-
-
9 m
-2 m
0
10
21
41,05 km

Visualizado 8351 vezes, baixado 149 vezes

próximo a Superagui, Paraná (Brazil)

Travessia do Complexo Lagamar, localizado na divisa do litoral do SP/PR, iniciando no PN Superagui até a Vila de Marujá, na Ilha do Cardoso, totalizando pouco mais de 40 km.

Relato, fotos e dicas:
www.trilhasetrips.blogspot.com.br

View more external

camping

Camping do Pacheco - Dúvidas: www.trilhasetrips.blogspot.com.br

Waypoint

Pequeno trecho de trilha pela mata

camping

Residência e Camping do Sr. Coto - Dúvidas: www.trilhasetrips.blogspot.com.br

Balsa

Saída de barcos em direção à Cananéia

29 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 24/jan/2013

    I have followed this trail  View more

    A grande dificuldade aqui não é técnica e sim física, especialmente em épocas de calor, por se tratar de um trecho longo de caminhada exposto ao sol.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 24/jan/2013

    Belíssimo trecho do litoral na divisa entre PR e SP. Há alguns anos fiz parte desta travessia. Sem dúvida uma ótima trip! Parabéns!
    Deveremos retornar a esta região em breve e realizar esta travessia, mas agora no sentido contrário (N-S).

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 25/jan/2013

    Fala Getúlio, blz?
    Essa caminhada é super facil. O problema mesmo foi o intenso calor. E p/ piorar vc não encontra agua nesse trecho do Superagui.
    Boa sorte e tomara que peguem tempo nublado.
    Abcs

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 1/fev/2013

    Olá Augusto! Blz!
    Em Superagui se acha água sim, em 3 ou 4 pontos em moradias isoladas ao longo da "costa leste". Os moradores caiçaras são sempre solícitos e fornecem, só pedir. O problema é às vezes não encontrá-los em casa, já que é comum se ausentarem (pesca, família, etc).
    Obrigado pelos votos. Abraço!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 1/fev/2013

    Fala Getúlio, blz?
    Nós nem percebemos que existiam casas por lá. A chuva forte não deu trégua e o tempo só foi dar uma melhorada quando chegamos no Sítio da D. Jandira.
    Ali paramos por alguns minutos para descansar, mas é bom saber que existe residencias de caiçaras ao longo daquela imensa praia.
    Abcs

  • Foto de ARON FORCELLI

    ARON FORCELLI 29/out/2017

    Fala J. Augusto blz? Me tira 2 dúvidas por favor?
    Vocês atravessaram de barco o rio entre Superagui e o Cardoso?
    Quanto tempo demoraram o percurso total? To querendo fazer ao contrário e finalizando com a volta na Ilha do Mel...
    Obrigado!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 30/out/2017

    Blz Arongf.
    Foi tranquilo cruzar do Superagui para o Cardoso, porque ali é uma Vila chamada Barra de Ararapira, formada em sua maioria por pescadores, então foi fácil conseguir um barco para nos deixar no Cardoso.
    Só nao sei se é sossegado conseguir barco no sentido inverso.
    Levamos 4 dias, mas aproveitamos bem a estadia no Superagui e no Cardoso.
    Se quiser fazer sem aproveitar as praias, creio que dê para finalizar essa travessia em 2 ou 3 dias.

    Abcs

  • Foto de ARON FORCELLI

    ARON FORCELLI 31/out/2017

    Entendido, obrigado!

