Coordenadas 8004

Uploaded 7 de Agosto de 2012

Recorded Agosto 2012

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.782 m
1.275 m
0
9,6
19
38,22 km

Visualizado 18326 vezes, baixado 345 vezes

próximo a Urubici, Santa Catarina (Brazil)

Travessia completamente autossuficiente realizada em 4 dias/3 noites pelos campos e platôs, acompanhando sempre que possível as bordas das escarpas da Serra Geral, no trecho dos Aparados da Serra compreendido entre o Morro da Igreja (Urubici/SC) e o Cânion Laranjeiras (Bom Jardim da Serra/SC), com saída pela Fazenda Sta. Cândida.

Trekking organizado e empreendido pela AMC - Associação Montanhistas de Cristo (Curitiba/PR) entre os dias 07-10/06/2012, feriado de Corpus Christi, com autorização prévia do Parque Nacional de São Joaquim. Enfrentamos nestes dias de jornada temperaturas de até -11ºC (11 graus negativos) nas manhãs dos dias 08 e 09/06, que foram as temperaturas mais baixas registradas no Sul do Brasil no ano de 2012.

OBS.: No último dia foram apenas feitas caminhadas nas bordas do Cânion Laranjeiras e retorno rodoviário a Curitiba, que não estão na track disponibilizada.

Também é conhecida como uma das "variantes" possíveis de travessia entre os municípios Urubici e Bom Jardim da Serra. Na minha humilde opinião esta é uma das travessias altomontanas mais belas e completas que se pode fazer na porção Catarinense dos Aparados da Serra, rivalizando com a do Campo dos Padres, justamente pela mescla de elementos geográficos notáveis que a compõe (campos, montanhas e cânions). Sumariamente, nesta travessia se acompanha "por cima" uma grande porção da borda escarpada da Serra Geral (Aparados da Serra) partindo de um dos mais conhecidos pontos turísticos de Urubici (o Morro da Igreja, com vista ímpar para a Pedra Furada, cartão postal da região) passando pelos Campos de Santa Bárbara e atingindo as bordas do Cânion das Laranjeiras. Com ritmo mais forte ou algum tempo extra pode ser "esticada" seguindo mais ao sul a borda das escarpas para passar pelo Cânion do Funil e atingir o mirante da Serra do Rio do Rastro à margem da rodovia SC-390 (como feito pelo companheiro Tiago Korb (veja http://pt.wikiloc.com/wikiloc/view.do?id=2985251), outro grande referencial turístico da região, em Bom Jardim da Serra/SC, fechando nesta hipótese cerca de 64 Km totais.

O relato detalhado da caminhada está postado em: https://www.mochileiros.com/topic/17035-serra-geral-travessia-morro-da-igreja-c%C3%A2nion-laranjeiras/

Na região deve-se ter basicamente dois cuidados: com a densa neblina que repentinamente pode encobrir todo o visual (chamada de "viração"), que afeta drasticamente a navegação visual (especialmente no verão, outono e primavera) e com o frio extremo na época do inverno, sem dúvida a melhor época para caminhar na região.

Lembro ainda que as caminhadas na região devem NECESSARIAMENTE ter autorização prévia da Administração do Parque Nacional de São Joaquim (sede em Urubici). Como o parque enfrenta questões como a falta de plano de manejo, pressões de proprietários e falta de regularização fundiária, além da discricionariedade de seus gestores, VERIFICAR se estão sendo concedidas autorizações pelos contatos pelos e-mails e telefones constantes no site do PARNA, disponível em: hhttp://www.icmbio.gov.br/portal/unidadesdeconservacao/biomas-brasileiros

View more external

Saída - Fazenda Sta. Cândida, ponto final da travessia, e porta de entrada para conhecer o Cânion Laranjeiras, em Bom Jardim da Serra
Cânion Laranjeiras, já em Bom Jardim da Serra-SC
Acampamento da 3a. noite
Acampamento da 2a. noite
Acampamento da 1a. noite
Morro da Igreja - Base do Cindacta FAB
Ponto de Partida - Estrada Geral do Morro da Igreja, em frente à porteira de ferro do Morro da Antena, cerca de 3 km antes do mirante da Pedra Furada
Morro da Antena, também conhecido como Morro Preto, início do trekking
Platô Gramado

33 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 7/ago/2012

    Apesar de indicá-la como de dificuldade moderada, esta dificuldade pode crescer consideravelmente com a ocorrência da "viração" (que afeta em muito a navegação visual) e/ou com o frio, já que a região é a mais fria do Brasil.

