Coordenadas 119

Uploaded 19 de Março de 2013

Recorded Março 2013

  • Rating

     
  • Information

     
  • Easy to follow

     
  • Scenery

     
-
-
111 m
4 m
0
2,0
3,9
7,89 km

Visualizado 5567 vezes, baixado 115 vezes

próximo a Sítio do Meio, Paraná (Brazil)

Trilha para acesso ao Salto Parati, bela sucessão de quedas d'água do rio de mesmo nome, localizado nas proximidades da comunidade chamada "Rincão", no fundo da Baía de Guaratuba, entre os Municípios de Matinhos e Guaratuba. Sua principal característica são as quedas d’água e piscinas de águas cristalinas, excelentes para o banho.


O Salto Parati, apesar de inserido na área do Parque Nacional Saint Hilaire-Lange e da maior parte da trilha fazer parte da área de preservação ambiental (APA) Guaratuba o salto localiza-se em área particular, e portanto está sujeita às normas estabelecidas pelas pessoas detentoras da posse. Pode ser cobrada taxa de acesso ao local.


Nesta tracklog mostra-se o acesso a pé (que também pode ser feito com bike) partindo da Rodovia PR-508 (Alexandra-Matinhos). Trata-se de um trecho de antiga estrada de terra conhecida como "Estrada do Parati", conhecida também como “Caminho Novo do Cambará”, ligando a rodovia à comunidade do Parati em um percurso de aproximadamente 8Km. Esta estrada atualmente se encontra interditada para veículos motorizados a partir de cerca de 1 km de seu início na PR-508. Deve-se então seguir a partir da rodovia asfaltada apenas a pé ou de bike. Veículos podem ser estacionados no início da estrada de terra ou, com maior segurança, no pátio da Igreja da Comunidade Terapêutica Copiosa Redenção, telefone (41) 99184-6751, na localidade do Cambará, às margens da rodovia (lado esquerdo de quem vem de Curitiba - oposto à trilha), (veja o MAPA), a cerca de 300 m da estradinha de saibro onde se inicia a trilha, bastando voltar um pouco pela margem da rodovia.


O acesso também pode ser feito por mar pela Baía de Guaratuba (outro percurso). Há um pequeno e rústico porto na comunidade próxima. Este passeio é oferecido por algumas embarcações comerciais, sobretudo na temporada de verão, partindo de Guaratuba e de Caiobá. É um destino comum também para os entusiastas dos caiaques.


Na comunidade do Parati, próxima ao Salto, há pequena e rústica infraestrutura, com um pequeno e simples restaurante, com pratos da culinária local (à base de frutos do mar) e quartos simples para hospedagem. Reservas de hospedagem e encomendas de refeições devem ser feitas com antecedência pelo telefone (41) 99933-0935, com Sr. Antonio ou D. Aurora.


A TRILHA: CARACTERÍSTICAS:
A trilha é aberta, bem batida e o seu traçado bem perceptível, sendo uma continuação natural da estrada principal que parte da rodovia, porém não é sinalizada ou demarcada e isso pode oferecer dificuldade de orientação em alguns poucos trechos, especialmente para quem não está acostumado a andar em trilhas.


A água dos riachos existentes antes da comunidade, em ambos os lados da trilha não é apropriada para consumo sem tratamento prévio.


DIFICULDADE:
A trilha é de exigência física leve a médio, sendo a altimetria da caminhada bem baixa, praticamente plana em sua maior parte, atingindo a altitude máxima de 100m acima do nível do mar. A partir da pequena vila da comunidade serão mais 1,3 Km de caminhada até o Salto.
Apesar de se tratar de uma trilha relativamente limpa e aberta em sua maior parte, sempre manter atenção para evitar o risco de acidentes com animais peçonhentos.


SEGURANÇA E PRESERVAÇÃO - RECOMENDAÇÕES GERAIS:
Não arrisque a sorte. Se não é acostumado a percorrer trilhas e não conhece a região, não se aventure sem companhia de quem já conheça a área.


- Recomenda-se SEMPRE usar calçado fechado, adequado para caminhada em trilhas, como bota de cano médio. Recomenda-se também portar equipamentos básicos para qualquer caminhada na natureza, como lanterna de cabeça com pilhas sobressalentes, proteção contra chuva e frio, como um poncho ou anoraque, assim como alimentação e bebidas suficientes para se manter num dia de jornada.


