Hora  6 horas

Coordenadas 1454

Enviada em 16 de Janeiro de 2016

Registrada em Janeiro 2016

  • Avaliação

     
  • Informações

     
  • Fácil de fazer

     
  • Paisagem

     
-
-
1.086 m
646 m
0
4,2
8,3
16,7 km

Visualizado 8028 vezes, baixado 410 vezes

perto de Candal, Viseu (Portugal)

Com início na povoação de Candal, junto ao cruzeiro, seguimos pelas ruelas da aldeia o PR2 – Rota das Bétulas rumo á povoação de Póvoa das Leiras. Deixando a aldeia, chegámos a um local belíssimo, muito fresco e verdejante onde atravessámos a Ribeira de Paivô, iniciando a acentuada subida até à povoação de Póvoa das Leiras, caraterizada pelos seus espigueiros e pelos telhados cobertos com lajes de xisto. Continuamos a subir, na saída da aldeia, deixamos o PR2, seguimos um caminho à esquerda, troço do designado trilho dos Incas até à cumeada da Serra da Ribeira. Este troço tem esta designação pois assemelha-se ao verdadeiro trilho construído pelo povo Inca, em que o caminho é conquistado à encosta abrupta através de lajes de pedra.
Na cumeada, Alto da Cota, seguimos pelo estradão do Parque Eólico de Candal/Coelheira em direção às Mariolas da Arada, após a fota de grupo, seguimos em direção ao povoado da Coelheira e daqui para a Fraguinha, onde retomamos o PR2, passamos pela barragen "A Pioneira", junto à vedação do parque de campismo. O caminho do PR2 estava inundado pela água da barragem, sendo impossível a progressão, optamos por passar pela porta que dá acesso ao Parque de Campismo da Fraguinha, tendo-o atravessado. Aproveitamos o local para o merecido almoço e depois de avigoradas as forças retomamos caminho…
Fraguinha é local de inicio e fim do PR2, um local constituído por um arboreto de bétulas, batizando assim o PR2 – Rota das Bétulas.
Encosta acima, por um trilho cheio de pedras soltas, que teimavam rebolar debaixo dos pés, chegámos ao planalto onde se situa o Parque Eólico e onde nasce o Ribeiro Escuro, aí viramos à direita, seguimos o caminho utilizado para as Minas das Chãs, aquando da extracção do volfrâmio. Durante a descida avistamos uma paisagem de surpreendente beleza: em frente montes e vales, à direita a povoação do Candal e à esquerda a Póvoa das Leiras com os seus socalcos verdejantes, não esquecendo as vertentes escarpadas do Ribeiro Escuro.
Chegados à aldeia de Candal, prosseguimos em direção ao ponto de partida e ao café local onde terminamos esta incursão pela Serra da Arada.

Fonte: C. M. São Pedro do Sul
Waypoint

CAPELA CANDAL

Waypoint

RIBEIRO

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

RIBEIRA DE PAIVÓ

Waypoint

PANORAMA DE CANDAL

Waypoint

PÓVOA DAS LEIRAS

Waypoint

DESVIO TRILHO DOS INCAS

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

TRILHO DOS INCAS

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

INTERSEÇÃO TRILHO “GARRA”

Waypoint

PANORAMA SÃO MACÁRIO

Waypoint

PANORAMA MINAS REGOUFE

Waypoint

ALTO DA COTA

Waypoint

PARQUE EÓLICO CANDAL/COELHEIRA

Waypoint

MARIOLAS DA ARADA 1

Waypoint

MARIOLAS DA ARADA 2

Waypoint

LINHA DE ÁGUA

Waypoint

PINHAL

Waypoint

COELHEIRA

Waypoint

BARRAGEM 'A PIONEIRA'

Waypoint

DESVIO PELO P CAMPISMO

Waypoint

ANTIGA CASA GUARDA FLORESTAL

Waypoint

FRAGUINHA (PARQUE CAMPISMO)

Waypoint

CAMINHO PEDRAS SOLTAS

Waypoint

PANORAMA RUÍNAS

Waypoint

CAMINHO DAS MINAS DAS CHÃS

Waypoint

PARQUE EÓLICO CANDAL

Waypoint

PANORAMA DA COELHEIRA

Waypoint

PANORÂMICA CANDAL/PÓVOA DAS LEIRAS

Waypoint

CAMINHO EMPEDRADO

Waypoint

CANDAL

Waypoint

CAFÉ

10 comentários

  • Marcia Madeira 25/jan/2016

    trilho acessivel

  • PicosAlpinos 25/jan/2016

    Eu fiz esta trilha  Ver mais

    Excelente. Obrigado pela partilha

  • Foto de Diverdico

    Diverdico 7/dez/2019

    Vou tentar fazer amanhã!

  • Ricardo Figueiral 23/mai/2020

    10/10

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 23/mai/2020

    Olá Ricardo Figueiral!
    Obrigado pelo comentário e avaliação da trilha.
    Saudações.

  • Foto de Pedro Vorph

    Pedro Vorph 15/out/2020

    Fiz hoje o trilho. Não sei se não o terei feito ao contrário. Fiz o trilho dos incas no final do percurso. Resumidamente, a primeira subida da aldeia até às eólicas é puxada (500cal em 30 minutos, embora tenha andado num registo rápido.) O ex libris deste percurso é obviamente o Trilho dos Incas. Fácil de seguir e de percorrer, não sendo tão "perigoso", vertiginoso como parece nos vídeos e imagens.

    Fácil de ser seguido

  • Foto de Pedro Vorph

    Pedro Vorph 15/out/2020

    Fiz aproximadamente 17km em 4 horas e uns quantos minutos. Comecei tarde (12h) e não sabia a dificuldade do trilho inca, daí ter puxado o ritmo, como salvaguarda. Na pior das hipóteses voltava para trás, pela estrada até Candal

  • Foto de Pedro Vorph

    Pedro Vorph 19/out/2020

    Obrigado, Caminhantes

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 19/out/2020

    Olá Pedro Vorph!
    Obrigado pelo comentário!
    Espero terem desfrutado do percurso.
    Saudações!

  • Foto de Caminhantes

    Caminhantes 19/out/2020

    Olá Pedro Vorph!
    Obrigado pelo comentário!
    Espero terem desfrutado do percurso.
    Saudações!

Você pode ou esta trilha