Horas  4 horas 43 minutos

Coordenadas 2939

Uploaded 5 de Julho de 2016

Recorded Junho 2016

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
1.302 m
964 m
0
4,7
9,4
18,8 km

Visualizado 1414 vezes, baixado 39 vezes

próximo a Lamas de Olo, Coimbra (Portugal)

Caminhada feita nas paisagens do Parque Natural do Alvão com partida e chegada da Barragem Cimeira. Durante o percurso faz-se a ascenção ao Planalto do Vaqueiro. Este, para além de ser uma área de pasto (bovinos, caprinos e equinos) foi, durante a 2:ª Guera Mundial um couto mineiro de extracção de Volfrâmio.

A serra do Alvão, paredes meias com o Marão, é uma área com formações xistosas do Silúrico de grande interesse paisagístico e geológico, cujo fulcro é a queda de água do rio Olo, em Fisgas de Ermelo. Aí, onde ocorrem quartzitos do Ordovício Inferior, dispõem-se as bancadas em anticlinal aberto e de eixo inclinado para SW, i.e. para jusante do rio Olo. A sua altitude é de 800 m, descendo em várias cascatas, um desnível de 250 m num percurso de 1500 m.

Cita-se ainda o filão de andaluzite no alto de Cravelas, a zona de Muas, o caos granítico que culmina na catedral granítica de Arnal e na queda de água do moinho de Galegos da Serra.
Em toda esta região a avifauna é abundante e diversificada, incluindo, nomedamente a águia-real, a qual ainda recentemente ali nidificava. Entre os mamíferos estão presentes, entre outros, o javali Sus scrofa, o corço Capreolus capreolus, o texugo Meles meles, a lebre Lepus granatensis e o coelho Oryctolagus cuniculus. Entre os répteis pode encontrar-se o sardão ou lagarto-de-água Lacerta schreiberi e a víbora cornuda Vipera latastei.

Não menos notável é a arquitetura tradicional de alguns dos seus povoados, sobretudo em Ermelo e Lamas de Olo, com uma arquitetura serrana própria e aspetos sociológicos, artesanais e paisagísticos de grande interesse, sem esquecer Fervença, com a sua zona agrária verdejante e formosa, disposta numa sucessão de socalcos.

Caminhada fácil, com alguns troços efectuados a corta-mato ou por velhos carreiros de progressão simples por apresentar apenas vegetação rasteira.

O único ponto de maior dificuldade encontra-se ao Km 8, na descida do planalto sendo que nessa zona a vegetação pode incomodar um pouco, embora seja contornável.
Panorâmica
Um dos muitos carreiros utilizados para a progressão
Panorama
Alto do Planalto do Vaqueiro
Um pequeno bosque com sombra
Com a aldeia do Barreiro ao fundo
A única que se encontra no percurso fora das aldeias
Uma joia em pleno Parque Natural do Alvão, é assim Lamas d' Olo, uma aldeia do concelho de Vila Real. Logo à chegada, salta à vista o casario em granito em que muitas das casas conservam ainda os telhados de colmo. A forte imagem rural destas casas antigas é complementada pelos canastros espalhados pela aldeia que merecem uma visita. Além do Parque natural do Alvão, que a rodeia, Lamas d’Olo é cercada por lameiros e campos de cultivo com características muito próprias. Deixe-se encantar por este exemplo do Portugal rural e observe a prática dos regadios, que permite pastos todo o ano. Ainda hoje, aliás, os animais desempenham um importante papel nesta terra, sendo a pastorícia uma atividade comum. Numa visita a esta aldeia, observe o quotidiano que imita as tradições de outros tempos. Embrenhe-se na natureza e prepare-se para percorrer um dos vários percursos pedestres aqui identificados e sinalizados. A água é também um elemento indissociável da vida desta pequena povoação: ali perto encontra duas barragens – Cimeira e Fundeira do Alvão - com duas albufeiras a partir das quais se avistam os altos cumes do Alvão e do Marão. O Miradouro de Lamas d' Olo e o Parque de Merendas da Barragem Cimeira são também pontos de passagem obrigatórios!
O terceiro da caminhada!
A barragem Cimeira, também conhecida como Barragem do Alvão, situa-se no coração do Parque Natural do Alvão, a uma altitude de 1060m. Este enorme espelho de água, construído na década de 40 e destinado ao regadio, é actualmente abrigo de dezenas de espécies animais, como por exemplo a lontra (Lutra lutra). Num dia calmo, o espectador mais atento poderá observar estes espécimes aproveitando o sol quente de altitude. A barragem situa-se cerca da vetusta Lamas De Olo e é um excelente local para uma caminhada, um piquenique ou apenas relaxar.

1 comment

  • Foto de PuraNatura

    PuraNatura 15/abr/2017

    I have followed this trail  View more

    Trilho excelente...

You can or this trail