  • Rat_1969 31/jan/2013

    I have followed this trail  View more

    Fiz uma variante desta travessia no carnaval de 2004 com um grupo de 5 pessoas de Florianópolis. Na época fizemos em 3 dias até o Laranjeiras, mas pegamos chuva no primeiro dia e um nevoeiro terrível, o que nos atrasou um bocado.
    No quarto dia exploramos os arredores do Canyon Laranjeiras e choveu bastante no fim da tarde, transformando aqueles campos em charcos sem fim. Rsrs! Retornamos via fazenda e depois nos perdemos na estrada para Bom Jardim. Boas lembranças desta caminhada. Parabéns pelo trekking! Abraço!
    Renato

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 8/fev/2013

    Olá Renato! Agradeço seus comentários.
    Acho bacana saber de outras pessoas que já andaram pela região. Na época partiram de que ponto? Morro da Igreja como nós? Não sei se percebeu mas também fizemos o trajeto do MI até o Cânion Laranjeiras em 3 dias (bem tranquilos), e só´não exploramos mais as bordas do Laranjeiras por termos um longo caminho de regresso a Curitiba no domingo, aliado ao fato que o tempo começava a mudar no meio da manhã.
    Fazer este percurso em época seca como fizemos já foi difícil em alguns poucos trechos devido aos charcos, fico imaginando vocês no verão (mais umidade).
    É uma região à qual pretendo voltar ainda muitas vezes para caminhar, inclusive pela parte baixa do Cânion Laranjeiras. Abraço!

  • Foto de maubecin

    maubecin 5/jun/2013

    Muy buena!

  • Foto de dagoviski

    dagoviski 17/jul/2013

    geada???kkkkk https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168#wp-3169173/photo-1334486

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 24/jul/2013

    Não uma geada qualquer. Isso foi resultado de -11ºC na madrugada de 08/06/2012, dia mais frio do ano na região sul, entre Urubici e Bom Jardim da Serra (SC). Chegou a se formar uma camada de gelo de 4 cm num pequeno córrego ali perto. Dava para pisar sobre o gelo sem ele quebrar... Neste dia, mais tarde, por volta de 16h ainda havia gelo acumulado em vários pontos, apesar do sol. https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168#wp-3169173/photo-1334486

  • Foto de dagoviski

    dagoviski 29/jul/2013

    conheço um pouco do frio ai do morro, mas -11 voces são doido.....kkkkkk.mas acredito que valha a pena...quero subir de bike esse morro...saude a todxs. https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168#wp-3169173/photo-1334486

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 30/jul/2013

    Doidos nada! Rsrs! Fomos preparados. Já esperávamos por isso pois dias antes até graxaim congelado foi encontrado na região. Aqui estávamos bem longe do Morro da Igreja (de onde partimos), uns 7Km em direção a Bom Jardim da Serra pelos campos e platôs. Subir a estrada do Morro da Igreja de bike é um belo desafio, mas fora da estrada a bike fica impraticável, primeiro por ser Parque Nacional (creio que seja proibido) e segundo por ser um terreno bastante turfoso e irregular, muito capim fofo. Vai carregar a bike mais tempo do que pedalar. Abraço! https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168#wp-3169173/photo-1334486

  • Foto de Adriano Feliciano felizardo

    Adriano Feliciano felizardo 6/set/2013

    Pretendo fazer esta trilha!

  • Foto de BrennoLiz

    BrennoLiz 7/set/2013

    Pow, legal esse percurso seguindo as bordas da serra!

  • Foto de maubecin

    maubecin 7/set/2013

    Que lindo este lugar. https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168#wp-3169173/photo-1334485

  • Foto de maubecin

    maubecin 7/set/2013

    frio. https://pt.wikiloc.com/trilhas-outdoor/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168#wp-3169173/photo-1334487

  • Foto de Adriano Feliciano felizardo

    Adriano Feliciano felizardo 9/set/2013

    Bom Dia Turma, esse grau MODERADO aí quer dizer que se quiser levar uma Mulher que não esta acostuma a fazer vai conseguir concluir a trilha?

