Tempo em movimento  3 horas 30 minutos

Horas  4 horas 27 minutos

Coordenadas 2746

Uploaded 8 de Dezembro de 2018

Recorded Dezembro 2018

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
983 m
569 m
0
3,9
7,8
15,64 km

Visualizado 183 vezes, baixado 10 vezes

próximo a Alcofra, Viseu (Portugal)

Mais um percurso pela Serra do Caramulo, idealizado e marcado por mim através do Mapa Google.
Desta vez a opção foi percorrer parte da encosta da Serra virada a Norte, pertencente à freguesia de Alcofra.
Iniciamos junto à Igreja Matriz de Alcofra e seguimos no sentido dos ponteiros do relógio, em direcção ao lugar de Novais através de um caminho florestal, este caminho, actualmente e derivado ao incêndio de 2017 encontra-se com alguma madeira caída mas de fácil progressão, o caminho leva-nos até a uma estrada em alcatrão já no lugar de Novais, aqui, viramos à direita e iniciamos uma subida acentuada até ao alto da Serra, no alto, percorremos o planalto até encontrar as marcações do PR2 de Vouzela, na intersecção do PR, viramos à direita e seguimos o trilho e as marcações até à povoação do Couto, lugar onde se encontra o albergue do caminho de Santiago do concelho de Vouzela.
Após passagem pelo centro da aldeia e pela capela local junto à estrada em asfalto, viramos à direita, depois, deixamos o alcatrão e viramos à esquerda, pela estrada em cubos e seguimos para a aldeia da Abelheira, ao chegar a esta aldeia e após percorrer a ruas da aldeia, na última casa e junto ao chafariz, deixamos as marcações do PR2 e iniciamos a subida dura em direcção às eólicas, por alguns quilómetros percorremos o planalto da Serra com paisagens fantásticas, bem no alto e junto às eólicas, iniciamos a descida, antes do parque de merendas, virar à direita em direcção à capela de São Barnabé e que limita os concelhos de Vouzela com Tondela, na capela, paragem prolongada para apreciar a paisagem.
Agora era hora de descer, primeiro por um caminho em terra batida até à central eléctrica, aqui, viramos à direita e apanhamos a estrada em asfalto, esta descida é bastante acentuada e dura para os joelhos, antes de chegar à aldeia da Nogueira, junto a um depósito de água viramos à direita, atravessamos a ponte sobre o Rio Alcofra e seguimos por um caminho largo em terra batida durante cerca de 1 quilómetro, depois deixamos o caminho, viramos à esquerda por um trilho florestal que se encontra actualmente com alguma vegetação, mas facilmente ultrapassável e leva-nos até ao fundo da serra junto às terras agrícolas, aqui passamos um pontão e subimos até encontrar a estrada em alcatrão, passamos a estrada e seguimos por um caminho agrícola até à aldeia de Cimo de Vila, neste lugar passagem por caminhos rurais bem apertados e que nos levam até à Estrada Nacional onde iniciamos o percurso.
De salientar que este percurso, com cerca de 15 km, não tem qualquer marcação, percorre grande parte do alto desta Serra do Caramulo e terá que ser realizado com ajuda do GPS.
Quanto à dificuldade, não sendo muito duro, tem algumas subidas bastante acentuadas, quando sobe, sobe mesmo, mas a beleza do trilho, principalmente no planalto da Serra compensa todo o esforço.
Em dias de muito calor ter atenção que o percurso é bastante exposto ao sol e no Inverno o vento e o frio no alto da Serra pode criar algumas dificuldades.

3 comentários

  • Foto de João Marques Fernandes (CSM)

    João Marques Fernandes (CSM) 6/fev/2019

    I have followed this trail  View more

    Obrigado pela partilha, Carlos Pinto. Em termos paisagísticos, o trilho revelou-se muito bonito. Nas zonas mais altas conseguiu mesmo atenuar a memória, muito presente, dos incêndios que devastaram esta região. Aproveitei ainda para esticar o trilho até à torre medieval de Alcofra, que bem valeu a visita. E a capelinha de S. Barnabé é mesmo um lugar mágico... vale todo o esforço para lá chegar!!! Cumprimentos!

  • Foto de CarlosPinto

    CarlosPinto 7/fev/2019

    Sem dúvida, João Marques Fernandes, esta encosta da Serra do Caramulo tem paisagens belíssimas, mas infelizmente o último incêndio devastou grande parte desta região.
    Continuação de Boas Caminhadas.

  • LCorreia 9/abr/2019

    Grato pela partilha e descrição útil.Parece ser um percurso muito interessante e acessível. Parabéns pelas fotografias e principalmente pelo vídeo!
    Eu e uns amigos temos um grupo de Caminhadas informais e amadoras - O Por Serras e Vales e estaria interessado em obter mais informações sobre este e outros percursos. Para o efeito e não querendo abusar da generosidade, deixo o meu e-mail pessoal:
    lmsdcorreia@gmail.com
    Grato pela atenção, grande abraço e boas caminhadas!
    Até breve.

You can or this trail