Horas  5 horas 27 minutos

Coordenadas 11796

Uploaded 10 de Julho de 2016

Recorded Julho 2016

-
-
1.253 m
743 m
0
4,4
8,9
17,72 km

Visualizado 657 vezes, baixado 10 vezes

próximo a São Luís do Paraitinga, São Paulo (Brazil)

Trekking pela Estrada do Rio Acima até o Bairro do Pico Agudo, penetrando na Fazenda Teodoro (plantio de eucalipto - Suzano Celulose S/A) e seguindo por estradas internas até o Pico Agudo (1.253 metros de altitude), ponto mais alto do divisor de águas Paraitinga-Chapéu. No pico há uma estação de rádio e meteorologia da Suzano Celulose S/A, alimentada por uma bateria recarregada por painel fotovoltaico.

Atenção: A fazenda é propriedade particular e as suas estradas internas são labirínticas (fundamental o uso de GPS).



Trekking along the Estrada do Rio Acima up to the Pico Agudo neighborhood, entering Fazenda Teodoro (eucalyptus plantation - Suzano Celulose S / A) and following internal roads to Pico Agudo (1,253 meters of altitude), highest point of the Paraitinga-Hat. At the peak there is a radio station and meteorology of Suzano Celulose S / A, powered by a battery recharged by photovoltaic panel.

Attention: The farm is privately owned and its internal roads are labyrinthine (fundamentally the use of GPS).
  • Foto de Capela do Carioca
  • Foto de Capela do Carioca
  • Foto de Capela do Carioca
  • Foto de Capela do Carioca
Lugar histórico - Revolução Constitucionalista de 1932 - O local foi palco de intensos combates entre as forças paulistas e as tropas federais (pró-ditadura Vargas). Vários soldados morreram nesse lugar, posição-chave no acesso à cidade de São Luís do Paraitinga, lembrando que as tropas federais marchavam desde Parati (RJ), via Cunha. Posteriormente, uma fazendeira mandou construir a capela, sepultando no altar de alvenaria a ossada de um militar morto no local, identificado como Tenente Cipriano, de Salvador, Bahia, integrante do exército federal. Nos pés da cruz do altar há um pequeno nicho fechado com uma placa de vidro, onde é possível ver um projétil de fuzil e uma vértebra humana. Popularmente, é conhecida como "Capela do Carioca" porque as tropas federais vinham do Rio de Janeiro (então capital federal).
  • Foto de Seguir à direita
  • Foto de Entrada da Fazenda Teodoro
  • Foto de Entrada da Fazenda Teodoro
  • Foto de Pequena ponte à direita (continuar seguindo em frente)
  • Foto de Subir à direita
  • Foto de Aceiro da fazenda - subir à esquerda
  • Foto de Grande clareira
  • Foto de Grande clareira
Visual para os lados de Catuçaba e Alto do Diamante. Atenção: alguns metros adiante dessa clareira o aceiro está se fechando; 80 metros antes do Pico Agudo a vegetação está tão fechada que dificulta a passagem; depois desse ponto ainda há um trecho muito íngreme, imediatamente antes do Pico Agudo.
  • Foto de Pico Agudo
  • Foto de Pico Agudo
  • Foto de Pico Agudo
Com 1.253 metros de altitude, é o ponto culminante do divisor de águas Paraitinga-Chapéu. Infelizmente não há visual panorâmico aberto, devido à vegetação existente no cume. As instalações de rádio e meteorologia são da Suzano Celulose S/A, que monitora constantemente a temperatura, a umidade relativa do ar e os ventos, mantendo alerta máximo no caso de condições propícias à deflagração de incêndios florestais naturais.
  • Foto de Água

2 comentários

  • Foto de Felp

    Felp 26/jun/2018

    Opa, Erasmo! Como é entrar nessa fazenda da Suzano? Você algum contato prévio?

  • Foto de Erasmo (São Luís do Paraitinga/SP)

    Erasmo (São Luís do Paraitinga/SP) 27/jun/2018

    Olá Felipe, a fazenda é fechada, eu pulei a porteira para entrar lá. Essa área toda parece estar abandonada, não tem nenhuma casa ou benfeitoria, nem ninguém tomando conta. Na verdade, muito antigamente ali era o bairro do Pico Agudo e no próprio pico existia uma capela mantida pela população rural; a Suzano adquiriu a área e fechou o acesso, que era, inclusive, um caminho alternativo (trilha para cavalo) ao Bairro do Oriente, em Catuçaba.

You can or this trail