Ao trilhar pela região você também se torna responsável por ela, assim como pela sua própria segurança e de quem mais estiver com você.
Minimize o impacto de sua passagem na região.
Lembre-se:
- Você é o principal responsável por sua saúde e segurança. Preste atenção onde pisa, onde senta e onde se segura. Cobras, aranhas e outros animais potencialmente perigosos são encontrados com frequência na área e constituem riscos reais em qualquer área selvagem, especialmente nas estações de primavera e verão.
- TRAGA TODO o seu lixo de volta consigo;
- NÃO FAÇA FOGUEIRAS. Toda a área é de preservação ambiental. EVITE FUMAR na área e, se o fizer, não descarte suas bitucas no caminho - apague-as com água e traga junto com o seu lixo;
- Necessidades fisiológicas devem ser feitas longe dos rios e córregos (pelo menos a 50m de distância). Dejetos sólidos devem ser enterrados e o papel higiênico usado deve ser trazido de volta com seu lixo;
- NÃO POLUA A ÁGUA da região: em seus banhos de rio, não use sabonetes e outros cosméticos e observe antes a remoção total dos resíduos de filtro solar, cremes e/ou repelentes de insetos aplicados sobre a pele. LAVE-SE ANTES, FORA E LONGE DO RIO usando uma garrafa e um lenço para remover estes resíduos de sua pele, sem lançar esta água usada diretamente no rio novamente. Estes produtos são altamente contaminantes e aquelas são águas que serão utilizadas para beber adiante;
- NÃO DESMATE, não abra novas trilhas, não colha plantas ou mesmo flores;
- NÃO faça marcas nas rochas ou nas árvores, NÃO coloque fitas ou sinalize partes da trilha, isso só deve ser feito por pessoas qualificadas e dentro de um plano de manejo. Também NÃO danifique a sinalização que porventura encontrar;
- FAÇA SILÊNCIO e desfrute da natureza como ela é, inclusive seus sons característicos;
- RESPEITE a presença de animais e de outras pessoas na trilha e na cachoeira.


Agindo desta forma você contribui efetivamente para a preservação do local e da região como um todo, mantendo-os interessantes aos que por ali irão passar depois de você.


Sempre que possível, prestigie os produtos e serviços locais da comunidade, o que gera renda para as famílias da região e oportuniza a continuidade da preservação sustentável da área.


"A natureza também pertence aos que ainda estão por vir"

View more external

Salto Parati, sucessão de cachoeiras no curso do Rio Parati, porção sul da Serra do Cambará, parte da Serra do Mar paranaense.
Sambaqui
Esquerda
Entrada - sair do asfalto, Km 23 da Rodovia Alexandra-Matinhos (PR-508). Melhor estacionamento fica cerca de 250m adiante, na Comunidade Copiosa Redenção, onde há uma igreja, bem visível ao lado da Rodovia.

8 comentários

  • Foto de gvogetta

    gvogetta 19/mar/2013

    Em dias chuvosos a estrada fica bastante enlameada. Prepara-se para se sujar!

  • Rat_1969 31/ago/2013

    Boa essa! Estava procurando este trajeto há bastante tempo e não encontrava informações. Valeu por compartilhar!

  • Rat_1969 31/out/2013

    I have followed this trail  View more

    Estive no Salto Parati recentemente e a trilha parece ter mudado um pouquinho em relação ao que foi postado. O lugar é muito bonito e os moradores locais são bem atenciosos. Pena eu ter encontrado lixo por lá.
    Abraço e parabéns por compartilhar!

  • Rat_1969 31/out/2013

    Ahh, e esqueci de comentar, a comida do local é muito boa! Prestigiem os moradores!

  • Rogério Foggiatto de Andrade 24/mar/2016

    I have followed this trail  View more

    Local de fácil acesso, sem muitas subidas, o salto é um lugar tranquilo, muito bom para relaxar do agito da cidade.
    A natureza é sem comentários!! :)

  • Edii 13/dez/2017

    I have followed this trail  View more

    Gostei bastante da trilha!!! Eu e meu parceiro nos divertimos muito!!

  • Foto de Marcelo Morato

    Marcelo Morato 11/jan/2018

    I have followed this trail  View more

    lugar sensacional

  • Foto de carolinecaron

    carolinecaron 24/dez/2018

    I have followed this trail  verificado  View more

    Trilha linda, Cachoeira maravilhosa, vale muito o passeio

You can or this trail