-
-
1.357 m
764 m
0
9,1
18
36,53 km

Visualizado 1461 vezes, baixado 71 vezes

próximo a Melado, Minas Gerais (Brazil)

Trekking realizado em 3 dias e 2 pernoites, com 2 dias bem puxados e 3º dia bem tranquilo. De 08/01 a 10/01/2016
Em 2 partes pq celular travou perto da bússola, e entre ambas as partes falta parte próximo a cachoeira do ouro.
Parte 1: http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=11929769
.
Nesta parte 2, compreende desde o meio do primeiro dia até o fim do terceiro dia.
...
Neste tracklog:
*Km 00.0: base da cachoeira do ouro, meio do primeiro dia, travado em linha reta até km 1.6. Um pouco depois de sair da cachoeira do ouro, tivemos que esperar uma manada de búfalos muito mal encarados sairem da estrada. Tivemos que esperar por uns 10 minutos até aparecerem carros que espantaram eles do meio da estrada.
*Km 06.6: ponte pensil sinistra, para travessia do ribeirão da babilônia. Passar um por vez, com muito cuidado e devagar. Após a ponte, está o camping do Paulão, onde finalizamos o primeiro dia. Ele cobra por volta de 20 reais por barraca, e tem até banho quente (muito bom pra quem estava esperando um camping selvagem).
*Km 07.9: cemitério de pedras
*Km 08.3: início da subida do morro do cemitério de pedras a 931m. Subida bem difícil para quem tem vertigem/pânico de altura, pq em alguns pontos (1 ou 2 somente) tem muito pouco espaço para passar, próximo ao penhasco, e com pedras que parecem firmes mas se degradam ao segurar nelas.
*Km 10.1: fim da subida do morro do cemitério de pedras, a 1316m (385m de ascensão em 1,8km).
*Km 11.75: casa abandonada que pode servir de abrigo. Depois daqui, em cima do chapadão, existe muito gado e cavalos. Cuidado.
*Km 30.6: morro do carvão / capela são sebastião. fim do segundo segundo dia. Chegamos quase ao anoitecer, foi o dia mais longo, mas não sei porque mesmo subindo o morro do cemitério de pedras não sofri tanto quanto no primeiro. Tomamos uma cerveja na pousada do Edmar (Mirante da Natureza), e a proposta era acamparmos, mas estava um vento muuuuuito forte e tempo péssimo, então resolvemos desembolsar um pouco a mais e dormir no conforto da pousada, ainda incluso janta e café da manhã: 100 por pessoa.
*Km 30.8: início do segundo dia no morro do carvão, este todo por estradão até a base do parque, na parte baixa da Casca D'anta.
*Km 36.4: entrada do parque da Canastra, parte baixa Casca D'anta, daqui tem mais 1.5km até o poço da cachoeira, não marcados.
Ponte

9 comentários

  • Foto de reimarques

    reimarques 13/jan/2016

    parabéns pela atividade, gostaria de saber se é possivel fazer de bike e quais as condições da trilha para bike?

  • Foto de romuloff

    romuloff 13/jan/2016

    @reimarques infelizmente não. Apesar de ter gostado muito, eu também sou mais adepto da bike do que do trekking hehehe alguns pontos da travessia são totalmente inviáveis para bike, para não dizer impossíveis, como a subida do cemitério de pedras. O que pode ser feito é um roteiro passando por alguns pontos em comum, como a cachoeira do ouro, morro do carvão, etc. A partir do km 23 deste tracklog, próximo à cachoeira do Taboão, alí sim dá pra usar os estradões para pedalar (morro do carvão, Casca D'anta). Para mais detalhes de pedal na Canastra, tenho uma empresa de cicloturismo, e somos especializados no local. Chama-se PedaLLa cicloturismo: http://www.PedaLLa.com.br

  • Foto de Rogério Ferrari

    Rogério Ferrari 15/jan/2016

    Parabéns! Grande trekking!

  • Foto de Jussara Silva

    Jussara Silva 17/mai/2016

    I have followed this trail  View more

    Longa mas muito tranquila.

  • Foto de lucasgallifoto

    lucasgallifoto 10/jul/2017

    Rômulo, estou pensando em fazer essa travessia na semana que vem.
    Fiquei preocupado apenas com a parte da subida do morro do cemitério. Você tem alguma foto pra mostrar o estado do trecho? Não tenho problemas com altura, mas gostaria de evitar o risco de queda, pois não possuo equipamento nem experiência pra escalada...
    Obrigado!

  • Foto de romuloff

    romuloff 10/jul/2017

    @lucasgallifoto dá pra ir tranquilo, foi com ctz meu pânico que piorou a minha experiência. Nenhum dos outros tiveram problemas. Se quiser tentar alguma informação atualizada procura por guiasserradacanastradiegoeednaldo no facebook, pq acho q ele passa lá bastante, inclusive de moto hahaha =o

  • Foto de lucasgallifoto

    lucasgallifoto 10/jul/2017

    Valeu Rômulo!
    Quais pontos você recomenda pra fazer um acampamento selvagem? Levarei uma barraca leve, já que não é época de chuvas e a previsão dos ventos está em 5 a 8 km/h.
    Minha intenção é fazer a travessia devagar, para aproveitar as noite pra fotografar o céu.

  • Foto de Sette Lima BH UAI ADVENTURE

    Sette Lima BH UAI ADVENTURE 11/mai/2018

    Poderia me passa seu zap por favor ou me chamar no meu 31 99118-6195

  • Francine0 4/jun/2018

    I have followed this trail  View more

    Única coisa negativa são os poucos pontos de água. Depois que sobe o cemitério de pedras existe só um corgo (ao lado da casa abandonada) e depois disso somente no Mirante onde existe uma pousada.

You can or this trail