-
-
1.532 m
492 m
0
4,1
8,1
16,26 km

Visualizado 553 vezes, baixado 82 vezes

próximo a Madeireira Dal’Pai, Paraná (Brazil)

Travessia Alpha - Ômega pela Serra do Marumbi

Travessia desenhada utilizando como referências as cartas topográficas do Banco de Dados Geográficos do Exército; Cartas do IBGE, e diversos relatos sobre a mesma na internet.

DEVE SER USADA COMO REFERÊNCIA PARA NAVEGAÇÃO POR ROTA E NÃO POR CAMINHO.

Deve ser usado apenas por pessoas experientes em navegação e orientação terrestre ou como base para o Geoplanejamento de Aventuras, Expedições e Viagens .

O caminho real em comparação com o apresentados pelo traçado pode sofrer desvios de 100 a até 200 metros , porém, os pontos de referência e rumos para estes pontos vão apresentar desvios de no máximo 30 metros em relação ao terreno real.

Estes desvios praticamente se tornam irrelevantes ao utilizar mapas 1:50.000 (Não precisa dizer que o uso de GPS comum é altamente instável, se for utilizar GPS, coloque uma antena externa de alta sensibilidade sobre a mochila, mas mesmo assim, é recomendado que use mapa e bússola)

Ótimo relatos com muitos detalhes, inclusive mapas (sem estes relatos não seria possível desenhar este tracklog).

Travessia Alpha-Ômega/ Serra do Marumbi, PR
http://geokiriri.com/travessia-alpha-omega-serra-do-marumbi-pr/

A mítica travessia Alpha-Ômega
http://altamontanha.com/a-mitica-travessia-alpha-omega/

Travessia Alpha Ômega
http://altamontanha.com/travessia-alpha-omega/

Travessia Alpha Crucis: Atravessando as Serras do Ibitiraquire, Farinha Seca e Marumbi
http://blogdescalada.com/travessia-alpha-crucis/

Travessia Alpha-Crucis
https://aventurebox.com/lcechinel/travessia-alpha-crucis/report

Posts Tagged ‘travessia alpha ômega’
https://www.nasnuvensmontanhismo.org.br/tags/travessia-alpha-omega/

Travessia Alpha-Ômega – Serra do Marumbi
http://www.tmtrekking.com.br/travessia-alpha-omega-agosto2015/

Travessia A-O
http://maismontanha.blogspot.com/2018/04/travessia-o-20-21-e-22-de-abril-de-2018.html

1 Travessia, 27 horas, 13 montanhas
http://www.puromontanhismo.com.br/2015/05/16/1-travessia-27-horas-13-montanhas/

Este tracklog não comprovação e validação em campo!

Deve ser usado apenas por pessoas experientes em navegação e orientação terrestre ou como base para o Geoplanejamento de Aventuras, Expedições e Viagens .

O caminho real em comparação com o apresentados pelo traçado pode sofrer desvios de 100 a até 200 metros , porém, os pontos de referência e rumos para estes pontos vão apresentar desvios de no máximo 30 metros em relação ao terreno real.

Estes desvios praticamente se tornam irrelevantes ao utilizar mapas 1:50.000 (Não precisa dizer que o uso de GPS comum é altamente instável, se for utilizar GPS, coloque uma antena externa de alta sensibilidade sobre a mochila, mas mesmo assim, é recomendado que use mapa e bússola)


Principais picos da travessia;

Morro do Canal - 1340m
Morro do Vigia - 1357m
Ferradura - 1400m
Carvalho - 1450m
Sem nome - 1410m
Mesa - 1370m
Alvoradas - 1420m
Sem nome 2 - 1438m
Pelado - 1480m
Pico Marumbi Verdadeiro e ponto mais alto da Serra do Marumbi - (Também conhecido pelos seus ombros, o Leão e o Ângelo) - 1563m
Boa Vista - 1486m
Lagartixa - 1338m
Olimpo - 1539m
Gigante - 1487m
Ponta do Tigre - 1400m
Esfinge - 1378m

Embora centenas de trekkers realizem esta travessia discretamente e não assumem que fazem, não esquecer que é uma Unidade de Conservação e seu acesso é proibido pelas autoridades, antes de se aventurar, busque autorizações com os gestores da região.

View more external

Cachoeira Dos Marumbinistas Morretes, Mesorregião Metropolitana de Curitiba, BRA
Estação Marumbi Morretes, Mesorregião Metropolitana de Curitiba, BRA
Pedra Do Almoço Morretes, Mesorregião Metropolitana de Curitiba, BRA

16 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 28/jan/2019

    Olá Henrique!
    Me desculpe observar, mas a graça e o desafio dessa travessia consiste justamente na perspectiva de descobrir e traçar o melhor caminho - ou seja, navegar sem dispor de uma tracklog de GPS, ainda que desenhada (mastigada) por alguém.
    Guardadas as devidas proporções, é como alguém escalar o Everest, usando oxigênio e carregado de liteira pelos Sherpas!
    Sem falar que se trata de área de visitação proibida, pois oficialmente é área intangível de Parque Estadual, cuja distribuição aberta, além de violar os termos de uso do próprio serviço Wikiloc (não postar áreas cujo ingresso/permanência sejam proibidas), pode acarretar sanções administrativas e até penais ao divulgador, como já ocorreu outras vezes.
    Pense nisso!
    Bons ventos!

