Horas  2 dias 6 horas 33 minutos

Coordenadas 4756

Uploaded 31 de Maio de 2019

Recorded Maio 2019

-
-
1.743 m
519 m
0
15
29
58,14 km

Visualizado 122 vezes, baixado 4 vezes

próximo a Cepeda, Castilla y León (España)

FOTOS DESTA E DE OUTRAS TRILHAS EM ”CAMINHANTES"

SIERRA DE FRANCIA: RUTA DE TRES DÍAS EN OCHO

Fomos à Sierra de Francia, situada na província de Salamanca, para uma oportunidade única de estar em harmonia com a natureza, numa aventura por trilhos místicos e paisagens bucólicas do Vale das Batuecas, que se deixa dominar pela imponente Peña de Francia, que se ergue até aos 1723 metros.

A Sierra de Francia está inserida no Parque Natural do Vale das Batuecas. Classificado como reserva da biosfera pela Unesco, distingue-se quer pela sua diversidade paisagística, quer pela sua enorme riqueza cultural. O vale tem uma incrível variedade de flora e fauna pela sua diversidade de altitude permite com que este possua zonas mais quentes e zonas de influência atlântica. Bosques frondosos, vales encantados e miradouros com vistas deslumbrantes espalham-se por todo o território que se encontra igualmente decorado por vários vestígios de outros povos, como pinturas rupestres e calçadas romanas.

Esta rota na Sierra de Francia é um percurso que une várias “rutas de senderismo” do Parque Natural do Vale das Batuecas, tornando o percurso circular. Por uma questão de logística, e como disponhamos só de três dias, optamos por iniciar o percurso na localidade de Cepeda e pernoitar as duas noites em La Alberca, considerando que o percurso realizado se configura a um oito.

Vamos falar um pouco dos “pueblos” da Sierra de Francia por onde andamos, que preservam as tradições e uma arquitetura particular, dizem que estavam prestes a desaparecer, mas foram recuperados gradualmente…

LA ALBERCA
Se há um "pueblo" que simboliza a Sierra de Francia, é sem dúvida La Alberca, foi a primeira a manter a arquitetura de montanha em suas casas, e estabelecer regulamentos para mantê-la. La Alberca é provavelmente a mais conhecida das aldeias e, por isso, a mais turística. O principal prazer de a visitar consiste em passear aleatoriamente pelas suas ruas labirínticas, reparando na arquitetura peculiar das casas, às riscas castanhas e brancas. A Praça Maior, rodeada por casas assentes em colunas, também é muito bonita e, quando chegamos à igreja, não nos passa despercebida a estátua de um porco em pedra. A razão da sua existência explica-se por no dia de Santo António, o município compra um leitão e solta-o na aldeia. Até fevereiro, os moradores dão-lhe de comer e, nesse mês, é rifado entre eles.


La Alberca - Plaza Mayor

MOGARRAZ
Mogarraz é um conjunto histórico e artístico, é uma aldeia medieval construída e repovoada no século XI pelos franceses, Gascon e Roussillon, proveniente de seus sobrenomes de origem gaulesa. Devido ao seu isolamento natural, preservou a arquitetura civil e militar em perfeitas condições. Preserva as suas tradições folclóricas, culturais e religiosas nos lintéis esculpidos de suas portas, a sua história é contada em epigramas. O seu artesanato é amplamente conhecido em toda a Espanha e no exterior, especialmente as suas joias e trajes tradicionais. Mas o que a torna verdadeiramente diferente são os quadros, 388 para ser exatos, pendurados nas fachadas das casas e da igreja. Nos quadros estão pintados os rostos dos antigos moradores da povoação. Foi um pintor local, Florencio Maíllo, que teve a ideia de os retratar, baseando-se para tal nas fotografias que os habitantes de Mogarraz tiveram de fazer, em 1967, para emitir os seus bilhetes de identidade.


Mogarraz - Plaza Mayor

MIRANDA DEL CASTAÑAR
Miranda del Castañar é uma aldeia histórica cujo casco antigo foi declarado bem de interesse cultural. Foi fundada por volta do século XII e foi a capital administrativa da Sierra de Francia, atingindo mais de 2.000 habitantes nos anos da guerra civil. Agora a população atinge os 500 habitantes. Carateriza-se por uma paisagem rústica de ar medieval, com seu castelo e muralhas, ruas estreitas e íngremes, brasões nas portas ou fachadas das casas senhoriais e construções populares de alvenaria e madeira, típicas da cordilheira de Salamanca, tendo a praça de touros quadrada mais antiga Espanha.


Miranda del Castañar - Castelo

FICHA TÉCNICA
Dias 25, 26 e 27 de Maio 2019
Percurso: Cepeda - Herguijuela de la Sierra - La Alberca - Collado de los Puertitos - Paso de los Lobos - Peña de Francia - La Alberca - Monforte de la Sierra - Mogarraz - Miranda del Castañar - Cepeda
Distancia: 58,2 km
Duração: 2 dias 6 horas 33 minutos
Tempo em movimento: 13 horas 36 minutos
Tempo parado: 1 dia 16 horas 57 minutos
Movimento médio: 4,3kms/h
Acumulado positivo: 2849m
Acumulado negativo: 2851m

VER TRILHAS DAS ETAPAS
1º DIA: RUTA CEPEDA - HERGUIJUELA DE LA SIERRA - LA ALBERCA
2º DIA: RUTA LA ALBERCA - PEÑA DE FRANCIA - LA ALBERCA
3º DIA: RUTA LA ALBERCA - MONFORTE - MOGARRAZ - MIRANDA DEL CASTAÑAR - CEPEDA





Se gosta das nossas trilhas adicione a sua avaliação no final da página.
Obrigado pelo seu comentário e avaliação.

Si te gusta nuestras rutas haz tu propia valoración al final de la página.
Gracias por tu comentario y valoración.

If you like our trails, leave your own review at the end of the page.
Thank you for your comment and review.

A equipa Caminhantes

Comentários

    You can or this trail