Horas  um dia 8 horas 42 minutos

Coordenadas 3392

Uploaded 11 de Setembro de 2015

Recorded Outubro 2012

-
-
2.212 m
947 m
0
6,8
14
27,09 km

Visualizado 740 vezes, baixado 27 vezes

próximo a Cascatinha, Rio de Janeiro (Brazil)

Travessia clássica do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, feita em dois dias, com pernoite no Abrigo do Açú.

O primeiro dia consiste na subida até o Abrigo do Açú. Após um trecho de pouca elevação, ao longo do Rio do Bonfim, a trilha se torna mais íngreme, passando pela Pedra do Queijo até o Ajax, ponto de água. Após o Ajax, a trilha se torna ainda mais íngreme, no trecho conhecido como Isabeloca, até o Lajeado, a 2000 metros de altura. (A parte final da subida para o Lajeado foi posteriormente alterada pelo Parque, para diminuir a erosão.) Do Lajeado até os Castelos do Açú, onde fica o abrigo, a trilha segue margeando o Vale do Bonfim, com poucas subidas e descidas.

No segundo dia temos a travessia propriamente dita, passando pelo Morro do Marco, Morro da Luva, Elevador e Morro do Dinossauro, Vale das Antas, Pedra da Baleia, Lances do Mergulho e Cavalinho, e Pedra do Sino, até chegar no Abrigo 4.

É necessário um pouco de cuidado nos dois lances de trepa-pedra, assim como no "Elevador", na verdade uma escada feita com vergalhões de ferro encravados na rocha, alguns bastante tortos.

Por boa parte da travessia, do Lajeado até a Pedra do Sino, se caminha sobre pedra, subindo e descendo, o que poderia ser mais complicado com a pedra molhada. Felizmente, o dia estava seco. Também há a questão da orientação: há poucas sinalizações no caminho, através de pilhas de pedras. (Posteriormente, setas foram fixadas.) Deve ser bem difícil se orientar no escuro ou sob neblina forte.

Após o Abrigo 4, a trilha segue até a Entrada Teresópolis do Parque, passando por alguns pontos de água e pela Cachoeira do Véu da Noiva. Este é o trecho mais longo do dia, mais longo que a travessia, mas mais rápido, por ser somente de descida e por ser um caminho muito bem definido e com poucas pedras.
Trekking Trilha Guarita Açu

Comentários

    You can or this trail