agosto 2020

-
-
1.606 m
1.157 m
0
3,1
6,2
12,38 km

Visualizado 63 vezes, baixado 1 vezes

perto de Cantagalo, São Paulo (Brazil)

A trilha é circular, inicia e termina no bairro do Cantagalo. Trilha realizada em 29/08/2020 por Marina, Pedro (o grandão de boné, meu namorido) e Celso Alberto (o baixinho sorridente, meu pai). Os dias anteriores foram sem chuva e o solo estava seco. Estava bem quente (entre 20 e 28 graus) e o céu estava claro. Iniciamos por volta das 9h40 e foram quase 5h20 de trilha. Fizemos a trilha acompanhando o caminho que a Ana Humberto fez pelo wikiloc. Tem que assinar o wikiloc para poder baixar a trilha e segui-lá. Em São Bento do Sapucaí o sinal de internet é muito ruim e no bairro do Cantagalo quase nem tem sinal, então isso é muito importante. As pessoas do nosso grupo já estão acostumadas a fazer trilhas leves mas essa foi de nível difícil e com pontos de difícil navegação e acesso, subidas e descidas bem íngremes onde o auxílio do bastão de caminhada foi muito bem vindo. Se você for iniciante ou não conhece a região contrate um guia. De qualquer forma mas com segurança faça a trilha, ela é muito linda e desafiadora, vale muito a pena!
foto

Saída para a trilha

A placa com a indicação da trilha da Onça número 13 do guia prático de São Bento do Sapucaí fica ao lado da igreja do Cantagalo. O caminho se inicia na estrada de terra que passa próximo a entrada da igreja.
foto

Placa com indicação da trilha da Onça

Placa indicando tanto a direção da trilha da Onça com a trilha de bike do Cantagalo. Esse tipo de placa é utilizado para indicar o percurso em área de estrada e área urbana. Para seguir na trilha da Onça é só virar a esquerda.
foto

Água Potável

Durante a trilha passamos por vários pontos de água e alguns estão marcados como Água Potável
foto

Porteira

foto

Totem da trilha da Onça

Para melhor orientação durante o trajeto procure por estes totens que indicam que você está no caminho certo e também dão o sentido correto a continuar seguindo.
foto

Porteira

foto

Vista da direção que viemos

foto

Vista à esquerda da direção que viemos

Após as fotos seguimos no caminho errado.
foto

Saímos da trilha (caminho errado)

Foto da parte de trás da porteira. Na frente desta porteira tinha uma caveira que indicava propriedade privada mas passamos mesmo assim. Não deveríamos ter feito isso pois era o caminho errado
foto

Fonte de água (caminho errado)

Começamos a ver que tínhamos saído da trilha só mais a frente já em uma parte alta. Ainda entramos num trecho de mata fechada para tentar voltar a rota mas resolvemos retornar até antes da porteira com a caveira para encontrar o caminho correto. Nisso, vimos um grupo guiado onde tínhamos parado para tirar foto da vista (os dois way points anteriores) de onde tínhamos vindo e percebemos que eles seguiram subindo pelo campo aberto. Então resolvemos fazer o mesmo e seguir pelo mesmo caminho que eles.
foto

Totem da trilha da Onça (próximo a cerca)

Ao voltarmos até o local que tiramos as fotos das vistas percebemos que a seta que tinha no totem (que ficava uma pouco abaixo) indicava para realmente sair da estrada e seguir subindo agora em direção ao campo, como tínhamos visto o grupo fazendo.
foto

Totem da trilha da Onça (no meio do campo)

Seguimos subindo, passamos por um lugar descampado, depois por um campo com vacas e cavalos e mais a frente encontramos o totem. Tínhamos encontrado o caminho correto. Dica: Olhem sempre o sentido e direção da seta que tem no totem, e lembre-se que nem sempre você deve seguir a estrada, afinal, você está fazendo uma trilha! he he he
foto

Totem da trilha da Onça (rente a cerca)

Começo de trecho de trilha mata a dentro. Dica: sempre que o totem tiver próximo a uma cerca ou passagem de cerca e você ficar em dúvida onde a trilha continua se mantenha próximo a cerca.
foto

Totem da trilha da Onça (rente a cerca 2)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha)

foto

Totem da trilha da Onça (próximo a passagem da cerca)

foto

Vista da região que viemos

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 2)

foto

Marco de região de APA

foto

Porteira no meio da mata

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 3)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 4)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 5)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 6)

foto

Totem da trilha da Onça (Indicando que chegamos)

Chegada na Pedra da Onça. Note, que o totem tem uma bandeira quadriculada indicando que chegamos.
foto

Placa da Pedra da Onça

foto

Vista de cima da Pedra da Onça do Sul de Minas

foto

Totem da trilha da Onça (Indicando o caminho para ir embora)

Olhando em direção do Sul de Minas este Totem fica a esquerda no começo da mata fechada
foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 7)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 8)

foto

Vista do Sul de Minas

foto

No meio da trilha

foto

Placa no meio da trilha

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 8)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 9)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 10)

foto

Passagem de cerca

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 11)

foto

Totem da trilha da Onça (no meio da trilha 12)

foto

Totem da trilha da Onça (Fim da Trilha)

Tem outros totens até este mas não tirei foto pois a bateria do celular estava quase no fim. Este totem também indica o início da trilha mas não encontramos ele na saía, pois ele está meio que escondido atrás de um murinho verde do lado da igreja do Cantagalo. Dica: leve um carregador portátil se vc for usar o wikiloc, pois gasta muita bateria ao ficar ligando e desligando o celular e tirando foto.
foto

Placa com indicação da trilha da Onça

1 comentário

  • Foto de Pedro Santos 30

    Pedro Santos 30 31/ago/2020

    Muito bonita a trilha! Mas tem que ter um bom preparo físico para conclui-la!

Você pode ou esta trilha