Tempo em movimento  2 horas 16 minutos

Hora  2 horas 26 minutos

Coordenadas 1741

Enviada em 22 de Setembro de 2019

Registrada em Setembro 2019

-
-
975 m
682 m
0
2,5
4,9
9,8 km

Visualizado 67 vezes, baixado 7 vezes

perto de Abelheira, Viseu (Portugal)

Este percurso, pela encosta da Serra do Caramulo, é uma versão mais curta de um que fiz anteriormente, como o tempo era pouco, o objectivo era fazer mais ou menos 10km e com passagem pela Capela São Barnabe, bem no alto desta encosta da Serra.
Com inicio junto à estrada em alcatrão, na aldeia do Couto, seguimos pela estrada em paralelos, sempre a subir, até chegar à aldeia da Abelheira.
Nesta aldeia o caminho percorre o centro da aldeia e termina junto chafariz na última casa da aldeia.
Aqui entramos num estradão em terra batida e iniciamos a subida dura em direcção às eólicas, por alguns quilómetros percorremos o planalto da Serra com paisagens fantásticas, bem no alto e junto às eólicas, iniciamos a descida, para o lado da encosta sul, antes do parque de merendas, viramos à direita e seguimos em direcção à capela de São Barnabé, que limita os concelhos de Vouzela com Tondela, na capela, paragem prolongada para apreciar a paisagem.
Agora era hora de descer, primeiro por um caminho em terra batida até à central eléctrica, aqui, viramos à direita e apanhamos a estrada em asfalto, esta descida é bastante acentuada e dura para os joelhos, antes de chegar à aldeia da Nogueira, junto a um depósito de água viramos à direita, atravessamos a ponte sobre o Rio Alcofra e seguimos por um caminho largo em terra batida durante cerca de 3 quilómetros e que nos leva até à estrada de alcatrão.
Ao chegar À estrada viramos à direita e seguimos pelo alcatrão até à aldeia do Couto onde iniciamos este pequeno percurso pela Serra do Caramulo.
De salientar que este percurso, com cerca de 10 km, não tem qualquer marcação, percorre uma parte do alto desta Serra do Caramulo e terá que ser realizado com ajuda do GPS.
Quanto à dificuldade, é fácil, tem apenas uma subida inicial mais dura, mas a beleza do trilho, principalmente no planalto da Serra compensa todo o esforço.
Em dias de muito calor ter atenção que o percurso é bastante exposto ao sol e no Inverno o vento e o frio no alto da Serra pode criar algumas dificuldades.
foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

foto

Foto

Comentários

    Você pode ou esta trilha