-
-
306 m
192 m
0
1,6
3,2
6,36 km

Visualizado 12 vezes, baixado 0 vezes

próximo a Venda Seca, Lisboa (Portugal)

Serra da Carregueira - Minas Monte Suimo
Conta a lenda que um saloio teria observado da sua terra, Carnaxide, estranha luminosidade, vinda dos lados do Cabo Espichel. Resolveu ir ver de que se tratava. Meteu-se ao caminho e com os fracos recursos da época, chegou cansado e, por certo esfomeado à zona da Caparica. Aí foi acolhido por uma senhora idosa a quem contou o motivo da sua viagem. Logo combinaram que, de manhãzinha, partiriam ambos em demanda de tal luz. Cansado, o saloio dormiu profundamente. Curiosa e impaciente, a boa senhora, com pena de acordar o pobre homem, partiu sozinha, deixando o saloio entregue ao sono. Acordando e vendo-se sozinho, rapidamente recomeçou a viagem. Segundo Frei Agostinho de Santa Maria, ao chegar «vê a Prodigiosa Imagem da Mãe de Deus, a quem já adorava a venturosa Caparicana». Logo o saloio «se prostra junto a ela reverente (…); e conhecendo ser vontade de Deus, que se desse Culto a sua Santíssima Mãe naquele lugar retirado, na solidão do deserto assim o prometem, e se tem praticado até ao presente (…). A vila de Belas participou pela primeira vez no Giro Saloio em 1435.. Ao longo destes séculos Belas teve primordial importância na evolução e realização destas manifestações de religiosidade popular e, nas palavras de Heitor Pato: “Convenientemente servida desde a ocupação romana por uma rede viária consolidada a norte de Lisboa: por aqui passavam os festeiros da Senhora do Cabo oriundos de localidades como Montelavar, Almargem do Bispo, São João das Lampas, Terrugem, Sintra ou Rio de Mouro; seguindo depois pela ponte filipina de Carenque e estrada de Caselas até ao Alto da Ajuda e Belém, aí atravessavam o Tejo em direcção a Porto Brandão e cruzavam a charneca até ao promontório sesimbrense.”. Devido à sua centralidade geográfica, ocupou o lugar de “Cabeça da Confraria”, isto é, o lugar onde, todos os anos, a 25 de Março e no segundo domingo de Agosto, se reuniam todos os confrades. Era nessa altura que as decisões relativas ao Círio eram tomadas. Numa dessas reuniões, em finais do séc. XIX, determinou-se o fim das idas anuais destes Círios ao Cabo Espichel. - retirado do site Alagamares
Quinta de caracterização estilística renascentista e barroca, com funções marcadamente recreativas, associada a habitação e contendo jardim, pátio e mata. Apresenta elementos arquitectónicos destinados ao lazer ou ornamentação como bancos, conversadeiras, muros de suporte onde se inserem alegretes e jogos de água com caleiras e tanque de rega. Caracteristicas renascentistas presentes na parte superior do jardim com tanque de rega ornamentado. Características barrocas presentes no desenho da zona inferior do jardim. A quinta do Bomjardim é uma das mais bem preservadas expressões do renascentismo italiano em Portugal. O tanque grande e irregular do jardim impõem-se pela sua originalidade e posição em relação à restante área. Por toda a quinta se sispersam elementos associados ao recerio desde muros, a bancos ou peças de água de grande qualidade arquitectónica - retirado do site monumentos.gov.pt
Antigas minas romanas de extração de granadas.
Situado na serra da Carregueira, numa área em que hoje em dia se encontra uma instalação militar do Exército Português, Monte Suímo é uma colina de forma arredondada de 291 m de altura, constituindo o maior relevo do conjunto de elevações desta serra. A sua localização privilegiada permite obter uma visão de quase 360º dos arredores, com vistas para Lisboa, estuário do Tejo, para toda a Península de Setúbal até à serra da Arrábida e para o Atlântico, sendo apenas interrompidas pelo perfil dominante da serra de Sintra. - retirado do site - sintraecascais.wordpress.com

Comentários

    You can or this trail