Horas  um dia 5 horas 15 minutos

Coordenadas 3448

Uploaded 18 de Junho de 2018

Recorded Junho 2018

-
-
1.212 m
883 m
0
7,4
15
29,77 km

Visualizado 768 vezes, baixado 89 vezes

próximo a São Jorge, Goiás (Brazil)

Travessia realizada em dois dias, iniciando no Sábado e terminando no domingo.
A travessia das Sete Quedas tem esse nome por causa da cachoeira das Sete Quedas que se encontra ao lado do único camping dentro da reserva, é uma parte do rio onde existem sete pequenas quedas d'água que formam poços rasos e cristalinos. Para chegarmos lá iniciamos uma viagem de carro na sexta-feira a noite de Brasília ao vilarejo de São Jorge que se encontra na entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. Lá ficamos na pousada Refúgio, que reservamos por indicação, fechamos um valor de 100 reais por pessoa com o resgate no domingo, pois o final da travessia é na rodovia a 13km de São Jorge e decidimos já ter um resgate do que pedir carona.
Chegamos na pousada mais ou menos as 21h30, jantamos em um restaurante e fomos dormir.
É recomendado que estejam na entrada do parque antes da 8hs, pois quanto mais cedo iniciar a travessia, mas chance de aproveitar o parque e chegar com luz no camping. Nós acabamos nos atrasando na pousada, tomando café da manhã e acertando o pagamento, que chegamos as 8hs e até preencher a papelada, entregar os comprovantes, se arrumar, tirar fotos do grupo... bem, saímos por volta das 8h40m.
No inicio das trilha há um mapa gigante onde pode-se ver todas as trilhas do parque e para chegar nas Sete Quedas é só seguir a seta vermelha que leva aos Canyons II, mais a frente haverá uma bifurcação com a indicação de um lado para os Canyons II e Carioquinhas e do outro 13km para as Sete Quedas, ali você decide se quer ir direto para as sete quedas, ou passar pelos outros atrativos. Se decidirem passar pelos Canyons e Carioquinhas, como fizemos, tenha cronometrado muito bem o tempo de visitação de cada um, pois isso acrescenta mais 10kms de caminhada, totalizando 23km no primeiro dia. Depois de 1km da bifurcação, que separa a trilha das Sete Quedas das outras, há uma placa indicando que a 400 metros tem os Canyons I para um lado e para o outro indicando mais 12km para chegar no camping. A partir dali, só poderá seguir que tiver a autorização para acampar no parque. A caminhada é longa e, como as copas das árvores do cerrado são muito baixas, não há praticamente nenhuma sombra relevante, então a caminhada além de longa é em baixo de sol e seca até a travessia do rio Preto, por isso mantenha sempre a garrafa de água com água. Depois da travessia do rio começa a parte mais longa da trilha, onde o caminho se distância do rio e o sol pode castigar mais, pois a partir dali s´s vai encontrar novamente com o rio quando chegar no camping. No nosso caso, iniciamos a trilha depois dos Canyons I depois das 14hs, um erro, pois no grupo havia pessoas menos preparadas, o que nos levou a chegar no camping quase as 19hs.
O camping não é grande, mas é bem organizado. Fomos os últimos a chegar e tinha bastante espaço para montar barraca. Dizem que há um banheiro seco, mas eu não vi. Não se pode fazer fogueira, só usar fogareiro. Quem esta no camping tem que ser responsável com seu lixo e respeitar muito o meio ambiente não tomando banho no rio com sabonete ou shampoo, ou escovando os dentes dentro do rio para não contamina-lo. Deve-se ser bem consciente. A noite o espetáculo do céu é indescritível.
O segundo dia são mais 6kms até o final da trilha na beira da estrada, atravessando as Sete Quedas, onde tomamos um banho e relaxamos antes de seguir. Os 6kms finais parecem fáceis depois de caminhar 23 do dia anterior, mas há muita subida onde o esforço físico é bem maior, não se enganem. Depois de muita subida se chega a uma guarita vazia onde se tem uma torre de celular, acredito eu, ali se pode ter sinal para que quiser ligar para um resgate, recomendo usar a Vivo, que é a que tem melhor sinal. A partir dali se segue por uma estrada de chão e faltando 300 metros para o final você deixa o cartão que recebeu no inicio da trilha em um caixa de correio que indica que você terminou a travessia.
As paisagens do cerrado são tão lindas que pagam qualquer esforço que se faz!
Indescritível!

Comentários

    You can or this trail