Tempo em movimento  6 horas 49 minutos

Horas  9 horas 21 minutos

Coordenadas 4589

Uploaded 27 de Janeiro de 2018

Recorded Janeiro 2018

-
-
1.163 m
926 m
0
6,7
13
26,8 km

Visualizado 205 vezes, baixado 7 vezes

próximo a Pretarouca, Viseu (Portugal)

Hoje decidimos partir à descoberta do planalto da Serra de Montemuro, estavam reunidas as condições ideais, em dia de sol, sem qualquer vento e porque nos últimos dias tinha nevado nesta zona, infelizmente a neve já estava quase toda derretida, lá seguimos em direcção à aldeia de Pretarouca, pertencente ao concelho de Lamego.
Como se trata de um percurso sem qualquer marcação, optamos por aproveitar a trilha partilhada na comunidade Wikiloc dos "Caminhantes", obrigado pela partilha, mas por razões logísticas iniciamos o percurso em aldeias diferentes.
Assim, com saída na aldeia de Pretarouca, descemos até junto à barragem do Rio Baselmão, atravessamos a ponte e subimos em direcção à aldeia de Dornas e, após visita a esta aldeia, na saída viramos à esquerda e iniciamos a subida até à aldeia do Feirão, pertencente ao concelho de Resende, de salientar que a passagem por este caminho implica atravessar algumas terras com bastante água (lameiros) e com passagem por uma zona florestal que implica algum corta mato entre a densa vegetação de giestas.
Após chegar ao Feirão iniciamos uma subida através de um caminho florestal até ao alto da serra junto ao parque das eólicas, aqui chegados, viramos para a aldeia da Talhada, mais uma vez, no parque das eólicas, teremos que efectuar mais um corta mato, mas nesta zona como praticamente não existe vegetação é de fácil realização, após encontrar o caminho que nos leva à estrada de alcatrão de ligação à Talhada rapidamente chegamos a esta aldeia e daqui através de caminhos agrícolas iniciamos uma descida bastante acentuada até junto a uma capela situada em zona florestal, para, e a partir desta zona, iniciar uma subida bastante dura em direcção à povoação de Panchorra, esta também pertencente ao concelho de Resende.
Após visita à povoação de Panchorra descemos em direcção ao Parque Fluvial da Panchora onde se encontra uma ponte romana muito bem tratada, esta zona do Parque Fluvial é digna de uma paragem prolongada tal a beleza do local.
Agora, era hora de subir para a aldeia da Gralheira, pertencente ao concelho de Cinfães e situada bem no alto desta Serra de Montemuro, esta aldeia, já com algum comércio tradicional e também com uma Praia Fluvial que no inverno é bastante frequentada.
Daqui, seguimos em direcção às terras de cultivo por entre diversos caminhos agrícolas, com passagem junto a uma levada e a um ribeiro, este caminho, nesta altura do ano, com bastante água o que torna a passagem difícil de forma a evitar a água.
Após passagem por esta zona agrícola, subimos ligeiramente através de uma área com bastantes carvalhos até chegarmos ao Planalto da Serra, e que paisagem fantástica este Planalto, uma vista do alto da serra digna de uma paragem prolongada.
Do alto é descer agora até à aldeia de Cotelo, esta já pertencente ao concelho de Castro Daire, após passar por entre esta aldeia apanhamos a estrada de alcatrão em direcção à aldeia de Pretarouca, para sairmos à direita em modo corta mato até encontrarmos o inicio da barragem com o mesmo nome da aldeia onde apanhamos o caminho em terra sempre junto à barragem que nos leva até ao inicio do percurso, de salientar que até chegarmos a este caminho teremos que encontrar o melhor trilho na descida uma vez que não existe qualquer caminho definido.
Foram cerca de 26 km de pura beleza, é um percurso que terá que ser realizado com a ajuda do GPS e que em algumas épocas do ano poderá ter grande dificuldade em algumas zonas com vegetação elevada onde é necessário efectuar corta mato para encontrar o melhor trilho.
Se efectuarem este percurso no inverno ter atenção que irão encontrar bastante água nos caminhos e atravessar alguns lameiros não existindo forma de evitar molhar os pés, mas se for efectuado no verão atenção ao sol derivado à muita exposição solar, não sendo um percurso de grande dificuldade técnica existem algumas subidas que requerem alguma boa condição física até porque são sempre 26 km com passagem por aldeias de quatro concelhos diferentes (Lamego, Resende, Cinfães, Castro Daire).

Comentários

    You can or this trail