Baixar

Distância

22,92 km

Desnível positivo

352 m

Dificuldade técnica

Moderada

Desnível negativo

132 m

Elevação máx

1.202 m

Trailrank

17

Elevação min

895 m

Tipo de trilha

Mão Única

Coordenadas

294

Enviada em

27 de dezembro de 2019

Registrada em

dezembro 2019

Pesquisa por Área de Passagem

Encontre trilhas que iniciem ou passem por áreas específicas que você selecionou.

Obtenha o Wikiloc Premium Atualização para remover Anúncios
Pesquisa por Área de Passagem Pesquisa por Área de Passagem
Seja o primeiro a aplaudir
Compartilhar
-
-
1.202 m
895 m
22,92 km

Visualizado 126 vezes, baixado 7 vezes

perto de São Jorge, Goiás (Brazil)

FICHA RESUMO:
Cidade-base: Vila de São Jorge / Alto Paraíso de Goiás (GO)
Extensão: 23 km (ida)
Tipo: Travessia
Duração: dois dias com pernoite ou um dia;
Navegação: Fácil, Sinalizada. Seguir as setas vermelhas até o Cânion 1 e depois as setas laranjas.
Severidade do meio: Moderada-Alta
Esforço físico: Moderado
Tipo de terreno/ambiente: terreno pedregoso, exposição ao sol, pedras escorregadias especialmente nas cachoeiras, travessias de rio.
Custos: Camping R$ 19,00; Ingresso: R$ 4 a 36 (Estrangeiros: R$ 36,00; Estrangeiros Mercosul: R$ 27,00; Brasileiros: R$ 18,00; Moradores do Entorno: R$ 4,00)
Aviso prévio/Reservas: Sim, online pelo Ecobooking
Obrigatoriedade de guia: Não
Melhor época: a trilha abre geralmente em fins de maio, até final de outubro. Os melhores meses são Junho a início de Agosto, quando as chuvas cessaram e o ambiente está mais fresco e verde. A trilha permanece fechada na época das chuvas (Novembro a Maio), no entanto, poderá ser fechada pela administração do Parque a qualquer tempo, sem aviso prévio, se o nível do Rio Preto subir, por ocorrência de incêndio florestal ou por quaisquer outras situações extraordinárias que justifiquem o fechamento da trilha.
Acesso: A trilha tem início no Centro de Visitantes do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, na Vila de São Jorge, distrito de Alto Paraíso de Goiás.
Rodoviária mais próxima: Alto Paraíso de Goiás
Aeroporto mais próximo: Aeroporto Internacional de Brasília – Presidente Juscelino Kubitschek (BSB)

OUTRAS INFORMAÇÕES:
Com 23 km de extensão, pode ser percorrida em dois dias com pernoite, ou em apenas um dia para os mais preparados ou apressados. A sinalização excelente, pouca variação altimétrica, poços para banho e ótima área de camping que inclui um banheiro seco são confortos que se contrapõem ao calor intenso, exposição constante ao forte Sol do Cerrado e à longa distância a ser percorrida no primeiro dia. O PARNA Chapada dos Veadeiros a classifica como “Muito pesada” e os mais experientes como “Moderada”.

Para percorrer a Travessia das Sete Quedas é necessário fazer e pagar a sua reserva através do sistema Ecobooking. Por ser uma das poucas trilhas com pernoite autorizadas e manejadas na região, a concorrência é enorme e as vagas para finais de semana esgotam rapidamente. Portanto, a primeira dica é: se você pretende percorrer em um final de semana, defina uma data e acompanhe no Ecobooking e canais de comunicação do PARNA Chapada dos Veadeiros para saber o dia a partir do qual poderão ser feitas as reservas. Assim que abrir, faça a sua e de seu grupo imediatamente. Até 2019 cada pessoa poderia reservar até 4 vagas. Tenha em mãos nome completo, endereço, email, CPF, RG, data de nascimento e contato de emergência de todas as pessoas para as quais fará a reserva.

A segunda dica pré-trilha é: combine o serviço de transporte com algum guia ou operador local ou prepare-se para tentar uma carona na beira da pista para o final da travessia. A trilha termina na margem da rodovia GO-239 (Coordenadas 14°8.022’S 47°43.675’O), a 12 km de São Jorge e 24 km de Alto Paraíso. No ponto final não há estruturas de apoio e não há serviço de transporte do Parque ou linha de ônibus regular entre Alto e São Jorge. O serviço de transporte não é caro, é eficiente, não depende da sorte e ainda contribui para a economia local. Mas se mesmo assim você preferir tentar uma carona, esteja ciente de que não há sombras no local.

Geralmente opta-se por pernoitar em São Jorge ou Alto Paraíso no dia anterior à trilha. Entretanto, é possível sair de Brasília na madrugada do primeiro dia. Considere começar a trilha até às 9h e que a viagem até a Vila de São Jorge pode levar até 3h30min. Dê preferência para deixar o carro na Vila e ir caminhando até o Parque, ou negocie com seu prestador de serviço de transporte se pode levá-lo no Parque. Em São Jorge geralmente fico no Camping Kalabura ou no Hostel Casa da Sucupira e fecho o transporte com o Diogo, que inclusive faz o transporte para grupos maiores (ver contatos no final).

ATENÇÃO:
- As informações aqui contidas não são um incentivo a visitas desprogramadas ou despreparadas. Trata-se de rota de trekking em ambiente natural, sendo necessário conhecimento das técnicas, equipamentos e riscos envolvidos. Você é o principal responsável por sua própria segurança. Se não estiver preparado ou não se sentir seguro quanto sua capacidade de realizar a travessia, contrate um guia.

- Sempre informe alguém sobre seus planos, itinerário detalhado, composição do grupo e horário previsto de retorno. Tenha à mão os dados de cada integrante do seu grupo, incluindo tipo sanguíneo, informações sobre alergias e contato de emergência.

CONTATOS:
- Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: 62 3455-1114
- Alex (guia, transporte, camping em São Jorge): 62 999218238
- Diogo – Casa da Sucupira (guia, transporte, pousada em São Jorge): 61 999596533
- Centro de Atendimento ao Turista – CAT Alto Paraíso: 62 34461159
- Samuel (aluguel de equipamentos em Brasília): 61 999338383

Maiores informações visite:
http://www.icmbio.gov.br/parnachapadadosveadeiros/guia-do-visitante.html
http://www.matoepedra.com
Waypoint

GO-239 (Fim)

Waypoint

Posto da Mata Funda

Waypoint

Cânion 1

Waypoint

Travessia do Rio Preto

Waypoint

Camping das Sete Quedas

Waypoint

Cachoeiras

Waypoint

2ª Travessia do Rio Preto

Waypoint

Ponte/Rodoviarinha

Travessia do Rio Preto
Waypoint

Centro de Visitantes

Comentários

    Você pode ou esta trilha