Tempo em movimento  uma hora 23 minutos

Horas  6 horas 59 minutos

Coordenadas 1074

Uploaded 5 de Maio de 2018

Recorded Maio 2018

-
-
1.453 m
103 m
0
1,9
3,8
7,51 km

Visualizado 226 vezes, baixado 11 vezes

próximo a Sítio Pinheirinho, Paraná (Brazil)

Torre da prata - morretes 05/05/18.

A Dificuldade desta trilha esta relacionada diretamente à sua inclinação.
O Começo é relativamente tranquilo, a floresta é exuberante, com árvores de grande porte que chamam muito a atenção, principalmente os figueiros bravos que se moldam sobre outras árvores com seu abraço mortal.
Mais ou menos depois de 1/3 da trilha percorrida a inclinação aumenta e vai assim praticamente até o famoso rio considerado o mais alto do paraná. O rio é parada obrigatória, pois além de proporcionar a água muito boa e limpa (sempre com ressalvas é claro), é um local fresco que reserva um certo aconchego.

Depois do rio o aspecto da trilha muda bastante. É a intersecção entre floresta e campo de altitude.
Nesse trecho, dali até o cume, passa-se por um tipo de capinzeiro encharcado e lamacento, onde se encontram cordas e grampos para auxílio... grato por quem os colocou lá... o trecho é "nojento" ... dali até o cume é uma passada rápida.

Como um todo a trilha é muito boa.

Com o uso do wikiloc não tem erro... usamos apenas para encontrar o começo da trilha.

Equipamentos: Bastão ajuda (me arrependi de não levar), quem levou aproveitou bem o equipamento. Usei luvas emborrachadas... no lugar do bastão foram uma mão na roda nos trechos onde é necessário agarrar-se em rochas e no capim, onde as vezes existem bromelhas espinhentas. No trecho de baixa altitude existem muitas plantas com espinhos, inclusive o Tucum, que deixou uma companheira de trilha com a mão castigada em nosso retorno, pois fizemos no escuro e fica difícil ver tudo mesmo com lanternas.

No geral classifico a dificuldade dessa trilha de forma muito próxima à dificuldade encontrada na trilha ao Pico do Paraná. Digo isso conforme o desgaste físico sofrido.
É claro que cada trilha tem suas particularidades técnicas.
Torre da prata não tem muitas dificuldades ou perigos relacionados à pontos expostos, com grandes riscos de queda como no PP, nesse sentido é mais tranquila.

Espero ajudar com minhas impressões sobre essa trilha.

Atte.;

Sergio Pohlenz (Grupo Andejos)

Comentários

    You can or this trail