Coordenadas 2710

Uploaded 20 de Abril de 2019

Recorded Setembro 2018

-
-
1.199 m
714 m
0
3,9
7,8
15,58 km

Visualizado 8 vezes, baixado 0 vezes

próximo a Villanueva de Aézcoa, Navarra (España)

Hiriberri, uma aldeia nas alturas, é o nosso ponto de partida, ali mesmo ao pé da serra de Berrendi. E toda a etapa se vai desenrolar em solos do vale de Aezkoa, um vale calmo e distante onde hoje vivem cerca de 10000 almas que se dedicam à criação de gado e trabalhos florestais. A vaca pirenaica esteve à beira da extinção, este foi o seu último reduto, a partir de onde foi feito o repovoamento.
Depois do excelente pequeno almoço, saímos da povoação seguindo as marcas da GR11 - primeiro por asfalto, depois terra batida, e, a partir do desvio para Orbaitzeta, é um single-track com algumas silvas para uma saudável esfoliação 😊
Mas é uma bela e suave descida que nos leva a uma ponte medieval onde atravessamos o rio Irati. O rio nasce no meio de uma majestosa floresta à qual dá o nome, resultando da confluência das ribeiras Urtxuria e Urbeltza. Logo mais adiante fica preso na barragem de Irabia, de onde segue para uma viagem de 15 km pelo vale de Aezcoa.
Do outro lado da ponte fica a aldeia de Orbara, onde há um bar-restaurante mas... estava fechado.
Segue-se uma subida durinha por um caminho de pedras desgastadas pelo tempo, na encosta do Latxaga. Estreito e sombrio, requer cuidados nalgumas secções onde as pedras, húmidas, se tornam muito escorregadias.
Por fim desembocamos numa ampla clareira rodeada de faias gigantes, um local absolutamente mágico onde ficamos um pedaço, até nos sentirmos em plena harmonia com o Planeta e o Universo. A custo abandonamos este recanto da floresta - mas sabíamos que muitas outras oportunidades viriam, o TIB é isto mesmo.
Continuamos a subir, por caminho mais aberto e menos inclinado até atingir o cume, já dentro de outra floresta de faias: Aitxartea-Lixarkoeta, 1115 metros, onde chegamos já almoçados.
Continuamos ao longo da bela floresta de faias e pinho negro, uma descida ligeira até aos 1050 metros de Txutxurita.
Aqui abandonamos a GR11 para seguir a GRT8 para Fabrica de Orbaitzeta. Esta GRT é mais uma das interligações entre as transpirenaicas GR10 e GR11.
Preciosa, fascinante, a floresta na descida para a Fabrica. Mas a chuva e trovoada que nos perseguiam fizeram-nos estugar o passo, acabamos por passar as ruínas sem nada ver. Debalde. A 850 metros de Mendilatz ela desabou e de tal forma que mesmo tendo envergado os impermeáveis, chegamos bem encharcados ao Albergue.
Reserváramos préviamente o alojamento, que já conhecíamos de quando fizemos a GR11. Ficou por 112 euros o casal, dormida, jantar, pequeno-almoço e piquenique para o dia seguinte. O jantar é servido às 20:30 e posso dizer que a truta com jamón é uma das boas opções do menú 😊

Links para as restantes etapas:

Etapa 1 - 21.8 km Otsagabia - Hiriberri
Etapa 3 - 35.3 km Mendilatz - Les Chalets d'Irati
Etapa 4 - 19.6 km Les Chalets d'Irati - Larrau
Etapa 5 - 28.1 km Larrau - Santa Grazi
Etapa 6 - 25.9 km Santa Grazi - Izaba
Etapa 7 - 22.4 km Izaba - Otsagabia
Percurso global - trilho agregado - 169 km 7 etapas


(screenshot de Garmin Basecamp)

Comentários

    You can or this trail