Tempo em movimento  4 horas 27 minutos

Horas  12 horas 47 minutos

Coordenadas 3272

Uploaded 1 de Janeiro de 2020

Recorded Dezembro 2019

-
-
756 m
-2 m
0
6,2
12
24,7 km

Visualizado 29 vezes, baixado 0 vezes

próximo a Rio Pequeno, São Paulo (Brazil)

Travessia fantástica, muito linda mesmo, repleta de grandes quedas! Quem procura por desafios, certamente os terá! Ela é praticamente uma irmã menor do Vale da Morte – a nível de comparação.

O Trajeto foi iniciado no começo da trilha da Cachoeira das Torres em SBC, e concluído na portaria do Parque Perequê.

>>> Muito puxadaaa para se fazer em um bate-e-volta, mas perfeitamente possível, como aqui no caso (Obs – Não leve em consideração a quilometragem registrada pelo wikiloc, foi bem menos que isso!).

O GPS oscilou tremendamente deixando o traçado terrível!!! Não aconselho navegar por esse track se baseando exclusivamente por ele. Se possível vá com uma pessoa experiente e que já conheça o trajeto, principalmente porque nas partes em que é preciso encarar os morros/ribanceiras (para desviar das gargantas e quedas grandes) os caminhos não vão estar facilmente delineados (se é que dá para chamar aquilo de caminho! =p) necessitando em muitos trechos descer de bunda, ou se apoiando em galhos e raízes. Vai se deparar com muitas pedras soltas em meio a mata, e pedras escorregadias igual sabão nas margens do leito do rio.

Camping – Existe um ponto bacana do lado direito do rio que vale a pena. A grande pedra de cor alaranjada indica a entrada da trilha, não tem erro. O espaço não é muito grande, cabe poucas barracas, e o solo não é tão plano, mas é o que tem.


>> BREVE RELATO

Uma vez que se chegou até o topo da Cachoeira das Torres, faça a travessia pela grande pedra, ganhando a margem á esquerda, e ali serão encontrados dois acessos. Siga a trilha da ESQUERDA. De início é um caminho de aclive bem escorregadio, mas não oferece desafios, num instante se alcança o topo do morro. A partir deste ponto começasse a descer ribanceira abaixo, quebrando para direita.

Concluída a descida da primeira piramba (que é justamente o desvio das quedas da Cachu das Torres) e cai ali bem próximo a última queda dela, começa a navegação exclusivamente pelo leito do Rio do Ouro. De início eu tentei sinalizar cada vez que mudávamos de margem, mas os zigue-e-zagues eram tantos, que eu acabei desistindo. Tenha ciência que em poucos metros, você vai se deparar com uma confluência, mais o rio principal vai dar uma guinada forte para á DIREITA, siga nessa direção. O nível de água não é alto, não é preciso saber nadar, mas permaneça o menos tempo possível dentro do rio. Em dias ameaçando chuva, simplesmente aborte a missão.
Aproximadamente uns trezentos metros á frente vai haver uma queda significativa. Vai ser necessário entrar na mata para fazer um novo desvio (margem ESQUERDA). A trilha já começa com uma trilha bem acidentada, em aclive, avance quebrando para á direita. Este trecho no mato é curto (felizmente!) e logo o trajeto te coloca no rio novamente.
Uma vez seguindo pelo rio, margeando á esquerda, vai ter um ponto que apelidamos de “Tobogã”. Tenha cautela, desça sentado, o mais próximo possível da parede de rocha. A partir desse trecho permanece a andança rio abaixo com seus ziguezagues, até se deparar com o ponto onde o rio faz a curva. Vai haver uma trilha na margem á DIREITA, e logo a frente a área de camping.

Saindo da área de camping, atravesse o afluente (não consegui localizar o nome desse rio) e o percurso prossegue pela mesma margem á DIREITA, pela mata, para contornar mais uma enorme queda. Essa queda (Cachoeira do Dragão) dá para ser contemplada em sua base, quando o caminho volta para o rio. Atravesse-o.