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 4/abr/2018

    Lembro que fora de temporada pode ser difícil conseguir travessia de barco fazendo o sentido Superagui-Cardoso, principalmente devido ao fato de não existir mais a trilha que ligava o extremo norte da Praia Deserta e a Vila da Barra da Ararapira. O mar alterou substancialmente a linha e costa nas vizinhanças, inclusive obrigou a comunidade da Enseada da Baleia (sul da Ilha do Cardoso) a mudar de local, e antes disso, há alguns anos, engoliu a dita trilha que fazia a ligação.
    Ou seja, hoje, sem os telefones de barqueiros da região, pode-se chegar ao final da Praia Deserta e não conseguir barco para atravessar, pois ali geralmente não fica ninguém "esperando". Ao contrário, vindo do norte (Ilha do Cardoso) pode-se facilmente ajustar a travessia com um barqueiro na comunidade da Enseada da Baleia, ponto de passagem obrigatória com destino ao sul da ilha, para fazer a travessia até a Vila da Barra da Ararapira, ou até mesmo diretamente para a ponta norte da Praia Deserta, para dali prosseguir caminhando rumo sul, até a Vila de Superagui, de onde existem barcos diários de linha a Paranaguá e de onde também se consegue ajustar transporte para praticamente quaisquer outros pontos da região.
    Abraços!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 5/abr/2018

    Com tracklog de quase 10 anos muita coisa mudou, com toda certeza.
    É uma pena mesmo todo o final daquela Praia Deserta ter desaparecido.
    Lembro que caminhamos por um bom tempo pela praia até encontrar a trilha.
    Vai ajudar muita gente com essas infos atualizadas.
    Valeu mesmo.

    Abcs

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 5/abr/2018

    Salve Augusto!
    Sim, plenamente compreensível. Toda trilha muda com o tempo.
    Então.. Essa mudança já tem um bom tempinho, é que a gente esquece de atualizar. Como acabei passando por lá há cerca de um mês, e passando aqui por acaso, lembrei e atualizei a informação, fresca na memória.
    Abraço!

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 5/abr/2018

    É a Natureza mesmo viu Getúlio.
    Ali em Barra de Ararapira as ondas avançam para dentro do continente.
    Lembro que ao cruzarmos aquele trecho até a Ilha do Cardoso de barco tivemos que ir desviando dos bancos de areia.
    Obrigado mesmo pela atualização.
    Abcs

  • Foto de danielribeirobranco

    danielribeirobranco 6/mar/2019

    Penso em fazer esta travessia logo. Acham que seria possível fazer em dois dias, com apenas um camp no meio?

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 6/mar/2019

    Sim, é possível fazer essa travessia em 2 dias, mas tem de pegar o barco bem de manhazinha, ou em Paranagua ou Cananéia, dependendo do trajeto que quer fazer.
    Mas é bem cansativo.

  • Foto de danielribeirobranco

    danielribeirobranco 6/mar/2019

    Entendo. A ideia seria chegar na vila, dormir por lá e começar a travessia no dia seguinte. Totalizaria 2 noites na ilha, mas somente 1 de camp. No caso seriam aproximadamente 20km por dia, em terreno totalmente plano, correto? Além da distância em si, viu alguma dificuldade de caminhar, como areia muito fofa, por exemplo?

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 7/mar/2019

    Então vai sossegado.
    É quase o mesmo percurso que a gente fez.
    Só que preferimos pernoitar em Barra de Ararapira. Ficaria cansativo demais.
    A areia é fofa, mas dá para caminhar sem grandes dificuldades. É uma distancia grande mesmo, mas nada complicado.
    Só talvez ao chegar em Barra de Ararapira, já que a maré fez um grande estrago pouco antes de chegar na Vila.
    Veja nos comentarios do Getúlio acima.
    Ele fez essa travessia recentemente.
    No mais, boa sorte e prepare para muito Sol e nada de sombra.