  • Foto de Henrique Boney

    Henrique Boney 28/jan/2019

    Fala mestre, obrigado. Grande abraço também.

  • Foto de paulo.meneguello

    paulo.meneguello 3/fev/2019

    Aí Henrique, longe de mim querer cagar regra, mas com base no que vemos no Ibitiraquire, pense bem em deixar público esse track!
    Tirando que se começar a ter resgates no trajeto, será mais um argumento para continuar a proibição de acesso.

  • Foto de Henrique Boney

    Henrique Boney 4/fev/2019

    Vc tem razão. Pessoal tem que se preparar melhor.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 5/fev/2019

    Hoje que vi o vídeo...
    Outra observação importante: esta track não deve ser usada, e se for, não deve ser utilizada só por pessoas com experiência em "geoplanejamento de aventuras", mas por pessoas que também realmente saibam navegar na selva sem GPS, estejam acostumados e tenham "peito" para encarar trechos de mata sem trilha ou rastros, repletos de gretas sobre serrapilheira podre e, se der merd@, estejam preparados para aguentar o rojão até dois dias no mato até o GOST chegar pra se livrarem da enrrascada e, se vivos, saírem devidamente autuados!

  • Foto de Henrique Boney

    Henrique Boney 5/fev/2019

    Exatamente. boa observação.

  • Foto de BrennoLiz

    BrennoLiz 5/fev/2019

    Vixe.. Mais um!

  • Foto de felcorrt

    felcorrt 16/fev/2019

    Tesão! Isso aí pau na moleira, guerreiro q é guerreiro encara e n fica chorando...parabéns pela raça!

  • Foto de Osmario Putziger

    Osmario Putziger 3/mai/2019

    Olá, boa trilha... Me diga uma coisa, os pontos mercados não tem fotos? Água no caminho é fácil encontrar? Parabéns pela trilha e por compartilhar.

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 9/mai/2019

    Fala Osmário!
    Os pontos não tem fotos porque se você observar a descrição esta tracklog foi "desenhada" à mão sobre o mapa, e não captada por GPS, de modo que NÃO SE PRESTA para efetiva navegação, tão somente para referência, alerta esse que deve FICAR CLARO, como aliás já disse acima.
    As divergências entre o desenhado e o percurso real a ser feito são gritantes, então NÃO SE DEVE CONFIAR nessa track para percorrer este trajeto. Aliás, que se trata de área intangível de Parque Estadual, e por isso sujeito a autuação (multa) por crime ambiental, já que contraria a permissão de uso público do Plano de Manejo do PE Marumbi.
    Me desculpem a sinceridade, mas ao contrário de dar parabéns, acho que a situação é para uma "puxada de orelha", já que este tipo de track não deveria ser compartilhada publicamente, pois somente estimula pessoas, a maioria despreparadas, a visitarem uma região frágil e que oficialmente é proibida ao uso público, além de colocar pessoas em risco caso não observem as advertências sobre a imprestabilidade do tracklog para navegação, uma vez que a região oferece grandes riscos, sendo o menor deles o de se perder.
    Até mesmo GPS de trilha perde sinal em vários trechos deste percurso. O Boney, como instrutor de orientação deveria ponderar sobre isso.
    Abraços e boas trips!

  • Foto de Henrique Boney

    Henrique Boney 9/mai/2019

    Exatamente, deve se usada apenas para referência de planejamento.

  • Foto de Henrique Boney

    Henrique Boney 9/mai/2019

    O caminho real em comparação com o apresentados pelo traçado pode sofrer desvios de 100 a até 200 metros , porém, os pontos de referência e rumos para estes pontos vão apresentar desvios de no máximo 30 metros em relação ao terreno real.

    Estes desvios praticamente se tornam irrelevantes ao utilizar mapas 1:50.000 (Não precisa dizer que o uso de GPS comum é altamente instável, se for utilizar GPS, coloque uma antena externa de alta sensibilidade sobre a mochila, mas mesmo assim, é recomendado que se use mapa e bússola)

  • Foto de ultrasp100

    ultrasp100 12/mai/2019

    Só pra Matero...acima de 30 anos de serra...aqueles que não usam GPS...Só nas cartas do EB

  • Foto de Henrique Boney

    Henrique Boney 16/mai/2019

    Se me perguntarem, eu nunca cheguei nem perto.

  • Foto de carvalhojhonatan22

    carvalhojhonatan22 22/jun/2019

    com todos esse comentários, não tirou ainda ou deixou privado pq?

  • Foto de carvalhojhonatan22

    carvalhojhonatan22 22/jun/2019

    I have followed this trail  View more

    tira esse track do ar

You can or this trail