-
-
1.678 m
777 m
0
9,8
20
39,11 km

Visualizado 679 vezes, baixado 95 vezes

próximo a Cardeal Mota, Minas Gerais (Brazil)

Os voluntários do PARNA Serra do Cipó responsáveis pela coordenação do Projeto Travessias do Cipó disponibilizam aqui a versão oficial atualizada do tracklog da travessia Alto Palácio – Serra dos Alves. Ao longo dos últimos dois anos foram realizados ajustes no traçado, que privilegiam trajetos com maior beleza cênica e menor impacto ambiental.
Boa parte da trilha está marcada com estacas amarelas, em caráter provisório, como forma de indicar o melhor caminho a ser tomado e evitar a abertura de trilhas secundárias desnecessárias que podem desencadear processos erosivos. Após a consolidação do traçado, será iniciada a instalação da sinalização definitiva, conforme os resultados da oficina de sinalização realizada no segundo semestre de 2016.
Cabe lembrar que a travessia Alto Palácio – Serra dos Alves é limitada a 30 participantes por abrigo e as inscrições agora são feitas por meio do site Ecobooking (www.ecobooking.com.br).
Seguem algumas informações para quem realiza a travessia no sentido Alto Palácio a Serra dos Alves:

Alto Palácio até o Travessão: não há maior dificuldade nesse trecho da travessia. Fique atento após a descida do morro, junto às pinturas rupestres, onde há um entroncamento com outra trilha. O caminho a ser tomado é o que segue para o Travessão, divisor de águas das bacias dos rios Doce e São Francisco, utilizado no passado como único ponto de passagem neste trecho da Serra. Não deixe de visitar o mirante na encosta de morro mais ao sul, com um dos mais belos visuais das escarpas do vale do Rio do Peixe.

Travessão até a Casa de Tábuas: após deixar o Travessão você irá cruzar duas vezes um dos córregos formadores do Rio do Peixe. Depois de cruzá-lo pela segunda vez, a trilha segue pela esquerda, por um descampado, até uma estreita passagem no morro mais à frente. Depois siga à direita, onde tem início a rampa até os altiplanos da Serra. Opte por subir pela crista, onde a paisagem é deslumbrante. Já no cume, fique atento para a trilha que desce pela encosta à direita, rumo à Casa de Tábuas.

Casa de Tábuas até a Casa dos Currais: trata-se de um trecho relativamente curto, mas que exige um pouco de atenção. Após a canela-de-ema gigante, a trilha entra na mata e depois segue pela encosta da serra até uma área de campo, onde tem início a subida de um dos picos mais altos do Parque (aproximadamente 1.690m). Você pode optar em contorná-lo pela direita ou subir até o cume, onde a vista é espetacular. Atenção: um pouco depois desse morro, o traçado segue pela direita, passando por uma cerca e por uma ampla região de campos, até o acesso à Casa dos Currais.

Casa dos Currais até Serra dos Alves: não há dificuldade para realizar esse trecho da travessia, uma vez que a trilha está bem marcada. Aproveite para visitar alguns atrativos ao longo do caminho como o mirante junto ao Cânion Boca da Serra e a cachoeira dos Cristais, na descida para Serra dos Alves. A travessia do rio Tanque é feita pela precária ponte pênsil, que ainda aguarda por uma reforma.

É sempre é bom lembrar:
- É proibido fazer fogo no Parque (inclusive nos abrigos). Além do risco de incêndios, o ambiente irá sofrer com o consumo de madeira, se muitos adotarem essa prática;
- Mantenha-se na trilha. A abertura de trilhas secundárias pode favorecer processos erosivos irrecuperáveis;
- Envie um breve relato da travessia para a administração do PARNA Cipó. São informações importantes que podem resultar em melhorias;
- Encontrou gado dentro do Parque? Divulgue e denuncie essa prática ilegal que causa grandes impactos em áreas naturais.

A consolidação do traçado da travessia e a abertura de novos roteiros dependem muito do envolvimento dos voluntários. Tem interesse em colaborar? Entre em contato com a administração do PARNA Serra do Cipó e informe-se.

1 comment

  • Andre Castro 18/fev/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Cenário belíssimo. A trilha está bem demarcada, porém em alguns pontos não há pisoteio. As estacas amarelas ajudam bem mas devido a cor muitas vezes se perdem na vegetação. Agradeço a equipe pela ótima formulação do trajeto. Travessia memorável.

You can or this trail