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 11/set/2013

    Olá Adriano!
    Não necessariamente. Teria que avaliar o lado psicologico dela. Isso influi muito nas mulheres. Não há dificuldade física grande neste percurso, note que a altimetria não é elevada, mas são de 2 a 3 noites (dependendo do ritmo de caminhada), pernoitando em barraca, sem banheiro e carregando sua própria água e comida, além de passar em alguns trechos de charco. Isso pode pesar bastante.
    Quando fizemos havia no grupo 3 mulheres (acostumadas a caminhar e acampar) e tiraram de letra. Abraço!

  • Foto de Adriano Feliciano felizardo

    Adriano Feliciano felizardo 11/set/2013

    Obrigado "gvogetta" estamos nos preparando pra subir o Cambirela (Palhoça) neste sábado, fica a dica se mais alguém quiser, todos estão convidados.

  • Foto de Samuel Oscar

    Samuel Oscar 21/nov/2013

    Muito Bom Getulio... obrigado por disponibilizar este material... rumo a mais uma aventura ;-)

  • cadumgarcia 12/mar/2014

    Getulio, uma duvida essa travessia seria possível de MTB? Pelo menos no grafico o ganho de elevação não é absurdo.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 20/mar/2014

    Olá Cadumgarcia!
    Este percurso não é adequado para MTB, primeiro porque atravessa várias áreas de charcos, segundo pois pelo que sei o regulamento do Parque Nacionald e São Joaquim não prevê/permite o trânsito de bicicletas nas áreas fora de estradas - compreensível pela possibilidade de erosão/degradação do ambiente.
    Abs!

  • cadumgarcia 26/mar/2014

    Obrigado pela informação!

  • Foto de ofabioalmeida

    ofabioalmeida 10/mai/2014

    Olá, obrigado por compartilhar o track.
    Estou pensando em fazer apenas o começo desta travessia, em uma caminhada de bate-volta saindo da estrada do morro da igreja. Pensei em ir até o platô gramado. Quanto tempo você acha que eu levaria no total? É preciso pedir autorização do parque?

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 18/mai/2014

    Olá Fábio!
    Primeiramente, lembro que o acesso à qualquer área pelo Morro da Igreja e sua estrada é contralada pela Adm. do Parque Nacional São Joaquim, pelo que é necessário solicitar autorização, que poderá ser obtida junto à sede do mesmo em Urubici. Recomendo solicitar com certa antecedência. Os contatos podem ser encontrados no site oficial do Parque.
    A caminhada até o platô gramado fornece, com tempo bom, uma vista excepcional e de um ângulo inusitado do morro da Igreja e suas características formações, incluindo a Pedra Furada, além das partes baixas da garganta que se forma entre as elevações. Ainda, como bônus, conhecerá o trecho inicial do Rio Pelotas, que nasce ali perto e apresenta suas primeiras corredeiras.
    Creio que num bom ritmo de caminhada, incluindo as paradas de contemplação, faça ida e volta em cerca de 6h.
    Abraço!

  • Foto de TrekkingPOA

    TrekkingPOA 24/mai/2014

    Parabéns pela aventura pessoal, é sempre muito significativo e marcante uma travessia deste nível, além da construção de momentos de reflexão com amigos de uma vida, temos na paisagem sulina aqueles momentos de contemplação que nos tira o fôlego! https://pt.wikiloc.com/trilhas-trekking/travessia-morro-da-igreja-canion-laranjeiras-3169168/photo-1334428

  • Leo Sc 7/mar/2015

    Boa tarde,

    Muito interessante o percurso! Vou baixar e estudar o mapa. Uma pergunta, como são os pontos de água nesta trilha? Como enfrentaram temperaturas muito baixas, chegaram a ter dificuldades de congelamento da água nestes pontos?

    Obrigado, um abraço!

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 13/abr/2015

    Água abundante em toda a região, mas exige planejamento e cuidado em alguns trechos por conta de contaminação (gado). Não tivemos problemas de congelamento da água, pois apenas as massas de água parada congelam muito fácil, a água corrente não.
    No momento a área do PN São Joaquim está fechada para caminhadas (não estão sendo autorizadas). A área ao sul (Cânion Laranjeiras), no entanto, fica fora da área do PN e pode ser visitada a partir de Bom Jardim da Serra, com um trekking que pode ser esticado até a Serra do Rio do Rastro ou até mais ao sul ainda.
    Abs!

