Tempo em movimento  3 horas 3 minutos

Horas  3 horas 27 minutos

Coordenadas 2465

Uploaded 14 de Outubro de 2018

Recorded Outubro 2018

-
-
1.260 m
888 m
0
3,5
7,1
14,12 km

Visualizado 184 vezes, baixado 8 vezes

próximo a Tiradentes, Minas Gerais (Brazil)

Descrição adaptada do blog do Chico Trekking.

DESCRIÇÃO DA SERRA:

Localizada na região conhecida como Campos das Vertentes em Minas Gerais, a Serra de São José é um maciço de quartzito de mais de 10 km de extensão no sentido nordeste-sudoeste, rodeada pelos municípios de Prados, Tiradentes, São João Del Rei, Cel. Xavier Chaves e Santa Cruz de Minas.

Ao percorrer a região é impossível não notar a imponente Serra emoldurando a paisagem. E ao contrário, desde a sua cumeada é possível observar além de todas essas cidades e arredores, acidentes mais longínquos como a Serra da Lagoa Dourada e a porção oeste da Serra de Carrancas, Chapada das Perdizes e Abanador. Rica em biodiversidade, é uma área de transição, mantendo características de mata atlântica em suas encostas e campos rupestres e cerrado nas suas elevações. Por tudo isso, um "pulinho" na São José é algo obrigatório a todo caminhante.

DESCRIÇÃO DA TRILHA:

A travessia requer preparo físico relativo ao tempo de execução. O visual vale muito a pena e intercala vegetação e relevo diversificados, da mata atlântica ao cerrado. O ponto de partida adotado neste trekking foi a rodoviária da cidade. A trilha possui sinalização e é bem demarcada. Siga sempre pela trilha principal, sem entrar em qualquer bifurcação secundária até a estrada dos escravos. A partir daí suba seguindo a estrada de pedras e chegará no topo onde pode avistar a cidade de Tiradentes (seguindo à sua esquerda). Continuando neste trajeto poderá chegar na Cruz do carteiro (onde a tradição é atirar uma pedra sobre o monte que sustenta a Cruz) e, seguindo em frente, chegará à Cachoeira do Gamelão. Para seguir a travessia retorne até o mirante da primeira face da Serra que avista a cidade de Tiradentes e siga à sua direita seguindo pela trilha principal conforme demarcado no mapa. Ao chegar no ponto descrito como descanso terá uma bifurcação. A esquerda levará à uma trilha secundária mais complicada. Entre à direita seguindo pela trilha principal até uma porteira (neste momento eu segui a trilha da esquerda, mas cortei caminho para reencontrar a trilha principal). Lá haverá uma bela Cachoeira para descansar. Continuando após a porteira entre à primeira bifurcação à esquerda numa trilha demarcada pela erosão causada pela água. Após aproximadamente 2km chegará à cidade. Siga à esquerda e chegará ao centro histórico.

OBSERVAÇÕES:

Levei apenas um lanche leve (barra de cereal), mas 2 litros de água, visto que subi a serra numa época mais seca e os cursos d'água estavam minguados. Com exceção da subida e da descida, onde andamos sob a mata, todo a caminhada sobre o cume é realizada com exposição ao sol, portanto use roupas apropriadas e protetor solar.

Comentários

    You can or this trail