    Abcs

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 7/mar/2019

    Daniel:
    Saindo cedo, andando rápido e sem grandes paradas, faz em dois dias bem andados. Terreno 100% plano, mas com uma travessia de mar (barco) entre as ilhas (toma tempo) e uma travessia de rio na praia deserta (que a depender do horário e da maré pode tomar um tempinho também).
    Mais garantido, para 2 dias apenas, fazer no sentido norte-sul (saindo de Cananéia), para conseguir barco para a travessia entre as ilhas do Cardoso e Superagui, pois é caminho passar pela vila de pescadores (Enseada da Baleia) na Ilha do Cardoso e assim fácil conseguir barco para travessia.
    Saindo da Vila de Superagui teria que pegar os telefones de contato de barqueiros da Vila da Barra de Ararapira e torcer para o celular funcionar (e os barqueiros te atenderem) para acertar com alguém te atravessar no norte da Praia Deserta. Se optar por esta ultima opção, sugiro falar com o pessoal da Pousada Sobre as Ondas, na Vila de Superagui, que eles conhecem todo mundo e podem te indicar alguma pessoa e telefone para isso, mas sem garantia de sucesso, pois já soube de alguns que tentaram dessa forma e não conseguiram, pelos problemas acima.

  • Foto de danielribeirobranco

    danielribeirobranco 7/mar/2019

    Tenho o contato de um amigo na Ilha do Mel que pode fazer o resgate caso nenhum barqueiro nos atenda, mas seria uma opção para último caso mesmo. Muito obrigado J. Augosto e Getúlio. Infos extremamente úteis, principalmente o contato. Bora caminhar e ajudar a preservar esta natureza.

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 12/jun/2019

    Blz Daniel.
    Estamos aí para ajudar.
    Abcs

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 12/jun/2019

    Salve Daniel!
    Quem for fazer sentido Sul-Norte, passando pela Vila de Superagui, pode deixar combinado ou mesmo pegar bons contatos nas pousadas para fazer a travessia de barco entre a ponta norte da praia deserta de Superagui e a Ilha do Cardoso. Sugiro conversar com o "Carioca" da Pousada Sobre as Ondas, que conhece tudo e todo mundo por ali - telefone (41) 3482-7118. Mas o preço costuma ser salgado, especialmente na alta temporada de verão. Saindo da Ilha do Mel, imagino, pior ainda.

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 15/jun/2019

    Blz Getulio.
    Qdo chegamos em Barra de Ararapira não tivemos dificuldade para conseguir um barco para cruzar o canal até o lado de SP.
    É uma Vila de pescadores e muita gente por lá possui barco.
    E pode ser mais barato que os que estão na Vila do Superagui.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 17/jun/2019

    Salve Augusto!
    O que você disse logo acima tinha sentido há anos atrás...
    O que me refiro AGORA (junho/2019), relembrando o que já mencionei acima em comentário de 04/04/2018, atualizando dados sobre a travessia, é que para quem vem do sul, sentido Superagui - Ilha do Cardoso (de Sul para Norte) atualmente NÃO CONSEGUE mais alcançar a Vila da Barra da Ararapira por terra pois a trilha não existe mais, foi engolida pelas marés. Ou seja, fica plantado no extremo norte da praia deserta, sem comunicação (nem mesmo visual) com a vila mencionada e, assim, não consegue dali pedir transporte para atravessar do extremo norte da praia deserta. Por isso importante ter essa logística alinhada ANTES de chegar no local, pois o celular ali não pega.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 17/jun/2019

    Para quem vem do norte, pela Ilha do Cardoso, a logística é mais fácil, pois passa por duas vilas de pescadores no trajeto, podendo alinhar com eles a travessia adiante, entre o extremo sul da Ilha do Cardoso e a Praia Deserta de Superagui, sem precisar passar pela Vila da Barra do Ararapira, vez que esta tornou-se um ponto de passagem sem sentido atualmente - tanto para quem vem do sul, quanto para quem vem do norte.

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 19/jun/2019

    Blz Getulio.
    Entendi.
    Qdo passamos ali a maré já estava levando toda a encosta.
    Tivemos até a ajuda de um barqueiro para atravessar em um ponto, antes de chegar em Ararapira.
    Infelizmente com a construção daquele canal artificial as marés tem essa tendencia mesmo.
    Tá ficando muito caro essa travessia hein.
    Uma pena mesmo.
    Valeu pelas informações e esclarecimentos.

