-
-
589 m
0 m
0
13
27
53,8 km

Visualizado 2121 vezes, baixado 142 vezes

próximo a Parati Mirim, Rio de Janeiro (Brazil)

Logo de inicio, no primeiro trecho da travessia, que liga a praia de Paraty Mirim ao inicio do Saco do Mamanguá, está a parte mais cansativa e íngreme de todo o percurso, quase uma escalada. Corpo ainda frio e ainda sem ritmo fazem com que esse trecho seja com certeza o mais castigante de toda a travessia, um verdadeiro seja bem vindo de forma radical.
A primeira parte do Mamanguá é bem tranquila e passa por pequenas praias e vilarejos caiçaras. Seguimos até o extremo do Fiorde, pernoitamos embaixo da cobertura de uma escolinha rural, que estava em férias e na manhã seguinte atravessamos para o outro lado com um barco que pagamos 20 reais por pessoa. Já no outro lado passamos por locais com as mesmas características do lado inicial.
Para dormir, montamos as barracas ao lado de uma casinha em meio à mata, o local era plano e chovia muito desde o primeiro dia. No dia seguinte iniciamos a trilha para a Praia Grande da Cajaíba, dando inicio à Ponta da Joatinga. Seguimos ainda com chuva forte até a praia de Itaóca, onde pernoitamos na orla da praia que é semi-deserta. Acordamos finalmente com sol e seguimos até a Praia Martim de Sá, que talvez seja a mais bonita de toda a Joatinga e lá pernoitamos no camping do seu Maneco, o único da praia. Na manhã seguinte caminhamos até a pequena praia de Cairuçu, onde após cozinharmos iniciamos o maior trecho ininterrupto de trilha de toda a travessia que leva até a praia de Ponta Negra. Após um pernoite no camping, acordamos e seguimos até a Cachoeira do Saco Bravo que é sem dúvidas uma das, ou talvez a mais linda cachoeira que eu já vi na vida. Voltamos a Ponta Negra, pernoitamos em um camping, e no dia seguinte trilhamos até a Praia do Sono, onde ficamos alguns dias descansando e curtindo a praia. Por fim, do Sono foram mais 45 minutos até Laranjeiras onde finalizamos a que é considerada uma das mais clássicas travessias do litoral Brasileiro, onde está localizado o único fiorde do país.

Comentários

    You can or this trail