>>> Visite a gruta existente por detrás da queda. Aqui o poço é profundo, se aventure se souber nadar ou tiver colete. Vale muitooo a pena!

A partir dessa queda inicia-se mais uma caminhada de aproximadamente 1 quilômetro até a próxima garganta (intransponível!), que também precisa ser contornada. O acesso da trilha é pela margem DIREITA.

Este último desvio que tivemos que fazer pela mata foi bem difícil, e por um momento acreditamos ter perdido o caminho. Aqui o senso de orientação é imprescindível, total vara-mato. O traçado do track neste trecho não vai te ajudar de absolutamente nada. Estávamos em meio a um declive bem íngreme, descendo simplesmente, por onde dava para descer. Uma queda daqui é fatal.

>> Por incrível que pareça, tinha sinal de celular que permite conexão com a internet.

Felizmente conseguimos encontrar de novo a trilha, que se mostrou mais bem traçada depois de um certo ponto. A gente não acabou tendo acesso pela Cachoeira Anchieta, como estávamos acreditando que seria – talvez por ter feito essa confusão – mas caímos na trilha descendo para o Véu da Noiva, justamente na parte em que a trilha que nós estávamos deu de frente para um ponto de água bastante conhecido por quem sobe em direção a Cachoeira Anchieta, pegando a trilha á direita. Daqui pra frente o caminho é bem batido e conhecido por quem já visitou diversas vezes o Perequê. E, portanto, é só alegria.


>>> Itens de destaque:

• Corda – Na primeira pirambeira tem (e foram demarcados), porém, o restante da parte crítica até chegar ao Perequê não, portanto, ter uma corda a disposição foi imprescindível;
• Bota de solado aderente;
• Par de luvas e
• Repelente – Principalmente chegando ao parque Perequê - o uso se faz extremamente necessário, se não quiser ser comido vivo.
.
.
.
Tenha educação e bom senso, preserve a natureza, leve seu lixo de volta! ;)
Ponte

Ponte 1

Ponte

Ponte 2

Waypoint

Á DIREITA

Rio

Rio (Travessia)

Rio

Rio (Travessia)

Queda de água

Cachoeira da Barragem

Travessia de rio
Waypoint

Rio (Travessia)

camping

Área p/ Acampamento

Rio

Rio (Travessia)

camping

Área p/ Acampamento

Rio

Rio (Travessia)

Rio

Rio (Travessia)

Waypoint

Poção Fundo

Ótimo para pular!
Queda de água

Cachu das Torres (Vista de Cima)

Waypoint

Travessia

Para margem esquerda.
Waypoint

Entrada da Trilha (ESQUERDA)

Waypoint

Quebra p/ DIREITA

fonte

Água

Queda de água

Quedinha

Waypoint

Ribanceira á Baixooo

Waypoint

Trecho c/ Corda

Rio

Rio Perequê (Travessia)

Queda de água

Última Queda da Cachoeira da Torre (Vista)

Não estávamos com tempo hábil para ir até ela, mas ao que informaram tem poço pra banho.
Waypoint

Margem á ESQUERDA

Waypoint

Confluência > Seguir p/ DIREITA

Não ir reto!
Queda de água

Cabeça da Queda

Waypoint

Entrar novamente na trilha (ESQUERDA)

Subir um barranco quebrar para direita.
Rio

Andando pelas Pedras do Rio

Saída da mata
Waypoint

Tobogã Lado ESQUERDO

Waypoint

Voltamos para o Mato > DIREITA

camping

Área p/ Acampamento

Queda de água

Cachoeira Do Dragão

Depois da Piramba Atravesse o Rio
Risco

Pirambeira Extremamente Ingrime

fonte

Água

Subindo á Direita > Cachoeira Anchieta Descendo > Véu da Noiva
panorama

Mirante do Véu da Noiva

Queda de água

Cachoeira Véu da Noiva

Queda de água

Pedra do Pulo

Rio

Rio (Travessia)

Comentários

    You can or this trail