Tempo em movimento  3 horas 33 minutos

Hora  10 horas 11 minutos

Coordenadas 2908

Enviada em 7 de Janeiro de 2018

Registrada em Janeiro 2018

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
998 m
-2 m
0
4,5
9,0
18,06 km

Visualizado 4498 vezes, baixado 199 vezes

perto de Saboó, São Paulo (Brazil)

Travessia do Quilombo (Poço das Moças).
Uma trilha muito importante pra mim, por ser minha primeira trilha, foi em 1998 eu tinha 10 anos, agora em Janeiro de 2018 fez 20 anos desde a primeira vez que fui, de lá pra cá essa foi uma trilha que realizei umas 20 vezes.

Seguem as dicas para realizar a travessia de baixo para cima. (Na minha opinião o modo mais difícil).

A entrada do Vale fica na Rodovia Piaçaguea (SP055), km 259 / 258 Santos.

Siga a estrada de terra até chegar na barragem, a trilha se encontra do lado direito as margens da barragem, muita atenção com as pedras escorregadias.
Após atravessar o primeiro riacho ainda na margem da barragem vc chegará em uma clareira lá terá a primeira Bifurcação, as duas chegam no poço das moças, recomendo a trilha direita por ser mais rápida e segura, se quiser seguir pela esquerda irá pelas pedras seguindo o rio, além de demorar mais.
Após chegar no poço das moças é necessário atravessar o rio até a margem esquerda (em dias normais esse rio deve ter mais ou menos 1metro de profundidade),
Após acessar as margens do lado esquerdo é necessário escalar as pedras até chegar na parte plana, todo local escorrega muito, recomendo ficar de meias lá.
Continuando a trilha procure uma clareira bem aberta ao lado esquerdo, verá um barranco horrível, é lá mesmo.
Suba até o fim, a trilha é bem demarcada basta prestar muita atenção que não terá problemas.
Vou citar alguns pontos de referência para ajudar.
Após subir o barranco até o fim encontrará no seu lado esquerdo uma descida, será a única, ela é bem curta, depois continuará seguindo a trilha desta vez sobre pedras.
Continue seguindo até clareira com uma fonte de água, neste local também tem uma árvore que se destaca das outras por ser muito maior.
Logo após deixar esta clareira precisa ter muita atenção, tem um ponto que a trilha sobe a esquerda e muita gente erra passando direito, de tanto acontecer isso se formou outra trilha que não leva a nenhum lugar.
Continue subindo que chegará a Pedra Lisa, na minha opinião essa é o ponto mais perigoso da trilha, muita atenção!
Atravesse o riacho da pedra lisa e continue subindo, neste ponto também tem uma bifurcação, necessário prestar atenção no seu lado esquerdo e verá a trilha demarcada subindo, se for direto vai chegar em uma caverna.
Continue subindo, esse ponto é apelidado de trilha do Zig zag, verá várias bifurcações, procure andar na mais demarcada.
Logo chegará na primeira clareira, preste atenção pois ela tem muitas marcas de fogueira e uma formação circular de pedras (isso está ai a muitos anos, acredito que ninguém vai tirar), neste ponto tem uma bifurcação, continue subindo pelo caminho da direita.
Após chegar na segunda clareira (está bem grande), verá vários caminhos, esquerda, direita e um que segue direito, siga direto!
Após uns 20 metros verá outra bifurcação, siga a esquerda e continue subindo.
Logo chegará no Mirante com quase 1000 metros de altitude.
Continue a trilha é verá a última bifurcação, siga a esquerda e agora será apenas descida.
Logo chegará na estrada de Paralelepípedo, continue descendo até chegar na vila de Paranapiacaba.


Dicas:
Para subir ou descer recomendo levar no mínimo 1.5 litros d'água.
Nesta trilha particularmente não uso perneiras.
Recomendo uso de bastões com ponta para caminhada, fora os bastões não recomendo levar nada nas mãos, sendo que essa trilha praticamente inteira é uma escalaminhada e vc usará muito as mãos.
Muito importante a escolha da sua bota, o risco de pequenos escorregões é alto, bota cano alto ajuda evitar torções no tornozelo.
Camisa manda longa.

Fiscalização, está trilha é proibidas!
Caso for pego terá que desembolsar uma quantidade de $500!
Os guardas fiscalizam a entrada da trilha das 07:00 as 18:00, evite passar na guarita este horários (a guarita fica na estrada de Paralelepípedo entre Paranapiacaba e o Mirante).