  • Foto de boca leandro2014

    boca leandro2014 22/abr/2015

    Ola Getulio Gostaria de saber se e possivel obter as autorizacoes no local ou e necessario obte-la com antecedencia atraves dos contatos q vc disponibilizou

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 16/mai/2015

    Olá Leandro!

    Atualmente (2015) as autorizações de trekking na área do PN de São Joaquim estão suspensas e as atividades proibidas temporariamente. Pelos contatos citados poderá obter informações e eventualmente saber quando forem reabertas as atividades na área do parque.

    Abraço!

  • Foto de Andre JP Mendes

    Andre JP Mendes 1/nov/2016

    Olá .
    Estou querendo fazer essa travessia .
    Mais tenho algumas dúvidas :
    É possível fazer no mês de Dezembro?
    E é possível fazer em 2 dias ?
    Valeu .

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 16/nov/2017

    Olá! Respondendo dúvidas acima nos comentários:
    1. No verão (dezembro por exemplo) não recomendo fazer esta travessia. Muito quente (lembrar que mais de 90% do trajeto é de campos, portanto exposto ao sol), sem falar que tempestades e viração (neblina cerrada) são frequentes neste período, o que tira não só a tranquilidade da caminhada como o visual, além de expor o caminhante a riscos desnecessários.
    2. Tempo de percurso: se o caminhante possui grande capacidade física e caminha rápido, talvez faça em 2 dias, possível é, vai depender de cada um e dos objetivos traçados. O nosso, na ocasião, era curtir ao máximo o tempo de permanência ali. Quando fizemos, lembrando, estávamos nos dias mais frios daquele ano, com temperaturas de até -9,6ºC, então caminhar muito cedo ou muito tarde era bem desagradável devido ao vento frio. Nas duas primeiras manhãs tudo amanheceu congelado, incluindo botas, tetos das barracas e outros itens. Se tivéssemos apurado um pouco mais, acordado um pouco mais cedo nos acampamentos ou mesmo caminhado um pouco mais nos finais de tarde, teríamos concluído em 3 dias facilmente.
    2. Acesso/permissão: sugiro demandar junto ao ICMBio de Urubici (Administração do PN de São Joaquim) que pode informar sobre a liberação de acesso. Telefone: (48) 3278-4002.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 29/jan/2018

    Então Maurício, é lamentável essa postura. Compreendo que existam dificuldades de gestão para o pessoal do ICMBio, mas proibir, fechar totalmente, creio que não seja o caminho, até porque trekkers e montanhistas são tradicionais aliados da preservação ambiental. A desculpa, o discurso, é sempre o mesmo: "não há estrutura, não há pessoal para fiscalizar..." mas nós, caminhantes e que amamos estes locais e os frequentamos, acabamos funcionando como fiscais e coibindo outras ações ambientalmente criminosas, muito piores do que as pegadas que deixamos no terreno.

    E este plano de manejo já está virando lenda, pois desde antes da realização desta travessia já se falava que "estava para sair", só não disseram em que século isso vai acontecer. Triste, e mesmo que saia o tal plano, do jeito que andam as coisas, bem possível que ele não contemple atividades turísticas no interior do parque, ou as deixe reservadas para "agências" credenciadas da região.

  • Foto de GuilhermeMTB29

    GuilhermeMTB29 27/mar/2018

    Uma dúvida, o local onde inicia a trilha, fica antes ou depois da portaria do parque.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 28/mar/2018

    Olá! Respondendo ao GuilhermeMTB29: A travessia que é mostrada nesta track se iniciou no asfalto da Estrada Geral do Morro da Igreja, no portão onde começa a estradinha de acesso ao Morro Preto, ou seja, depois da portaria (se é que se pode chamar assim aquele portão com o container).

  • Foto de Rogerrc

    Rogerrc 16/out/2018

    Qual a época mais seca da região!?

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 16/out/2018

    Tradicionalmente o inverno, época seca e fria.

You can or this trail