Tempo em movimento  3 horas 31 minutos

Horas  4 horas 33 minutos

Coordenadas 2831

Uploaded 22 de Agosto de 2018

Recorded Agosto 2018

-
-
1.219 m
754 m
0
4,1
8,1
16,2 km

Visualizado 175 vezes, baixado 7 vezes

próximo a Faifa, Viseu (Portugal)

Após termos percorrido, na Primavera, a parte mais baixa do Rio Bestança, parte do PR2 e PR1 onde se situam os Prados, agora, e em pleno Verão, a ideia era conhecer a zona mais elevada do Vale do Bestança situado na Serra de Montemuro e pertencente ao concelho de Cinfães.
Assim, trilhamos um misto do PR2, PR4 e PR5, de Cinfães a iniciar bem no alto, nas Portas de Montemuro, onde inicia o PR2, lugar também onde nasce o Rio Bestança e que dá o nome a este maravilhoso Vale.
Inicialmente seguimos as marcações do PR2, um trilho bem definido e sempre a descer até encontrarmos a bifurcação do PR5, já bem perto da povoação de Alhões, na bifurcação optamos por seguir o trilho do PR5 no sentido dos ponteiros do relógio e viramos à esquerda através de um caminho em pedra que nos leva até à aldeia de Alhões, aldeia que percorremos algumas ruas e daqui por uma descida bastante acentuada seguimos até ao Rio Bestança, nesta época com pouca água, passamos o Rio por uma ponte em pedra e iniciamos uma pequena subida até encontrarmos as marcações do PR4 e do PR2, aqui viramos à direita e tornamos a seguir as marcações do PR2 que nos leva novamente até ao Rio, após passarmos o Rio, subimos em direção à aldeia de Bustelo, aqui fomos conhecer a aldeia, passamos no café local e seguimos para o centro onde se encontra a Eira comunitária e lugar onde tem inicio o trilho PR4.
Daqui a subir através de calçada entre muros seguimos para o Centro de BTT de Alhões, que fica junto à estrada nacional, um espaço bem arranjado e relativamente novo mas, infelizmente, alguns actos de vandalismo já começaram a danificar esta infraestrutura.
Atravessamos a estrada e iniciamos outra subida bastante dura por caminho em terra que nos leva até ao alto de Alhões e junto à bifurcação do PR5 com o PR2, agora é seguir novamente o PR2 que tínhamos percorrido para aqui chegar e rapidamente chegamos às Portas de Montemuro, local onde iniciamos este percurso pela Serra de Montemuro.
O percurso é moderado, tem algumas subidas acentuadas mas nada de especial, com o trilho bem definido e as marcações bem visíveis, é relativamente fácil de seguir, contudo e como se trata de um conjunto de vários PR devem utilizar o GPS.
De salientar, que este percurso, na parte mais alta é muito exposto ao sol, no entanto, nas aldeias, existem pontos de abastecimento de água. Se o fizerem no Inverno ter algumas cautelas a este percurso de montanha porque o tempo no Inverno nesta Serra é bastante agreste.

3 comentários

  • Foto de marlenehenriques_

    marlenehenriques_ 25/dez/2018

    Este percurso passa pela Mata do Bugalhão?

  • Foto de CarlosPinto

    CarlosPinto 25/dez/2018

    Este percurso não passa na Mata do Bugalhão, o percurso inicia e termina nas Portas de Montemuro na encosta norte da Serra de Montemuro pertencente ao concelho de Cinfães. A mata situa-se a Sul desta Serra junto à aldeia do Picão pertencente ao concelho de Castro Daire.

  • Foto de marlenehenriques_

    marlenehenriques_ 25/dez/2018

    Obrigada pela informação.

You can or this trail