Boa trilha.
Recolha seu lixo.
Waypoint

Entrada Vale do Quilombo

Início! Vale do Quilombo.
Provisionamento

Restaurante do Ivo

Nosso point quando realizamos a travessia de Paranapiacaba a Santos. Servem comida até às 19:00. Curto medio 20$ com bebida. O local também é conhecido por resgatar animais abandonados na rodovia.
Ruínas

Portal do Quilombo

Ponte

Riacho

Informação

Portão

Esse portão barrava a entrada na barragem a muitos anos atrás.
Informação

Barragem

É possível chegar de carro ou Bike até este ponto. A trilha continua ao lado direito nas margens da barragem.
Lago

Poço das Moças

Interseção

Bifurcação

Interseção

Bifurcação

árvore

Árvore + Ponto D'água

Ponto de referência!
fonte

Água

Risco

Pedra Lisa

Interseção

Bifurcação

Interseção

Bifurcação

Interseção

Bifurcação

Wildlife sighting

Buraco da Onça

Ponto de Referência
Interseção

Bifurcação

Interseção

Bifurcação

panorama

Mirante da Boa Vista

É possível ver a Funicular e Cubatão. Quase 1000 metros de altitude
Interseção

Bifurcação

Wildlife sighting

Buraco da Jaguatirica

foto

Pedra do Índio

Informação

Final da trilha início Paralelepípedo

Queda de água

Cachoeira da Macumba

Não recomendado beber (ou colete água o mais alto que vc puder).
Risco

Guarita dos Guardinhas

Não passar neste ponto das 07:00 as 18:00.
Museu

Vila de Paranapiacaba

25 comentários

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 14/fev/2018

    Para chegar no Cazuzera basta subir a primeira e a segunda ribanceira, na primeira bifurcação verá um *CA* na árvore, siga a esquerda.
    :P
    Tenho o log pra ir no rancho dele mas não deixo como público.

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 14/fev/2018

    Aí sim, é para poucos.

  • Foto de jeanpaulskull

    jeanpaulskull 9/abr/2018

    otimo trajeto

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 9/abr/2018

    Curtiu a trilha?

  • Foto de Wellington lage

    Wellington lage 2/out/2018

    Usei seu log as duas vezes que fiz ela, porém fiz descendo.
    Não sei se é pela questão de você ter feito subindo ou o sinal do local, mas teve horas que meu GPS dava pau e travava, quando eu ia ver já tinha andado um bom percurso.
    O pior é que me perdi algumas vezes pois fiz ela a noite e as trilhas marcadas por bichos confundem.
    Mas deu tudo certo e chegamos no poço das moças.
    Só uma dica que já vi que em outras trilhas você já está fazendo.
    Ao invés de escrever bifurcação, indique para qual lado ir nela, isso me deixou bem confuso nelas.

    Tirando isso é um ótimo log.

    Agora vou fazer a travessia salé X caragua usando suas informações.
    Só tô indeciso se vou de bike ou a pé mesmo, pois de lá vou para ubatuba e finalizar em paraty.
    Isso tudo em duas semanas.

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 2/out/2018

    Se vc usa iPhone é um problema do celular e não sei resolver, caso use qualquer celular Android será possível corrigir o problema do GPS apenas habilitando que ele funcione em segundo plano, procure esta opção:
    "Habilitar Wikiloc em segundo plano"

    A respeito das bifurcações, hoje já gravo desta maneira, indicando a direção, quando o celular possuiu bussula interna acaba que nem precisando.

    Boa trilha

  • Foto de Rui Eduardo Moreira

    Rui Eduardo Moreira 14/abr/2019

    Rodrigo, esta trilha vai por dentro do rio como a trilha de Paranapiacaba Rio Mogi? Valeu

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 15/abr/2019

    Não, em nenhum momento você percorre o rio, você precisa atravessar umas 3 vezes apenas.
    Recomendo cautela, pra fazer essa trilha, teve um pessoal que se perdeu la e isso fez aumentar a fiscalização...
    Qualquer duvida só me perguntar

  • Foto de Eduardo Forastieri Nieri

    Eduardo Forastieri Nieri 15/abr/2019

    Fiz essa trilha por sua causa Rodrigo, valeu mesmo! Sei que nao é o certo, mas prefiro fazer trilha sozinho, e as trilhas q vc posta sao as melhores, com muitos detalhes, q fazem toda a diferença, continue fazendo isso. Só nao gostei q vc nao falou das vespas malditas kkkkkkkk Sabe o barranco? q vc ate mencionou ''barranco horrível''? Bem no final dele comecei a sentir dor no braço, olhei, tinha uma vespa enorme, da bunda amarela, sentando o aço kkkkkkkk e pior q chegou mais delas, tomei ferroada na cabeça e tudo, eu devo ter pisado em algum ninho, q essas ''mangada'' fazem ninhos no chao, me lasquei; vc nao mencionou sobre elas, mas eu te perdoo kkkkkkk grande abraço!

