Tempo em movimento  2 horas 53 minutos

Horas  8 horas 54 minutos

Coordenadas 1851

Uploaded 10 de Junho de 2018

Recorded Junho 2018

-
-
2.258 m
1.560 m
0
2,7
5,4
10,73 km

Visualizado 277 vezes, baixado 15 vezes

próximo a Queimada, Minas Gerais (Brazil)

Georreferenciamento dos locais de aplicação das setas de sinalização da TransMantiqueira do trecho Marins-Itaguaré realizado durante o primeiro mutirão do Programa de Voluntariado da APASM com apoio da AMPM
Km 0 Local de referência: Início da trilha Tipo: pintada Suporte: placa rústica com informações educativas Medida sugerida: substituir a placa que encontra-se em condições precárias de conservação mantendo o caráter informativo e com a indicação da seta padrão da TMTQ
Km 0 Local de referência: Início da trilha Tipo: pintada Suporte: tronco de árvore Medida sugerida: -
Km 0 Local de referência: trilha em mata fechada antes da estrada antiga embargada Tipo: pintada Suporte: tronco de árvore cortada Medida sugerida: -
Km 0 Local de referência: Início da estrada embargada Tipo: zebrada Suporte: árvore Medida sugerida: totem com seta direcional OBS: neste ponto foi pintada uma seta no sentido contrário (com as cores da seta devidamente invertida) indicando a entrada da trilha de volta pra base dos Marins
Área de manejo 01: inicio do trecho da trilha em situação crítica de conservação Extensão: 120m aproximadamente até o Morro do Careca Problemas observados: erosão, aumento da profundidade das valetas e altura de degraus, alargamento da trilha, pisoteio da vegetação no entorno da trilha, fragmentação da vegetação com criação de pequenas ilhas no leito da trilha e carreamento da cobertura do solo.
Km 0 Local de referência: Morro do Careca Tipo: zebrada Suporte: estaca da placa educativa Medida sugerida: totem com seta direcional
Km 0 Local de referência: entrocamento da estrada com início da trilha na mata Tipo: zebrada Suporte: árvore Medida sugerida: totem com seta direcional e poda dos arbustos evidenciando a entrada da trilha
Km 0 Local de referência: início da trilha de ascensão ao Pico dos Marins Tipo: seta pintada Suporte: Banner com informativo de boas condutas na trilha Medida sugerida: manutenção de amarração do banner com fita tipo "enforca gato"
Área de manejo 02: trecho da trilha em situação crítica de conservação Extensão: 300m aproximadamente Problemas observados: erosão, aumento da profundidade das valetas e altura de degraus, alargamento da trilha, pisoteio da vegetação no entorno da trilha, fragmentação da vegetação com criação de pequenas ilhas no leito da trilha e carreamento da cobertura do solo. Obs: este trecho já foi alvo de dois mutirões de manejo coordenados pela AMPM com instalação de pequenas barreiras de tábua para contenção de terra levada pela chuva e formação de degraus
Km 0 Local de referência: trecho de transição para parte de rocha Tipo: zebrada Suporte: arbusto Medida sugerida: totem com seta direcional e poda dos arbustos evidenciando a entrada da trilha
Km 0 Local de referência: Tipo: seta pintada Suporte: pedra no chão Medida sugerida: totem com seta direcional
Área de manejo 03: clareira de acampamento Extensão: 2 clareiras de 6m de diâmetro aproximadamente (capacidade de 3 a 4 barracas) Problemas observados: supressão de vegetação para abertura de acampamento e material lenhoso queimado (uso de fogueira) Medidas sugeridas: avaliar viabilidade de "oficializar" como área de acampamento ou interdição do local com avisos, isolamento com fitas/cordinhas para regeneração natural da vegetação
Km 0 Local de referência: Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Presença bastante difundida de setas brancas sem padrão e critério técnico de aplicação indicando os dois sentidos da trilha. Medidas sugeridas: testar produto dissolvente não agressivo à rocha para remoção dessa pinturas com auxílio de escovão de aço.
Km 0 Local de referência: Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Presença bastante difundida de setas brancas sem padrão e critério técnico de aplicação indicando os dois sentidos da trilha. Medidas sugeridas: testar produto dissolvente não agressivo à rocha para remoção dessa pinturas com auxílio de escovão de aço.
Km 0 Local de referência: Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida: Obs: não tem foto da seta confirmatória da mudança de direção
Km 0 Local de referência: Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: Tipo: seta pchapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: trecho de escalaminhada antes do "bolder' Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: trecho de escalaminhada antes do "bolder' Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: trecho de subida do "bolder' Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: lajeado após a escalaminhada do "bolder Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: trilha pela borda esquerda de acesso ao platô de acampamento que fica antes de cruzar a água de acesso ao Pico dos Marins Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: trilha pela borda esquerda de acesso ao platô de acampamento que fica antes de cruzar a água de acesso ao Pico dos Marins Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida:
Área de manejo 06: charco Extensão: travessia de charco de 5m aproximadamente Problemas observados: supressão de vegetação, alargamento da trilha e abertura de atalhos, pisoteio de área prioritária para recarga do lençol freático Medidas sugeridas: passarela ou passagem suspensa em madeira Obs: no local foi iniciada uma ação de manejo (inacabada) com a colocação de 2 peças de madeira que provavelmente devem servir para a fixação de dormentes
Km 0 Local de referência: logo após área de charco (área de manejo 06) Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida: apagar seta branca irregular
Km 0 Local de referência: variante da trilha que segue para a direita após área do charco Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida: sinalização complementar indicando a trilha de acesso ao Pico dos Marins que está fora da linha mestra da travessia
Área de manejo 07: charco Extensão: travessia de charco de 5m aproximadamente Problemas observados: supressão de vegetação, alargamento da trilha e abertura de atalhos, pisoteio de área importante para recarga do lençol freático Medidas sugeridas: passarela ou passagem suspensa em madeira
Km 0 Local de referência: rampa de acesso ao Marinsinho, próximo ao ponto de água Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida: sinalização complementar indicando acesso água potável
Km 0 Local de referência: buraco (vala entre rocha) antes do ponto de água Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: Tipo: seta chapa Suporte: pedra Medida sugerida:
Km 0 Local de referência: trecho de escalaminhada antes do "bolder" Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida: apagar seta branca irregular
Km 0 Local de referência: Tipo: seta pintada Suporte: pedra Medida sugerida:
Presença bastante difundida de setas brancas sem padrão e critério técnico de aplicação indicando os dois sentidos da trilha. Medidas sugeridas: testar produto dissolvente não agressivo à rocha para remoção dessa pinturas com auxílio de escovão de aço.

Comentários

    You can or this trail