    Abcs

  • Foto de Gustavo Garcia Sanches

    Gustavo Garcia Sanches 15/out/2019

    Olá Augusto e Getúlio, tudo bem?

    Eu to planejando fazer essa travessia agora final do ano e pelas informações atualizadas (não existir mais caminho por terra para Barra do Araripa) qual a sugestão de pernoite? Pois pelo que entendi se caminha até o final da praia deserta (já fiz essa trilha mas tem muitos anos, 2006) e de lá pegar um barco direto pra ilha do cardoso. Como passar pela Barra do Araripa se tornou dispensável por conta do percurso, o ideal é fazer como? Sabe me dizer as distancias, p.ex. da vila de Superagui até o final da praia deserta (onde se pega o barco pro cardoso) e depois o barco atravessaria e deixaria onde pra terminar a caminhada. Fiquei um pouco confuso com essas informações, se alguem puder ajudar eu agradeço.

    Forte abraço.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 15/out/2019

    Salve Gustavo!
    Então.. Novas informações, recentíssimas, estão dando conta de que novamente se tornou possível alcançar o vilarejo de Barra da Ararapira (Norte de Superagui) por terra, eis que ao movimento das marés tornou a depositar areia no trecho que antes tinha sido engolido. Olhando as imagens de satélite recentes também corrobora essa informação.
    Todavia ainda não consegui confirmar isso 100%, então, por agora, vou ficar te devendo essa informação precisa.
    Estou para ir prá lá, provavelmente em novembro. Se for, passarei por lá e depois confirmarei aqui. Ou até mesmo antes, caso consiga essa informação de fonte 100% segura.

  • Foto de Gustavo Garcia Sanches

    Gustavo Garcia Sanches 15/out/2019

    Poxa Getúlio, como sempre ajudando muito e de prontidão, muito obrigado mesmo.

    Eu vi algumas imagens de satélite e também achei na internet que a enseada da baleia sumiu completamente, esse trecho também não tem como mais passar por terra, é isso mesmo? Ai nesse caso teria que pegar o barco na barra da ararapira e atravessar para o cardoso direto?

  • Foto de J. Augusto

    J. Augusto 16/out/2019

    Ola Gustavo.
    Complementando as informações do Getúlio, creio ser possível sim pernoitar em Barra de Ararapira.
    Até porque é um trecho longo desde a o Superagui até o extremo do Parque. Então se sair pela manhã lá dos campings chegará já no incio da tarde lá em Ararapira.
    O lugar é uma pequena vila de pescadores.
    Qdo passamos lá até existia um camping estruturado, mas preferimos ficar no quintal da casa do Sr Coto.
    Para usar os chuveiros quentes da residencia e também foi ele que nos levou para a Ilha do Cardoso, no barco dele.
    E acho que não terá dificuldades em encontrar informações atualizados com os próprios moradores ou donos de campings ou posadas sobre está o acesso a Barra de Ararapira.
    É um lugar muito procurado por bikers que vem da Ilha do Cardoso e seguem para Paranaguá, então não acho dificil encontrar informações atuais sobre campings e barcos para cruzar do PR até SP.

    Abcs

  • Foto de Gustavo Garcia Sanches

    Gustavo Garcia Sanches 18/out/2019

    Oi Augusto, muito grato pelo retorno também. Vou aguardar as informações atualizadas do Getulio, mas de toda forma acho que dezembro vou passar por ali também. Já conheço a região, mas faz muito tempo que não vou então é sempre bom informações atualizadas. Uma dúvida que eu continuo é em relação aquele trecho que o mar invadiu da enseada da baleia, que inclusive no seu tracklog você fez por terra né. Mas ali na hora algum barqueiro deve dar o suporte necessário.

    Grande abraço!

You can or this trail