  • Foto de Rui Eduardo Moreira

    Rui Eduardo Moreira 16/abr/2019

    Valeu Rodrigo e Eduardo pelos esclarecimentos e comentários. Vou marcar essa trilha um dia com os amigos.

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 16/abr/2019

    @Eduardo, a ultima vez q fui realmente vi essas vespas no chão!!! kkkkk Por sorte o Cazuza faz muito essa trilha com varios cachorros, isso faz essas vespas se afastarem um pouco.
    Quando forem tentem passar no Bar / Restaurante do Ivo.

  • Foto de Eduardo Forastieri Nieri

    Eduardo Forastieri Nieri 16/abr/2019

    Passei no bar do Ivo! Mais pelo comentário q vc fez, q ele adotava animais abandonados, fui obrigado a ir lá! O Ivo não estava, mas fiquei conversando com a marlene, esposa dele, um amor de pessoa, ela falou q tem 50 gatos lá agora e 18 cachorros, tirando os outros animais como patos, tartarugas, etc, ela comentou q ele achou um filhote de "oncinha", não sei se foi zueira dela ou se era um filhote de onça msm kkkkkk ela comentou tb q o Ivo está doente :( pessoas como eles deveriam ser eternas.

  • Foto de lestivamnovak

    lestivamnovak 5/jan/2020

    Olá Rodrigo.
    Fiz essa trilha no ano passado e quando cheguei na barragem havia um pessoal curtindo um churrasco próx dali. Tinha inclusive uns carros parados.
    Gstaria de pedir a sua ajuda par recordar como chegar na barragem de carro e saber se ali dá para Acampar

  • Foto de lestivamnovak

    lestivamnovak 5/jan/2020

    Ah, e sobre a suas informações.... Estão de parabéns pela riqueza de detalhes. Bastante explicativa

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 10/jan/2020

    Voce quer acampar na barragem? Não recomendo ali pode ser perigoso pelo acesso facil, ano passado uma pessoa morreu no quilombo apos assalto.....

  • Foto de João Victor Nista

    João Victor Nista 13/jan/2020

    Fizemos a trilha ontem (12/01) uma trilha bem complexa devido às inúmeras biforcações. Caíram muitas árvores no caminho e fecharam inúmeros caminhos. Com isso nos perdemos após a pedra lisa! Mas no final deu tudo certo. Trilha bem íngrime que vale a pena! Valeu pelo log!

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 14/jan/2020

    Realizo esse percurso com frequência, não mudou quase nada, existem muitos caminhos que a chuva faz parecer trilha, mas não é, que bom que deu tudo certo.

    Boa trilha

  • Foto de JIME CHA

    JIME CHA 27/abr/2020

    Show... deu até saudades dos meus tempos de trilhas na decada de 90... ia muito de trenzão e descer até o poço das moças...

    Pelo menos 2 a 3 vezes por ano ainda vou pra Barragem de Moto matar um pouco das saudades e do Borrachudos... rs.....

    Poste muito legal. Abraços

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 4/mai/2020

    O legal é que o poço ainda se mantem meio que isolado, diferente das outras trilhas de SP

  • Foto de Edson B S Junior

    Edson B S Junior 6/jun/2020

    Rodrigo, quero fazer essa trilha amanhã, é mais fácil fazer a partir de Paranapiacaba certo?

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 19/jun/2020

    Só vi hoje seu comentário, conseguiu fazer? Prefiro subindo la de Santos, acho bem tranquilo.

  • Foto de Edson B S Junior

    Edson B S Junior 19/jun/2020

    Ainda não fiz, acredito que semana que vem farei. Vlw

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 19/jun/2020

    Boa sorte

  • Foto de oajjao

    oajjao 7/set/2020

    Eu fiz esta trilha  verificado  Ver mais

    Rolê maravilhoso

  • Foto de Rodrigo AGC

    Rodrigo AGC 8/set/2020

    Parabéns por concluir

Você pode ou esta trilha